Com o intuito de ver o impacto na saúde emocional que a pandemia e o isolamento social têm tido na vida das pessoas, montamos o Relatório Zenklub.

De maneira confidencial, levantamos quais foram as queixas que mais aumentaram, de abril a junho 2020, nas sessões de terapia online que conduzimos em nossa plataforma.

Veja o que descobrimos

Relatório Zenklub: o que aumentou durante a pandemia?

  • Pânico: 846%
  • Agressão: 757%
  • Redes sociais: 698%
  • Preconceitos: 698%
  • Foco: 654%
  • Obesidade: 606%

Ao reunir dados anônimos de relatos e queixas de sessões de terapia feitas por brasileiros de todo o país, foi possível ver um aumento significativo de diferentes aflições já nos primeiros meses de quarentena.

Com mais medo e ansiedade, o crescimento do pânico é o que mais chama a atenção.

Porém, questões como agressão e preconceitos (possivelmente ligadas ao isolamento), redes sociais e foco (pela dificuldade de lidar com o fluxo de notícias) e obesidade (por conta da pressão estética e sedentarismo) também aparecem como destaques negativos.

Relatório Zenklub regional: o que cresceu em diferentes estados?

  • São Paulo: luto (+1096%), impulsividade (+406%), casamento (+392%), trauma (+383%)
  • Rio de Janeiro: ciúmes (+236%), dependência química (+196%), equilíbrio emocional (+167%), medos e fobias (+127%), conflitos familiares (+124%)
  • Minas Gerais: equilíbrio emocional (+286%), depressão (+195%), compulsão alimentar (+190%), amizade (+121%)
  • Paraná: conflitos amorosos (+765%), motivação (+225%), angústia (+208%), propósito (+143%), conflitos familiares (+84%)
  • Rio Grande do Sul: conflitos amorosos (+496%), procrastinação (+466%), carreira (+317%), ansiedade (+173%), angústia (+144%)

Como o Zenklub avalia essa situação?

Primeiramente, vê-se que o impacto emocional da pandemia tem sido grande e deve ser visto como uma questão de saúde também durante esse período.

Além disso, nota-se que as pessoas estão mais conscientes sobre esse fato, procurando falar sobre seus problemas e indo atrás de tratamentos como a terapia para cuidarem de si.

O relatório também viu um crescimento de 201% na quantidade de sessões de terapia realizadas no segundo trimestre de 2020, o que comprova esse fato. Sobre isso, Rui Brandão, CEO do Zenklub, comenta:

Foi e ainda é necessário que fiquemos socialmente isolados para cuidarmos da nossa saúde física e da dos outros, mas isso tem impactado a nossa saúde mental, como os dados mostram. Saúde não é apenas a ausência de doenças, mas sim um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e nesse momento muitas pessoas têm usado a terapia como aliada para cultivá-lo.

Se precisar, busque ajuda você também

Se você se identifica com as altas apresentadas no relatório, o Zenklub pode te ajudar. Baixe o app para ter acesso a conteúdos exclusivos sobre bem-estar e saúde emocional, e agende sessões com um psicólogo qualificado para te ajudar. Para saber mais, clique aqui.

Este artigo foi útil?

3

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub