Cada vez mais buscamos uma boa performance, seja no trabalho ou no dia a dia. Mas, afinal, o que é performance e como ela pode nos ajudar a alcançar nossos objetivos e metas?

A palavra, inicialmente, tinha um sentido artístico, até ganhar como significado a realização de uma tarefa nos padrões estabelecidos e com sucesso na conclusão.

Nos últimos tempos, o termo “performance” fez seu nome nos meios corporativos. Por isso, se tornou algo desejado entre colaboradores e as empresas. Mas, você sabe exatamente o que significa performance? Como fazer para alcançar a tão sonhada alta performance? E por que isso é tão importante?

O que é performance e alta performance?

A performance, como falamos, está ligada ao seu desempenho e sucesso em uma função ou tarefa. Além disso, também pode se referir a produtividade, competição e superação.

Já a alta performance é quando você atinge todo o seu potencial. Ou seja, esse ápice tem muito a ver com a sua capacidade de se conectar com o seu autoconhecimento e inteligência emocional. Podemos usar isso em muitos aspectos da nossa vida, como por exemplo nos esportes, na vida pessoal e na profissional.

No trabalho, equipes de RH, definem performance como resultado e desempenho. Ou seja, tem haver com a execução de uma atividade que vai ter um resultado.

Por isso, bom rendimento e alta performance se completam, já que o primeiro é consequência do segundo.

Como atingir a alta performance?

Segundo a psicóloga Mônica Amaral, alcançar a alta performance não precisa ser um sonho distante. É algo possível, mas exige o emprego de boas práticas. Veja então algumas dicas de performance que podem te ajudar e fazer toda a diferença:

  1. Tenha um propósito maior: além do salário, é preciso entender sua missão profissional e saber porque você está fazendo o que faz (aliás isso serve para tudo na vida);
  2. Estabeleça objetivos e metas: isto é, onde você quer chegar e o que você quer conquistar;
  3. Mantenha o foco: Parece fácil, mas não é. Isso porque, para manter o foco precisamos de planejamento, organização, disciplina e continuidade. Sem isso não há sucesso;
  4. Invista na sua melhor versão: confie nas suas forças, elas são o seu diferencial. Mas, além disso, tente melhorar as coisas que você não é tão bom. Para isso, reflita, estude e tenha um networking de apoio. Não dá para ser bom em tudo, mas é possível fazer o seu melhor;
  5. Liberte sua criatividade: pessoas que exercitam a criatividade, geram inovação. Seja para algo pequeno ou grandes invenções, tudo é válido se for para melhorar o que já existe;
  6. Cuide-se: Seu corpo e sua mente são os meios para chegar lá, eles precisam estar funcionando direito! Se alimente bem, pratique alguma atividade física, faça coisas que gosta, expresse seus sentimentos e conecte-se com o seu bem-estar emocional. A psicoterapia pode ser um grande aliado nessa tarefa.

Performance e persistência

Sabemos que colocar todas essas dicas em prática não é algo fácil, mas com toda certeza é algo necessário. Por isso, comece definindo pequenas metas e, assim, você pode identificar o que te impede de alcançar seus objetivos.

Seja a falta de tempo, planejamento ou um dia a dia cheio, você pode começar com pequenas mudanças e aos poucos vai otimizando seu dia.

Ou seja, a perseverança e o empenho em fazer diferente, podem elevar a sua performance e mostrar sua melhor versão, seja no trabalho ou na vida. Uma versão de si que busca melhorar, com empatia, resiliência e menos procrastinação.

Criatividade impacta na performance?

A resposta é simples, sim! Além disso, de acordo com estudos realizados pela McKinsey & Company, a partir da análise do conhecido Festival de Publicidade de Cannes, quando a criatividade é aplicada e cria uma mensagem memorável, ela supera a questão promocional e impacta positivamente na renda das empresas.

Esse estudo, mostrou os grandes benefícios da criatividade na performance. Ou seja, entre os grupos de empresas avaliados que se destacaram pela criatividade, 67% apresentaram crescimento de receita orgânica acima da média e 70% proporcionaram retorno financeiro superior à média

Em outra análise, a especialista Mônica Amaral, completa

A criatividade é essencial para se liberar do senso comum. O pensamento criativo traz novas formas de produzir. Por isso, é tão importante nos desafiarmos todos os dias, principalmente, no trabalho e em posições de liderança.

Liderança e performance

O grande desafio dos líderes de equipes é a motivação e, também, apresentar bons resultados de performance do grupo. Por isso, hoje, muito mais do que uma boa formação acadêmica e técnica, é preciso saber se adaptar e trabalhar em equipe.

Em geral, um bom líder precisa ter habilidades de liderança, como por exemplo:

  • Autogerenciamento: quase nunca precisa de supervisão e mesmo assim tem bons resultados;
  • Aprendizado rápido: busca sempre se atualizar e achar ferramentas e habilidades para se desenvolver;
  • Sabe onde quer chegar: tem objetivos e metas claras;
  • Coerência com seus valores: profissionais de alta performance sabem a importância do ambiente corporativo ter sinergia com seus próprios valores;
  • Autoestima e Autoconhecimento: confia em si e sabe reconhecer seus pontos fortes e fracos;
  • Resiliência: sabe achar seus erros, de se responsabilizar por eles e de seguir em frente;
  • Comunicação apurada: sabe se comunicar muito bem com outras pessoas e expõe claramente suas ideias;
  • Adaptação: palavra de ordem! Sabe se reinventar, mesmo sob pressão, para superar imprevistos;
  • Tomada de decisão: são assertivos, tem um planejamento estratégico que antecipa problemas e já mostra a solução;
  • Inovação: ter criatividade pode ser uma grande aliada para criar mais inovação;
  • Disciplina: é muito importante ter disciplina para que você não deixe que erros atrapalhem o caminho.

Coaching e a terapia

Você deve ter percebido, mas há muitas características que envolvem essa tal de alta performance. Mesmo assim, você pode se perguntar como é possível se organizar e trabalhar em cima disso?

O coaching é uma metodologia muito utilizada por profissionais para atingir mais rápido e com mais eficiência seus objetivos. Ou seja, você melhora suas próprias habilidades, e pode criar novos rumos e propósitos.

Além do coaching, a psicoterapia pode trazer coisas boas pra você, na vida pessoal e profissional. Por isso, não ache que só transtornos como a ansiedade e depressão, podem ser trabalhados por um psicólogo ou psiquiatra.

Você também pode separar um tempo para cuidar de si próprio. Vale muito a pena ir em busca de autoconhecimento e inteligência emocional. Dessa forma, você pode atingir o melhor da sua performance e bater suas metas.

Conheça o Zenklub

Não adie mais a sua jornada de autodesenvolvimento e saúde mental. Bem-estar deve ser uma prioridade e é um direito de todos. Encontre um profissional para te ajudar a trabalhar o melhor você.

Zenklub é a maior rede vídeo-consultas com especialistas em bem-estar emocional, onde você tem acesso a mais de 2000 especialistas a qualquer hora, de qualquer lugar.

Para nós, o bem-estar e a felicidade vêm sempre em primeiro lugar, entendendo que saúde emocional é a base para aumentar sua performance no trabalho.

Por isso, leve essas mesmas preocupações para sua empresa também e transporte seu trabalho de RH e gerenciamento para o século XXI. Conte com nossa ajuda e participe dessa revolução. Para saber mais, entrar em contato e contratar nosso serviço, acesse nossa página para empresas.

Este artigo foi útil?

4.17

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub