Eficiência e eficácia costumam ser usadas e até consideradas como sinônimos por muitas pessoas. Mas, na verdade, isso é um grande erro, pois são palavras com significados distintos. 

Essa confusão acontece porque os termos carregam conceitos relacionados. E apesar dessa ligação, há uma diferença de eficiência e eficácia em relação ao que acontece na prática. Isso porque uma equipe pode ser muito eficaz, porém completamente ineficiente e vice-versa. Ou então, também pode ser eficiente e eficaz ao mesmo tempo.

Ficou confuso? Então confira o conteúdo a seguir que nós explicamos tudo direitinho!

Por que entender a diferença entre eficiência e eficácia?

É muito importante compreender o que é eficácia e eficiência porque são palavras que revelam sentidos singulares. Resumidamente, eficiência expressa a excelência na execução, já eficácia tem a ver com o objetivo a ser cumprido. 

Ou seja, utilizar tais vocábulos sem saber pode resultar em uma interpretação errada ou divergente da sua intenção. Isso por si só já é uma razão considerável para entender a diferença de eficiência e eficácia.

Diferença entre eficiência e eficácia no dia a dia

A compreensão desses termos vai muito além no dia a dia – especialmente no trabalho. Saber o que é eficácia e eficiência ajuda o profissional a ser mais analítico e a impulsionar o seu desenvolvimento. Líderes, por exemplo, conseguem distinguir a produtividade dos resultados a fim de provocar melhorias. 

Eficiência e eficácia exemplo vai muito além da checagem daquela planilha ou dos relatórios de investimentos. Elas podem provocar lucros ou prejuízos enormes na gestão da empresa.

Definição: eficiência x eficácia

Agora que ficou clara a importância de saber diferenciar eficiência de eficácia, é hora de entender o que é eficácia e eficiência!

Eficiência

A eficiência está associada à capacidade, execução e à qualidade. É o termo que se usa para adjetivar algo ou alguém de forma positiva pelo efeito, ação ou aptidão apresentada. E aqui, o foco está no mecanismo. Isso é, não basta apenas fazer, mas em saber como fazer. 

Em termos práticos, uma empresa eficiente é aquela que fabrica um grande volume de produtos com baixo custo, por exemplo. Essa eficiência foi alcançada graças à produção que consegue utilizar os recursos disponíveis de forma proveitosa. Por consequência, isso gera pouco ou nenhum desperdício e eleva a quantidade de fabricação.

Eficácia

A eficácia traz uma concepção voltada basicamente para o alcance dos objetivos. O foco dessa qualificação diz respeito à capacidade de fazer as coisas de forma assertiva. Isso é, seu significado está relacionado ao resultado, em atender às expectativas, em realizar. 

Dessa forma, uma empresa eficaz é aquela que consegue atingir aquilo que está buscando. É a fábrica que consegue produzir o número necessário de peças para atender a sua demanda. Mesmo diante das adversidades, a meta é alcançada por fruto de decisões e das ações certas para tal.

Efetividade

Eficiência, eficácia e efetividade costumam andar sempre juntas. Portanto, vale esclarecer também o que é efetivo.

A efetividade utiliza medidas mais abrangentes, por isso, é visto como o mais complexo dos três conceitos. Isso porque, enquanto a eficiência olha para o custo-benefício e a execução, a eficácia se atenta ao resultado dessa produção. 

Já a efetividade vai mais adiante, apresentando como ponto central a avaliação da qualidade dos resultados, das ações, os benefícios e as necessidades. 

Uma ilustração clássica de uma empresa efetiva é aquela que tem uma produção feita com maestria, entrega no prazo, obtém lucro e ainda faz mais. Ou seja, se preocupa em prover vantagens aos clientes e ao meio ambiente, por exemplo.

Exemplo de pessoa eficiente/eficaz

Já mostramos a definição de eficiência-eficácia e efetividade com modelos do mundo corporativo. Mas, se você buscou por: “o que é eficiência e eficácia exemplos”, ainda precisamos relacionar essas palavras com pessoas, não é mesmo? 

Por isso, montamos uma tabela bem simples para te ajudar a entender melhor como é uma pessoa eficiente e uma pessoa eficaz.

