De fato, o sexo a três é uma experiência que pode romper com a monotonia das relações sexuais convencionais. 

Como apimentar a relação de um casal envolve uma série de fatores, entre eles, mexer com a imaginação, realizar fantasias, pôr em prática algum fetiche ou recorrer ao sexo a três.

Muita gente tem curiosidade em saber mais sobre como funciona essa experiência.

Não há regras em relação a quem pode e quem não pode fazer o sexo a três. Afinal, quando se trata de sentir e causar prazer vale tudo.

Mas, por outro lado, há algumas dicas que podem ajudar (e muito) a aproveitar mais esse momento! 

Quer saber mais? Então confira este artigo até o final!

O que é ménage a trois?

O ménage a trois, cuja tradução do francês significaria algo como “família de 3 pessoas” é uma forma de sexo na qual um casal convida alguém para participar desse momento de intimidade.

Assim, o ménage é um momento em que 3 pessoas estão unidas na intimidade para descobrir o novo, compartilhando experiências de forma mútua.

O que atrai muitos adeptos do ménage é que ele possibilita que cada participante vivencie uma experiência nova, dando e recebendo prazer em uma entrega confiante.

Embora muitas vezes retratado como uma maneira de sexo casual, em que os participantes se encontram em uma festa e sentem uma química especia um pelo outro, nem sempre o ménage é assim.

Não há um contexto certo ou errado para que o ménage aconteça.

Contudo, o sexo a três é uma maneira de transa que envolve 3 pessoas maduras que se respeitam, tem atração recíproca e se sentem confortáveis em viver essa experiência. 

Dessa forma, é possível viver o sexo a três de uma forma prazerosa e interessante. 

Por outro lado, quando uma das pessoas não está confortável com o sexo à três, ele pode ser uma experiência pouco ou nada prazerosa…

Qualquer pessoa pode fazer sexo a três?

De fato, qualquer pessoa é livre para fazer o sexo a três.

Não importa idade, identidade sexual, nacionalidade. Todos que se sentirem à vontade com isso e desejem experimentar as sensações do ménage, podem sim realizar esse ato.

No entanto, essa prática nunca deve ser feita sem o consentimento total de cada um dos envolvidos. 

Além de ser uma situação constrangedora e desprazerosa para quem não está afim, esse ato pode ser considerado um crime.

Por isso, o sexo a três talvez não deva ser usado como o “salvador da pátria” para um relacionamento que não vai bem.

É comum que alguns casais recorram a essa experiência para animar a vida sexual. 

Isso, por um lado, pode ser realmente excitante para todos os envolvidos e ajudar o casal a viver mais a confiança um no outro e crescer dentro do relacionamento.

No entanto, ninguém deve ceder a pressão de praticar o sexo a três se não estiver afim.

Lembre-se que o único pré-requisito para que o ménage aconteça é a vontade de todos os envolvidos.

O ménage a trois é uma maneira para dar um toque especial para a relação de um casal, mas de forma alguma ele substitui outros pontos essenciais de um relacionamento.

Por exemplo, um casal pode estar em crise por conta de:

  • Falta de carinho no dia a dia
  • Pouco companheirismo com as tarefas domésticas
  • Questões financeiras (falta de dinheiro, por exemplo)
  • Cobranças excessivas
  • Ciúmes
  • Dificuldades na educação dos filhos.

Se você está passando por um relacionamento difícil ou conhece alguém que está nessa situação, há uma opção interessante para melhorar a vida sexual.

É a terapia sexual, na qual especialistas em sexualidade e saúde mental orientam maneiras de melhorar a vida amorosa.

A Zenklub conta com vários profissionais que podem te ajudar a viver sua sexualidade de uma maneira não só prazerosa, mas também como uma forma de reforçar a união de um casal.

Clique aqui e conheça nossos profissionais! 

Quero fazer sexo a três: o que considerar

Antes de fazer sexo a três é preciso considerar uma série de fatores para desfrutar da melhor maneira possível desse momento.

Dê uma olhada em alguns pontos a serem levados em conta…

Como falar com o parceiro (a)

Como não poderia ser diferente, antes de realizar o sexo a três é preciso ter uma comunicação clara e profunda.

Entender de forma empática aquele desejo do parceiro ou da parceira é essencial para que o ménage aconteça de uma forma leve e divertida.

Vale destacar que o sexo a três pode ter uma conotação ruim se feito sem a devida comunicação entre as partes.

Além da comunicação entre o casal para decidir se quer um não realizar essa experiência, é preciso conversar bastante para escolher a 3ª pessoa que participará do sexo.

Se alguém que não seja de confiança ou tenha de fato um sentimento afetivo (não só amizade) por uma das partes, pode haver algum mal estar com essa experiência.

Por exemplo, se a pessoa convidada para participar de um sexo sem compromisso com um casal nutre uma verdadeira paixão por uma das partes, certamente essa experiência não será saudável emocionalmente falando para a pessoa convidada.

Uma maneira possível de falar com a parceira (a) sobre o ménage é em um momento de relaxamento e de plena intimidade. 

Afinal, falar de ménage de forma aberta pode constranger o parceiro, gerando travas mentais a respeito de tal experiência.

Definir bem os limites

Embora o sexo a três tenha como um dos fatores excitantes a novidade, é preciso estabelecer muito bem o que cada pessoa está disposta ou não a fazer.

Aqui o autoconhecimento sobre a própria forma de experimentar o sexo é muito importante.

Afinal, há pessoas que não realizam, por exemplo, sexo anal. 

