Pode parecer tabu, mas falar sobre o corpo, o prazer e o autocuidado com a região íntima vai além de sexo

Quando se está feliz e saudável com o funcionamento do próprio corpo, outras áreas da vida também caminham.

Isso não quer dizer que essa é a única parte fundamental, mas um complemento do programa de autocuidado que é interessante ter consigo.

Diante disso, vamos falar sobre um assunto que, para muitos, está ligado ao sexo, mas que, na verdade, tem muita relação com a saúde física e emocional. Você já ouviu falar sobre Pompoarismo

Conheça um pouco mais dessa técnica que traz inúmeros benefícios e muito prazer!

O que é Pompoarismo?

Pompoarismo é um exercício que consiste na contração dos músculos do  períneo e da vagina. Esses exercícios têm vários benefícios tanto físicos como psicológicos. 

Geralmente, ele é feito por mulheres que querem conhecer mais o seu corpo e buscam mais prazer na hora do sexo. 

Além disso, outros benefícios como fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico e da prevenção de doenças como incontinência urinária e hemorróida são as principais causas na busca pela técnica.

Origem do Pompoarismo

O Pompoarismo é uma técnica que surgiu na Índia e foi aperfeiçoada na Tailândia. O responsável por criar os exercícios para ajudar no fortalecimento dos músculos do períneo, foi o Ginecologista alemão Arnold Kegel que, nos anos 40, fez com que a prática fosse descoberta e usada.

Benefícios do Pompoarismo

Existem inúmeros benefícios que o Pompoarismo, quando feito com acompanhamento profissional, trazem à saúde física e emocional de quem o pratica. Conheça os principais:

  • Alivia as cólicas menstruais;
  • Ajuda no pré e pós-parto;
  • Previne infecções na região íntima;
  • Diminui a incontinência urinária;
  • Previne os sintomas da menopausa;
  • Fortalece os músculos do assoalho pélvico;
  • Proporciona maior prazer no momento do sexo;
  • Auxilia a chegar mais rápido ao orgasmo;
  • Aumento da libido;
  • Regula a menstruação;

Contraindicações do Pompoarismo

Apesar de trazer muitos benefícios, não é todo mundo que pode começar a praticar o Pompoarismo. Existem algumas situações onde a técnica é indicada, porém, com maior cautela.

Busque um profissional como ginecologista e sexólogo para conversar sobre as como deve ser feito, a periodicidade, etc.

Fique atento às contraindicações:

DIU

O Dispositivo Intrauterino (DIU) é usado como método contraceptivo, apesar de não ter contraindicações graves, é importante consultar o médico antes de começar a praticar o Pompoarismo, principalmente, se ele foi colocado recentemente.

Na gestação

Nos três primeiros meses de gestação, não é recomendado fazer exercícios de contrair e relaxar a musculatura íntima porque pode provocar perda fetal. Porém, é importante conversar com o obstetra sobre o assunto.

Período Menstrual

Na menstruação, o ideal é praticar o Pompoarismo sem que haja intervenção de objetos, fora isso, a prática é indicada normalmente.

Endometriose

Se você tem endometriose, pode sentir desconforto ao realizar os exercícios de Pompoarismo, isso porque ele estimula o aumento do fluxo sanguíneo na região pélvica.

Você pode sempre consultar um médico especialista para melhor orientação.

Inflamações e infecções

Se tiver qualquer tipo de inflamação ou infecção, você deve evitar praticar a técnica, ou seja, primeiro é preciso verificar com o ginecologista se o útero e/ou a região pélvica está saudável para receber objetos e fazer contrações a fim de evitar grandes complicações futuras.

Como praticar o Pompoarismo

Se você quer começar a praticar esse exercício que traz tantos benefícios para a sua saúde íntima e psicológica, siga alguns passos.

Você também deve se lembrar: cada corpo tem o seu jeito de funcionar, por isso, é fundamental consultar um ginecologista para que as séries ideais para você sejam receitadas de acordo com as necessidades do seu corpo!

Sem acessórios

Neste caso, você pode começar sem auxílio de nenhum acessório. 

Veja como fazer:

  • Sente-se ou deite em um lugar confortável e calmo;
  • Contraia a musculatura do assoalho pélvico durante alguns segundos, você vai sentir o anus e a vagina contraindo, é normal na primeira vez;
  • Depois, relaxe e solte a musculatura e descanse por alguns segundos;
  • Repita o procedimento 10 vezes seguidas.

Com acessórios

Também é possível fazer Pompoarismo com ajuda de acessórios como 

  • Cone Vaginal;
  • Vibrador;
  • Bolinhas tailandesas.

Esses objetos ajudam a se concentrar melhor e sentir a musculatura com mais firmeza durante a prática. Esse tipo de técnica é ideal para quem já está acostumada com os exercícios. 

Para descobrir o melhor acessório, bem como a intensidade e duração dos exercícios, é importante consultar um profissional que vai identificar o objetivo e modo de usar de cada um de acordo com a necessidade.

Existe Pompoarismo masculino?

Sim. Existe Pompoarismo masculino!

Apesar de ser uma prática falada principalmente para a vagina, também é possível que homens sejam adeptos à prática.

O Pompoarismo masculino, assim como o feminino, têm inúmeros benefícios tanto para a saúde física como emocional. 

Conheça cada um deles:

  • Controla a ejaculação precoce;
  • Previne o Câncer de Próstata;
  • Ajuda na incontinência urinária;
  • Auxilia no orgasmo;
  • Ereções prolongadas;
  • Ajuda na autoconfiança e autoestima.

Diferente do feminino, no Pompoarismo masculino, os exercícios podem ser feitos sem ajuda de objetos como cones, vibradores, etc. 

Para realizar, é preciso estar em um ambiente calmo. Pode ser no banho, no sofá, onde se sentir mais tranquilo.

As séries devem ser feitas com orientação médica, mas a dica é fazer três séries de dez repetições.

Os exercícios podem ser feitos de duas formas: 

  • Contraindo as nádegas;
  • Contrai o períneo (que fica entre o pênis e o ânus);
  • Tente movimentar somente o pênis.

Autocuidado íntimo e saúde emocional

Praticar o Pompoarismo ajuda não somente na saúde física, mas também mental. Isso porque a prática torna possível se sentir com mais autoconfiança e adquirir autoconhecimento em relação ao seu corpo.

Além disso, a baixa autoestima causada pelo desempenho sexual pode desencadear outros transtornos como ansiedade. Por isso, unir mente e corpo é ideal neste processo.

Com o auxílio de um fisioterapeuta, ginecologistas, urologistas e psicólogos, a busca pelo bem-estar pessoal e sexual traz benefícios para a vida toda.

O Zenklub tem mais de 500 especialistas que podem te ajudar a se conhecer melhor nessa jornada rumo ao autoconhecimento! 

Não deixe de pedir ajuda.

Este artigo foi útil?

3.82

Você já votou neste post

Publicado por:

Jo Melo

Publicado por:

Jo Melo

Redatora no Zenklub e especialista em Comunicação e Marketing Digital. Sou mãe, indígena, apaixonada por gatos, artes marciais, sociedade e literatura. No Blog do Zenklub trago assuntos relacionados a raça/etnia, trabalho, mulheres, maternidade, bem-estar e autoconhecimento.