Da insegurança à autoconfiança com Lena Souza

10 fevereiro, 2021 |

Você já votou neste post

Onde ouvir também:

Este artigo é baseado em nosso podcast de saúde emocional, o Zencast. Neste episódio, falamos com a especialista em oratória Lena Souza sobre insegurança, timidez e autoconfiança. Para conferir a entrevista completa, ouça o episódio no player acima.

Se você é tímido, pode ser que te cobrem mais extroversão. Se é extrovertido, pode ser que te cobrem mais discrição. Em diversos espectros da vida, muitas coisas foram definidas como inadequadas, e isso vai desde como se vestir, portar, sua aparência, o volume da sua voz e até a preocupação de ser agradável. Parece impossível não sentir insegurança no cotidiano, não é mesmo?

Em nosso podcast de saúde emocional, o Zencast, conversamos com Lena Souza, campeã mundial em oratória, e tiramos algumas conclusões sobre essa pergunta e entendemos a importância de estarmos conectados às nossas habilidades e como isso pode fazer diferença na nossa vida e no nosso bem-estar emocional.

Segundo a especialista, pessoas muitas vezes se guiam pelo que acreditam que deveriam ser, e não pelo que realmente são. Ser autêntico e ter autoconfiança é ser você em sua essência e se assumir como você realmente é, mesmo com todas as barreiras impostas pelos estereótipos e preconceitos que, muitas vezes, nós mesmos acreditamos: 

“Na escola eu era uma pessoa de poucos amigos. Tinha um problema de autoestima muito forte, insegurança na minha infância. Fiquei muito amargurada com a vida. (…) Eu dizia não pra tudo. Tinha uma desculpa pronta pra tudo.”

A insegurança pode levar à ação

A vida é repleta de obstáculos, momentos de crise e inseguranças. Muitas vezes, são esses gatilhos que nos impedem de tomar algumas ações. Mas, pelo contrário, são esses momentos que podem nos ensinar a como nos adaptarmos melhor ao novo.

A ruptura de rotina e a quebra da zona de conforto do processo, da insegurança e até do sofrimento, podem nos fazer recuar emocionalmente, e a única saída de respostas para se adaptar e evoluir, é o autoconhecimento.

Com autoconhecimento se consegue criar uma boa relação consigo mesmo e assim é possível amadurecer cada vez mais. Não são somente as circunstâncias de crise que nos fazem refletir.

É também nos momentos bons que temos contato com o que realmente nos preenche e adquire-se sabedoria para buscar o equilíbrio pessoal e qualidade de vida. É a partir da reflexão gerada pela insegurança, que temos uma ação que nos leva mais próxima da autoconfiança. Nas palavras de Lena: 

“No movimento de dizer “sim” às coisas, eu tive que aprender com barreiras como lidar com erros, improvisar, fazer pose mesmo com o erro.

Lidar com as nossas inseguranças é um processo a longo prazo. Achar, reprogramar e codificar coisas novas é uma jornada contínua na minha opinião. Como a autoestima: não dá pra dizer “agora sou confiante”, é um processo. Então eu tive que trabalhar muitas coisas.

Primeiro eu digo sim, depois eu dou um jeito. E é assim que você busca as ações. Se eu já dei um sim, eu vou ter que dar um jeito. Assim eu não dou espaço para consultar minha insegurança, minhas desculpas e minha sabotagem: eu digo sim.”

Olhar além da insegurança é um ato de coragem

Lena defende que a timidez é uma característica, e não defeito. A timidez só deve ser encarada como problema se é uma insegurança e prejudica o convívio social. Ela se considera e se declara uma tímida com orgulho, coragem e autoconfiança. Sua trajetória mostra que ela luta a favor da timidez, e não contra ela.

Depois de assistir ao filme “Sim, Senhor”, reconheceu no personagem principal a sua própria insegurança e começou a desafiá-la dizendo “sim” ao que ela sempre encontrava uma desculpa para dizer “não”. A partir daí, começou um processo de treinar a sua comunicação consigo mesma e dizer para si que ela tinha a coragem de enfrentar o novo.

Para Lena, entrar em contato com nossas inseguranças e tentar vencê-las é uma ação de coragem:

A coragem é uma ação. A verbalização é uma codificação do pensamento, que vai virar uma emoção que vai se materializar. Então, quando a gente diz sim verbalmente, isso me coloca num lugar de coragem.”

Treine a sua coragem

No episódio 51 do nosso podcast, a apresentadora Izabella Camargo pergunta se existem formas de melhorar ou conseguir coragem e, consequentemente, autoconfiança. Lena responde: 

“Coragem é um treino da mente. A nossa mente tem a função de nos proteger, de ficar na inércia, na zona de conforto, de não arriscar ser criticado, rejeitado. Porque se a gente vai pros holofotes, essa é uma grande possibilidade. Então a gente quer ter essa sensação de proteção. 

Então, a primeira coisa que treinei minha mente foi essa recepção de dizer sim. Segundo, é o  merecer. Eu treino minha mente: sou sempre merecedora dos convites que recebo. Eu não me vitimizo pensando: será que estou pronta? Mas quando é que vou estar pronto? A gente nunca tá pronto de verdade, sabe? A gente tá sempre evoluindo, então bora.”

Vencendo a insegurança

Saia da zona de conforto. Esteja aberto ao novo, ao desafio e ao inesperado. Abrace o aprendizado que habita nos desafios. Não deixe que nenhuma característica sua o impeça de viver a sua vida como você gostaria. Com autoconhecimento, fica mais fácil focar no seu potencial e ir da insegurança à autoconfiança

Pense em todos os momentos de coragem na sua vida e em todos os momentos que você sentiu muito orgulho de você. É isso que vai te ajudar a vencer a insegurança e trazer os recursos necessários para você desempenhar seu potencial com autoconfiança. Com autoconhecimento, fica mais fácil focar no seu potencial e ir da insegurança à autoconfiança.

Para te inspirar, Lena sugere: 

“A vida é você viver experiências diferentes. Aquele frio na barriga. Experimentar coisas novas. Eu amo sentir frio na barriga.”

Então, se você deseja realizar esse treino de habilidades, incluindo a habilidade social, e melhorar as suas relações e os ambientes que você convive, não deixe de escutar o episódio ou até de encontrar o especialista ideal para ajudá-lo nesses novos desafios. 

Convidado

Lena Souza

Lena Souza é empreendedora, escritora, professora e palestrante. Dentre suas conquistas, Lena detém o título de campeã mundial de oratória pela JCI, sendo a primeira brasileira em 60 anos de concurso a levar o prêmio.

Mostrar comentários

Deixe seu comentário

13524