Quem convive com a ansiedade sabe que, muitas vezes, não conseguimos sair dessa sozinhos e precisamos de ajuda extra. Mas afinal, qual o remédio para ansiedade? Hoje vamos conversar sobre algumas possibilidades de tratamento, inclusive sobre a terapia, que é muito importante nesses casos.

Além disso, o tratamento com um psicólogo é fundamental para tratar fobias sociais, síndrome do pânico ou transtorno obsessivo compulsivo.

Por isso, confira três tipos de terapia que oferecem resultados positivos e duradouros para casos de ansiedade.

Remédio para ansiedade: 3 tipos de terapia que podem te ajudar

Psicoterapia breve focal

O objetivo da psicoterapia breve é melhorar a qualidade de vida em um curto espaço de tempo.

Essa terapia é ligada à psicanálise tradicional. Os objetivos são definidos a partir de um foco. Por isso, geralmente ao fim de algumas semanas os pacientes se sentem melhor.

Dessa maneira, a pessoa aprende a identificar os sintomas do início de uma crise de ansiedade. Ou seja, você pode controlar melhor esses gatilhos no seu dia a dia.

Analítico-Comportamental

Essa é uma das linhas ligadas ao behaviorismo (conceito que mistura diversas teorias). Dessa forma, busca investigar e mudar as relações que temos com o ambiente que vivemos. Ou seja, a pessoa identifica e muda os comportamentos que o atrapalham na vida.

Assim como a terapia que falamos antes, a análise do comportamento faz com que você saiba o que afeta suas emoções e atitudes. Dessa maneira, sabendo o por quê você pode aprender a controlar.

Jungiana

Mais indicada para quem busca autoconhecimento, essa terapia, criada pelo fundador da psicologia analítica, Carl Gustav Jung (1875-1961), utiliza os sonhos como a chave da terapia.

Ou seja, por meio dos sonhos o analista ajuda o paciente a encontrar a raiz do problema. Além disso, desenhos e a caixa de areia, com miniaturas, servem para montar cenários. Dessa maneira, o terapeuta mantém a conversa em torno dos problemas que o levaram ali.

Remédio para ansiedade: dica de especialista

Além disso, conversamos com o psicólogo Massashi Saito que nos explicou como uso de remédios para ansiedade e a terapia podem trabalhar em conjunto.

Tanto a medicina como a psicologia podem colaborar no tratamento dos sintomas de ansiedade. O uso de medicamentos em alguns casos é muito importante. No entanto, recorrer à psicoterapia é indispensável seja qual for o grau do transtorno sofrido pela pessoa.

Dicas de estilo de vida saudável:

Além do tratamento como remédio para ansiedade, há bons hábitos que podemos seguir no nosso dia a dia para melhorar a nossa ansiedade. Aqui vai as nossas dicas pra uma vida mais saudável:

1 – Ouvir música pode ser um remédio para ansiedade

Usar música para relaxar e até como apoio em terapias vem crescendo e tem efeitos certos. No dia a dia, a música é capaz de diminuir o estresse e a ansiedade. Ouça a playlist criada só com músicas para relaxar e diminuir a ansiedade.

2 – Ficar mais perto da natureza pode ser um remédio para ansiedade

Um estudo da Universidade de Cardiff sobre as novas tendências de morar diz que viver em um lugar com plantas pode aumentar a produtividade em 15%. Além disso, estudos mostram que ficar em meio à natureza é uma maneira de reduzir os níveis de ansiedade.

3 – Adotar o Mindfulness pode ser um remédio para ansiedade

O mindfulness, ou método da atenção plena, é prestar atenção e focar no momento presente e sem julgamento. 

Claudia Comaru, psicóloga no Zenklub, sugere algumas atividades simples para aplicar a prática no dia a dia:

Algumas práticas podem ajudar, como por exemplo prestar atenção nas atividades do dia a dia como escovar os dentes, tomar banho e comer. No banho, por exemplo, perceba a sensação da água em contato com a pele, do corpo sendo molhando, do membro que ensaboa. Cada banho será um momento único, pode acreditar.

4 – Meditar pode ser um remédio para ansiedade

Muitas pessoas vêm adotando a meditação como um hábito saudável e poderoso no combate ao estresse e à ansiedade. Ficou interessado? A psicóloga listou cinco dicas para quem quer começar a praticar a meditação.

Teste de ansiedade

O diagnóstico nem sempre é simples, mas podemos ajudar. Faça nosso teste de ansiedade e descubra seu nível de ansiedade. O questionário leva menos de 3 minutos para fazer e é uma adaptação do teste científico GAD – Generalized Anxiety Disorder 7.

Procure ajuda

É uma pessoa ansiosa e gostaria de conversar com um especialista? O Zenklub é a maior rede de vídeo-consultas com especialistas em bem-estar emocional, onde você tem acesso a mais de 100 profissionais a qualquer hora, de qualquer lugar.

Este artigo foi útil?

3.95

Você já votou neste post

Publicado por:

Rui Brandao

Publicado por:

Rui Brandao

Rui Brandão é médico, com experiência em Portugal, Brasil e Estados Unidos da América, e mestre em Administração pela FGV em São Paulo. Hoje é CEO & Co-fundador do Zenklub, plataforma de saúde emocional e desenvolvimento pessoal que oferece conteúdos, profissionais e ferramentas especializadas para mais de 1.5 milhões de pessoas no Brasil.