Na natureza, o equilíbrio de todos os elementos – terra, ar, fogo e água – é uma parte essencial da evolução.

Às vezes, percebemos que esses elementos estão desequilibrados porque há um excesso de chuva que causa enchentes, ou incêndios incontroláveis ​​nas florestas, ou furacões devastando tudo em seu caminho, ou um terremoto sacode a terra causando grandes danos. 

No entanto, com o tempo, o equilíbrio retorna e o ciclo de evolução continua, como tem sido por eras.

Agora, uma vez que os seres humanos também fazem parte da Natureza, feitos da mesma genética original, como manifestamos esse aparente desequilíbrio de nossos recursos internos – no nível físico, mental, emocional ou espiritual – e como isso se reflete em nosso comportamento diário?

Viver na ausência de equilíbrio se tornou o novo “normal” na sociedade de hoje. Esse desequilíbrio causa altos níveis de estresse e ansiedade, seja porque convivemos com “excesso” de algo ou pela “falta” de algo. Fomos condicionados a nos concentrar nesses extremos e perder de vista a possibilidade de encontrar um equilíbrio harmonioso.

Reflita sobre se isso já aconteceu com você: quando você se sente centrado e equilibrado, uma voz interna começa a gerar o medo de perder essa harmonia…

 A origem desta “vozinha temerosa” são crenças e percepções limitantes que aprendemos com nosso ambiente, no decorrer do nosso desenvolvimento.

Talvez, em algum momento da vida, tenhamos ouvido mamãe dizer que tudo o que é bom acaba mal, ou uma pessoa que respeitávamos e confiávamos nos disse que não é possível ter equilíbrio em todas as áreas da vida, ou talvez tenhamos desenvolvido um pouco de ” vício” à preocupação. Então, acabamos encontrando maneiras de perder esse equilíbrio, porque precisamos da nossa” dose “de dificuldades para nos preocupar. 

Pense agora um pouquinho sobre o que você passou anos “ouvindo” e que pode estar bloqueando o desenvolvimento do seu máximo potencial. Vamos considerar quais das seguintes opções se aplicam atualmente em sua vida:

Desequilíbrio devido à falta

  • Não tenho tempo suficiente para nada – fico entediado porque não tenho nada para fazer.
  • Eu não tenho dinheiro suficiente.
  • Meu parceiro não me ama o suficiente.
  • Sou muito magro.
  • Eu sou um inútil, não tenho o que é preciso para ter sucesso.
  • Não tenho energia suficiente para tudo o que tenho que fazer.
  • Não consigo encontrar um parceiro estável – sinto-me sozinho, não tenho ninguém na minha vida.
  • Eu não tenho comida para alimentar meus filhos.
  • Meus pais não prestavam atenção em mim e me sinto abandonada desde pequena.
  • Receio que amanhã falte… dinheiro / saúde / empresa.
  • Não tenho emprego (tenho muito tempo livre).

Desequilíbrio devido ao excesso 

  • Eu tenho muito que fazer.
  • Tenho medo de ficar sem dinheiro.
  • Meu parceiro é muito intenso, ele / ela me cansa.
  • Sou muito gordo.
  • Na minha idade, não consigo mais um emprego porque sou super qualificado.
  • Eu tenho muita energia e não consigo ficar parado.
  • Estou entediado com meu parceiro porque tudo é uma rotina.
  • Eu gostaria de ter mais tempo para ficar sozinho.
  • Não posso comer toda esta comida, porque engordo.
  • Meus pais estão me sufocando, eu não posso fazer minha própria vida.
  • Estou exausto de tanto… dívidas, problemas, meu parceiro.

Agora, que tal imaginar um futuro em que você possa transformar essas percepções para que possa vivenciar mais equilíbrio no seu dia a dia? Como você poderia usar a energia que está usando para reclamar da falta de equilíbrio no seu dia?

O que aconteceria se você descobrisse que a paciência para deixar a tempestade passar está dentro de você e o equilíbrio retorna à sua vida de uma forma natural e amorosa? Como sua vida mudaria se você tivesse um equilíbrio melhor de seus recursos internos? Da energia masculina e feminina que todos nós temos?

O que mudaria se mais áreas de sua vida estivessem em equilíbrio, de modo que a energia que você tem usado para sustentar a ansiedade se tornasse energia de paz e criatividade? Como mudaria o seu relacionamento consigo mesmo e com o seu ambiente se você pudesse perceber tudo com olhos da “gratidão” porque há tantas coisas em sua vida que já estão em equilíbrio?

Meça seu equilíbrio

Aqui está um exercício interessante. Use uma escala de 0 a 10, onde 0 refere-se a como você percebe que não há equilíbrio e 10 a percepção de equilíbrio total. 

Avalie cada uma das seguintes áreas de sua experiência de vida atual:

  1. Autocuidado físico (alimentação / exercício / corpo).
  2. Conexão com sua família.
  3. Estado de sua saúde emocional.
  4. Tempo para desenvolver uma visão positiva da vida / estado de sua mente, pensamentos, ideias.
  5. Relação com o tempo.
  6. Tempo livre para recreação / diversão / férias.
  7. Desenvolver um relacionamento saudável e harmonioso com uma pessoa importante.
  8. Conexão com amigos.
  9. Aproveitar sua ocupação atual como um caminho para crescimento / autorrealização.
  10. Explorar e desenvolver novas habilidades.
  11. Tempo para seu relacionamento com seu eu superior, com sua espiritualidade.

Olhando para esses resultados, como você se sente em relação ao equilíbrio de sua vida? 

Se o resultado deste pequeno exercício mostrar que é hora de ter novos olhos, uma nova mente e um novo coração, a fim de estar mais consciente e mais responsável por criar possibilidades de equilíbrio em sua vida, nós o convidamos a explorar como isso pode ser feito de forma fácil, rápida, eficaz e divertida, mudando suas crenças e percepções subconscientes com PSYCH-K®: Clique aqui que eu te explico, em detalhes, do que se trata.

Se o resultado mostrar que você tem o equilíbrio que considera adequado para você, reconheça e celebre o equilíbrio que você alcançou em sua vida! Propague esse sentimento para mais pessoas e as conduza, se puder, a buscar o mesmo caminho.

Faça terapia! Afinal os métodos terapêuticos contemporâneos permitem não só que você busque harmonia na vida, mas que também potencialize aquilo que já está bom.

Eu posso te ajudar

Eu posso te ajudar a entender os seus sentimentos e emoções. Você pode conversar comigo sobre transtornos, ansiedade, autoconhecimento, depressão, trabalho e habilidades sociais.

Vem comigo nessa jornada rumo ao autoconhecimento!

Agende sua sessão comigo agora.

Este artigo foi útil?

4.43

Você já votou neste post

Publicado por:

Natascha Juliao Martinez

Publicado por:

Natascha Juliao Martinez

É terapeuta, especialista PSYCH-H®, Scalar Heart Connection e Ativista Quântica, com experiências em atendimentos presenciais e online no Brasil e em outros países. Seu trabalho é auxiliar seus clientes através de técnicas contemporâneas e inovadoras a reconhecer seus próprios recursos, competências e habilidades despertando e ativando o autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.