Nesse caso, todas as outras duas pessoas envolvidas no ménage devem estar cientes desse limite e respeitar as diferenças de cada um.

Na verdade, uma das maiores belezas do sexo a trés é cada uma das partes confiar na outra, respeitando sempre as individualidades. 

Isso permite uma união prazerosa e de aprendizado entre os envolvidos.

Como lidar com inseguranças

O sexo a três é uma experiência que naturalmente pode gerar certa apreensão.

Afinal, tudo aquilo que é novo e diferente faz com que a gente se sinta curioso.

No entanto, há maneiras como você pode se preparar bem para chegar no momento do ménage 100% confortável.

Uma dessas formas é que o casal tenha abertura um com o outro para falar das próprias dores, traumas e desejos.

Se não houver sinceridade em uma relação, dificilmente será possível viver um relacionamento a três saudável, uma vez que as inseguranças podem prevalecer ao prazer.

Um outro ponto que é ótimo para diminuir a insegurança na hora H é preparar um ambiente aconchegante, limpo e cheiroso.

Faz toda a diferença estar em um local confortável, seguro e empolgante para se permitir esse momento de prazer mútuo.

Por último, é importante que os momentos antes do sexo sejam preparados com bastante carinho. 

Por exemplo, um jantar em casal antes do sexo em si, em que você bebe um vinho que você ama, sem dúvida pode conter a insegurança e fazer com que todas as partes desfrutem do sexo à três.

As posições sexuais 

De fato, a posição sexual auxilia na hora do prazer.

Pensar antes nas posições sexuais que cada parte está disposta a fazer, é importante para que todos possam ter tesão na hora H.

Há uma série de opções que podem ser feitas.

Algumas dependem de quem está praticando o sexo a três.

Por exemplo, se o ménage for feito entre 2 homens e uma mulher pode ser que a mulher sinta vontade de ficar de quatro fazendo sexo oral em um dos homens enquanto o outro a penetra por trás.

Quando, por outro lado, há duas mulheres e um homem, pode-se, se todas as partes estiverem confortáveis, fazer o oral duplo em que, o homem recebe o sexo oral das duas mulheres ao mesmo tempo.

Além disso, há a posição chamada de “cata vento” em que cada pessoa do ménage faz sexo oral um no outro, fazendo um formato de catavendo.

Vale usar a criatividade para encontrar a posição sexual que satisfaz a todos os envolvidos durante o sexo a três.

Sexo a três pode ser considerado um fetiche?

O significado da palavra “fetiche” possui origem francesa e pode ser interpretado como “objeto enfeitiçado”, o que também é considerado como excitação sexual.

Falar de sexo ainda é um tabu para muitas pessoas, mas fato é que o fetiche sexual é algo muito comum entre as pessoas.

A psicologia trata com bastante naturalidade esse tema e considera-se que dar vazão a esses fetiches pode ser uma forma de melhorar a saúde sexual de um casal.

O sexo a três pode ser considerado um fetiche, mas de forma alguma você deve ter vergonha de ter um, pois, como dito, ele faz parte do ser humano.

E quando a proposta de sexo a três é feita pela outra parte?

Como dito antes, o sexo a três precisa ser precedido de uma conversa franca entre o casal.

Se houver a proposta por uma pessoa solteira, o casal deve avaliar em conjunto como se sente em relação a essa nova experiência.

Ninguém deve fazer o ménage se sentindo pressionado, uma vez que isso pode comprometer a experiência e prejudicar o relacionamento do casal.

Como fazer sexo a três: os cuidados com a saúde

Como o sexo a três é uma prática que geralmente não tem compromisso entre todas as partes, é preciso fazer esse ato com muita consciência.

Ou seja, é preciso que se saiba muito claramente o que cada um sente pelo outro.

Assim, evita-se prejuízos emocionais como envolver-se sexualmente com um amigo (a) com quem se gostaria de ter um relacionamento sério.

Além desse cuidado, é preciso, para evitar infecções sexualmente transmissíveis e uma gravidez indesejada, realizar o sexo com preservativo.

Uma outra cautela importante que se deve ter neste momento que vivemos é que um contato sexual com alguém que não é da sua convivência aumenta a chance da disseminação do coronavírus.

Por isso, leve em conta todos esses aspectos a fim de praticar o sexo a três de maneira prazerosa e segura.

O obejtivo é apimentar a relação com sexo a três?

É verdade que o sexo a três pode ser uma maneira de apimentar a relação de um casal.

Mas o ménage não é uma maneira de “salvar” um relacionamento.

Para se ter uma relação saudável e de companheirismo é preciso estar amorosamente atento às várias necessidades do outro.

A terapia de casal pode ser uma excelente opção para aqueles que estão enfrentando problemas dentro do relacionamento e gostariam de obter uma orientação especializada.

A Zenklub conta com uma série de profissionais psicólogos, psicanalistas, terapeutas e coaches que têm domínio sobre a sexualidade e que podem te ajudar.

Clique aqui e saiba mais!

Este artigo foi útil?

Você já votou neste post

Publicado por:

Rui Brandao

Publicado por:

Rui Brandao

Rui Brandão é médico, com experiência em Portugal, Brasil e Estados Unidos da América, e mestre em Administração pela FGV em São Paulo. Hoje é CEO & Co-fundador do Zenklub, plataforma de saúde emocional e desenvolvimento pessoal que oferece conteúdos, profissionais e ferramentas especializadas para mais de 1.5 milhões de pessoas no Brasil.