O significado dos sonhos envolve algo que está entre as coisas mais incríveis que o ser humano é capaz de fazer. E como todos sonham, mas ninguém consegue dominar totalmente o que acontece no sonho, o tema fascina a humanidade há milhares de anos. Teorias e formas de interpretar o significado dos sonhos existem aos montes, justamente porque não se trata de uma ciência exata – está bem longe disso! O que acontece enquanto dormimos é muito pessoal e está profundamente ligado com nossas experiências enquanto acordados.  

Como sonhamos?

Os sonhos surgem em momentos específicos durante o nosso sono. Eles são mais vívidos e frequentes durante a fase REM (Rapid Eye Movement), quando os olhos fechados se movimentam rapidamente. Nesse momento da noite, os neurônios estão quase tão ativos quanto quando estamos acordados. Se despertamos nessa fase do sono, as chances de lembrarmos claramente o que estávamos sonhando são maiores.

A fase REM acontece várias vezes na mesma noite e a sua duração aumenta conforme a noite avança, podendo ir de 5 minutos para aproximadamente meia hora. Então, quem dorme uma média de 8 horas passa cerca de 2 horas sonhando. 

Adultos costumam ter de 4 a 6 sonhos por noite, mas raramente se lembram de mais de 10% de tudo. É por isso que às vezes acordamos bem felizes (ou tristes, ou com raiva), mas não sabemos dizer exatamente o porquê. Ou seja: mesmo que você não se lembre, provavelmente deve ter sonhado noite passada!

O que são sonhos?

Agora que você já sabe o que é sonhar, deve estar se perguntando o que são os sonhos. Eles são nada mais que uma combinação de memórias remotas e recentes. Para Freud, o que você vê em um sonho são imagens do dia anterior ou da semana passada. É por isso que um sonho pode ter cenas que parecem aleatórias, mas na verdade são experiências que você viveu em algum momento da vida.

O cérebro orquestra esse processo, mas não replica exatamente o que você viveu – exceto quando o sonho envolve algum estresse pós-traumático. O que ele faz é combinar memórias recém-formadas valiosas com outras que ainda não foram totalmente compreendidas. Nessa conta, ele prioriza as que estão mais carregadas de emoção.

Mas como faço para lembrar o que eu sonhei?

Em primeiro lugar, procure ter uma boa noite de sono. Isso é essencial para permitir que o cérebro se dedique à maravilhosa missão de te fazer relaxar e te dar a chance de interpretar o significado dos sonhos. Em segundo lugar, quando você acordar, evite abrir os olhos imediatamente e tente se lembrar do máximo de coisas do seu sonho que puder. A recomendação dos olhos fechados é para que você não repare no que está ao seu redor e disperse a mente com o dia que se inicia e com as tarefas que tem para cumprir.

Em terceiro lugar, procure se sentir no sonho e anote tudo o que conseguir recuperar. Com o tempo, você terá mais facilidade em reunir essas informações e associá-las à forma como se sentiu quando acordou. Dessa maneira, você desenvolve seu autoconhecimento e a habilidade de entender e interpretar o que sonhou. Com isso, a sua capacidade de lidar e processar os próprios sentimentos se aprimora.

O significado dos sonhos

Temos a premissa de que todo sonho tem significado. O grande desafio é descobrir a mensagem por trás de cada sonho para poder interpretá-lo. Alguns temas são mais comuns que outros. Porém, significado dos sonhos são únicos para cada pessoa – afinal, as experiências e reações são individuais.

Mesmo assim, é fácil encontrar alguém que já sonhou que estava sendo perseguido, que estava caindo ou perdendo um dente. Nesse último tema, por exemplo, a falta de um dente pode estar associada a uma sensação positiva, como o início de uma nova etapa da vida com a chegada dos dentes permanentes. Por outro lado, quem perdeu um dente em um acidente pode ter uma referência negativa.

Temas de sonhos mais comuns

Alguns símbolos são universais. Eles ultrapassam as fronteiras da cultura e são parte da psique. Por isso, ao redor do mundo, muitos assuntos se repetem nos sonhos das pessoas. Confira a seguir os mais frequentes e que despertam mais interesse em interpretar o significado dos sonhos.

A interpretação do significado dos sonhos

Interpretar os sonhos é uma forma de amadurecer e evoluir. Autoconhecimento, inspiração, lidar melhor com as emoções, mudar atitudes e comportamentos e até mesmo solucionar problemas são alguns dos benefícios. Porém, nem todo sonho pode ser interpretado: às vezes, vários elementos se articulam e geram um patamar muito avançado de complexidade. Isto é, só com ajuda profissional é possível decodificar o que aquele sonho super complicado representa.

De fato, o hábito de registrar o que sonhamos para poder acompanhar e decifrar os recados que o cérebro tenta nos passar é uma ferramenta terapêutica muito poderosa. É uma coleta de dados que nos permite entender sentimentos profundos, solucionar conflitos internos e liberar todo o nosso potencial. Ou seja, se dedicar a entender o significado dos sonhos é despertar verdadeiramente para a vida.

As informações desta página foram disponibilizadas com fins puramente recreacionais. Por isso, não possuem qualquer função terapêutica, validade preditiva ou embasamento científico. Sempre consulte um especialista sobre qualquer assunto relativo à sua saúde mental.

Este artigo foi útil?

3.34

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub