Saber se comunicar, ter boas capacidades de relacionamento interpessoal, criatividade, inovação, e capacidades de aprendizagem, são coisas que você procura melhorar para conquistar um emprego? Conheça as 10 habilidades no mercado de trabalho que estão em alta.

Para se destacar no mercado de trabalho, estas e outras habilidades devem ser uma prioridade no seu plano de desenvolvimento pessoal. O mercado hoje, precisa de pessoas com Soft Skills bem desenvolvidas. 

Vale lembrar que hoje as 10 habilidades no mercado de trabalho que estão em destaque são quase todas soft skills. Mas, afinal, você sabe o que são as soft skills?

Ou seja, elas são habilidades comportamentais como, pensamento crítico e analítico, criatividade, capacidade de aprender, resiliência, flexibilidade, capacidade de resolver problemas, entre outros.

O que o mercado está buscando?

De fato, o mercado de trabalho tem mudado cada dia mais. Hoje, já não basta ter uma graduação ou habilidades técnicas, mas também é preciso ter habilidades comportamentais. Isso porque, são estas que trazem um diferencial competitivo para cada um de nós.

Hoje, o que as empresas buscam está muito mais voltada para o humano. Por isso, cresceu e muito o investimento em programas de atendimento pós venda, para entender mais como foi a experiência do cliente final.

Independente se o seu sonho profissional é trabalhar dentro de uma organização, ou empreender, uma coisa é um fato: você vai ter que lidar com pessoas.

Ou seja, isso requer habilidades comportamentais, e desenvolver soft skills é muito importante para alcançar sucesso na carreira profissional.

Sem dúvida elas vieram para ficar, um relatório publicado pelo Linkedin, apontou que no Brasil a busca por profissionais com soft skills cresceu cerca de 95%.

As Soft Skills que estarão em alta nos próximo anos

Mas, afinal, quais são essas habilidades em mercado de trabalho que vêm crescendo tanto? E porque elas são tão valorizadas? Vamos entender um pouco mais afundo.

Segundo estudos do World Economic Forum, algumas habilidades comportamentais estarão em alta no mercado nos próximos cinco anos. Por isso, quem estiver antenado nelas tem grandes chances de ter sucesso. São elas:

  1. Pensamento analítico e inovação
  2. Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizado
  3. Resolução de problemas
  4. Pensamento crítico
  5. Criatividade
  6. Liderança
  7. Uso, monitoramento e controle de tecnologias
  8. Programação
  9. Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade
  10. Raciocínio lógico

Sabemos que habilidades técnicas são muito importantes, mas vemos em listas como essa que as comportamentais tem ganhado cada vez mais espaço.

Por isso, é importante entender como ligar esse lado técnico ao emocional

Habilidades técnicas e habilidades emocionais

Podemos ver que nas 10 habilidades no mercado de trabalho em destaque, apenas duas são técnicas. São elas o uso, monitoramento e controle de tecnologias, e programação. Mas, afinal, o que isso significa?

Ou seja, nunca foi tão importante ter empatia, ainda mais hoje com o maior número de doenças mentais desenvolvidos no ambiente de trabalho. De fato, hoje temos que lidar muito mais com altos níveis de ansiedade, estresse, burnout, e depressão no trabalho.

Uma pesquisa realizada pela Capita, identificou que 79% dos trabalhadores sofrem com estresse no trabalho, e que 45% considerou deixar o emprego por esse motivo.

O mercado é cada vez mais competitivo e pede que as pessoas aprendam o mais rápido possível.

Ou seja, a tecnologia não param de crescer, e assim, cresce também pressão por resultados. Por isso, precisamos nos preocupar com a saúde mental dentro das empresas.

Isso mostrou que habilidades humanas fazem toda a diferença. Por isso, as empresas estão mais preocupadas em encontrar colaboradores que tenham essas soft skills em dia, para ajudar o time.

Empresas são feitas essencialmente por pessoas, para pessoas, e é por isso que, desenvolver habilidades comportamentais são cada vez mais essenciais.

Mas, como manter equilíbrio emocional no trabalho?

  1. Administração do tempo: é separar, não só, o tempo de trabalho, e o de lazer, mas também usar esses momentos com qualidade. Foque no trabalho, mas lembrar sempre de ter um tempo para praticar um hobbie ou estar em família.
  2. Tempo de aprendizagem: tire um tempo para ler algo novo. Isso pode te ajudar a desenvolver a criatividade, uma soft skill tão necessária.
  3. Manter o foco: por mais que seja difícil trabalhar em casa, com tantas distrações a vista, manter o foco no trabalho é fundamental.
  4. Respeitar seus limites: desenvolver soft skills é importante, assim como trabalhar o seu autoconhecimento. Com isso, você passa a entender o que de fato precisa ser desenvolvido ou apenas melhorado.

Este momento de pandemia veio para mostrar que precisamos estar preparados para mudar o cenário de forma rápida. Tudo o que era feito fora de casa, passou a ser feito dentro e, todas as empresas precisaram se adaptar à isso.

Por isso, é muito importante estar preparado com habilidades técnicas, e também ter boas habilidades comportamentais.

Isso é o que torna uma pessoa competitiva para o mercado. Saber unir hard e soft skills, e ainda assim, manter a saúde mental.

Como usar as Soft Skills para o desenvolvimento de carreira

Embora não seja um pré-requisito em todas as áreas, ainda assim, espera-se que as pessoas busquem melhorar a longo prazo. Isso porque, essas são habilidades necessárias para o futuro do mercado. 

Estima-se que aproximadamente 50% das vagas abertas nos próximo cinco anos exigirão o domínio de soft skills

Isso não quer dizer que precisamos desenvolver todas as habilidades da mesma forma. Mas sim, entender quais têm maior impacto no seu trabalho e na sua progressão de carreira. Com isso, vale investir mais tempo no desenvolvimento destas. 

Procure manter o foco em algumas habilidades principais. Dessa forma, as demais vem com mais facilidade depois. Conheça algumas dessas habilidades a seguir:

Aprendizagem ativa e capacidade de aprendizado

Mais que qualquer outra coisa, saber aprender é fundamental para conseguir usar bem as habilidades técnicas.

Ou seja, já que o mercado segue sempre se atualizando, nós também precisamos estar atentos a todas as mudanças.

Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade

Em um mundo que muda tão rápido, saber ser flexível e se adaptar é fundamental. Além disso, saber lidar bem com momentos de estresse torna isso mais leve, ao mesmo tempo que te ajuda com sua saúde mental.

Raciocínio lógico

Esse ponto é muito importante para ajudar sua saúde mental. Ou seja, saber criar limites, identificar quais pontos precisam ser melhorados, assim como, criar formas de colocar essas habilidades em prática.

Tudo isso faz parte de usar um raciocínio lógico para te ajudar a alcançar seus objetivos.

Por que estas habilidades são importantes para o futuro?

É muito importante investigar quais são as dores e necessidades do mercado de trabalho para, assim, investir esforços e dinheiro nisso.

Por exemplo, foi preciso entender a necessidade das pessoas de receber comida por delivery, para poder desenvolver aplicativos para isso.

Quando buscamos crescimento profissional, muitas vezes pensamos apenas em investir em cursos voltados para nossas áreas de interesse. Mas, o mercado de trabalho está em busca de muito mais do que habilidades técnicas. Por isso, as habilidades comportamentais são tão importantes.

As hard skills aprendidas durante a graduação, só terão valor quando trabalhadas junto com as soft skills.

Por isso, é tão importante melhorar suas capacidades de comunicação, gestão de tempo, trabalho em equipe, liderança, pensamento crítico, e resolução de problemas.

Uma habilidade é complementar a outra, e sai na frente quem une todas elas mais rápido.

A importância das Soft Skills

As soft skills ajudam as pessoas a ter um perfil completo, rico em conhecimentos técnicos, e em habilidades humanas. Um ambiente de trabalho saudável, não depende só de técnica, mas também saúde mental e emocional.

A empresa quando escolhe um candidato avalia todas as suas habilidades, mas também precisa avaliar as suas capacidades de trabalhar em equipe, comunicação, e relacionamento interpessoal.

Ou seja, as soft skills vem para mostrar o lado humano. Com isso, as pessoas se destacam, pois podem dar um atendimento personalizado, focado em outras pessoas. 

Desenvolver soft skills é criar um mundo corporativo mais humano, mais empático, mais eficaz e produtivo.

Conheça o Zenklub

Por isso, é importante que as empresas mudem o mindsetting e os relacionamentos com seu funcionário. Para isso, a liderança tem que ser treinada para agir com respeito a individualidade.

Isso ajuda a criar um lugar de equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Parece difícil? O Zenklub conta com uma plataforma completa: somos um benefício de saúde emocional para o seu funcionário e um parceiro de inteligência estratégica para você. 

Então, se você faz parte de um time de RH e gostaria de dicas de como melhorar sua empresa, marque uma conversa com o nosso time.

Este artigo foi útil?

4.5

Você já votou neste post

Publicado por:

Rui Brandao

Publicado por:

Rui Brandao

Rui Brandão é médico, com experiência em Portugal, Brasil e Estados Unidos da América, e mestre em Administração pela FGV em São Paulo. Hoje é CEO & Co-fundador do Zenklub, plataforma de saúde emocional e desenvolvimento pessoal que oferece conteúdos, profissionais e ferramentas especializadas para mais de 1.5 milhões de pessoas no Brasil.