Eficiência e eficácia exemplo

Para mostrar eficiência/eficácia exemplo, imagine que Marcos e Fernanda vão fazer um jantar – cada um em sua casa. Ambos servirão macarrão à bolonhesa aos seus amigos. Mas ao começar os preparativos, eles descobrem que não possuem todos os ingredientes.

Diante dessa situação, Marcos segue com o plano e decide improvisar com o que tem para fazer o seu quitute. Isso porque se sair agora para as compras, provavelmente terá que cozinhar correndo depois. E sabe como é, a pressa é inimiga da perfeição. 

Já a Fernanda  prefere ir ao mercado para comprar os itens que faltam. Afinal, não vai ser a mesma coisa se não tiver aquele queijinho e a carne certa para fazer o prato. Além disso, os convidados merecem saborear uma boa comida!

Quem é eficiente?Quem é eficaz?
Na história, Marcos é um ótimo exemplo de pessoa eficiente. Ele foi capaz de contornar a falta de ingredientes e cozinhar um belo jantar de acordo com os recursos disponíveis. Tudo isso sem aumentar o custo, desperdiçar o que tinha e aproveitando o seu tempo na execução.Nesse enredo, a Fernanda define o conceito de pessoa eficaz. O objetivo era fazer um macarrão à bolonhesa e foi exatamente o que ela fez. Por isso, solucionou o problema da falta de ingredientes e assim focou no resultado para preparar seu lindo jantar, entregando sabor aos seus convidados. 

Eficiência x Eficácia: como um pode influenciar o outro

Com as definições de eficiência e eficácia bem claras, fica a pergunta: como um pode influenciar o outro? 

De maneira simplista podemos dizer que enquanto a eficiência foca no mecanismo, a eficácia mira no resultado. Lembrando que uma pessoa pode ser eficiente, porém ineficaz. Assim como o contrário, o indivíduo pode ser eficaz, mas ineficiente. 

Logo, se juntarmos os dois conceitos, podemos atingir o objetivo com excelência na produção, certo? Sim, esse é o mundo ideal. Contudo, precisamos ser francos em dizer que existe um enorme desafio para colocar isso em prática.

A influência a partir da escolha

Quando abordamos eficiência e eficácia no cotidiano, especialmente na gestão, precisamos fazer escolhas. E, como se fosse uma balança, se há muitos projetos eficientes e poucos projetos eficazes, devemos equilibrar essa conta.

A questão é que mesmo tomando a decisão mais correta possível, muitas vezes, fazemos uma escolha em detrimento da outra. Isso acontece justamente porque a atividade sobre eficiência e eficácia influencia diretamente o dia a dia.

Atividade sobre eficácia e eficiência

Imagine que a sua empresa lançou um novo artigo – um computador de última geração (eficiência). Todavia, seu custo coloca o preço de venda muito alto, dificultando as vendas e encalhando o produto (sem eficácia). 

Uma solução seria diminuir as despesas de sua fabricação, certo? No entanto, a máquina ficaria menos potente e menos atrativa ao consumidor, que não mais a consideraria eficiente. Ou então, podemos reduzir o lucro e tornar o valor mais acessível ao cliente. Mas se o ganho for tão pouco, seria viável manter a fabricação desse produto?

Indicadores de eficiência e eficácia

A busca por eficiência e eficácia requer ações e atitudes que precisam ser colocadas em prática. E para avaliar se esse trabalho está sendo eficaz, eficiente e efetivo, entram os indicadores.

De forma geral e objetiva, apresentamos 3 pilares para te ajudar nessa avaliação.

Fatores para a operação

Para medir eficiência, eficácia e efetividade, é preciso considerar todos os insumos, recursos, tecnologia e circunstâncias para executar os trabalhos. Atente-se a todos os fatores disponíveis para que a tarefa seja feita. Isso inclui metodologias, planejamento operacional, conhecimento e até características pessoais.

Capacidade humana, das máquinas e da gestão

Neste quesito, estamos falando tanto da capacidade das máquinas, como dos humanos. Assim, devem ser analisados os processos e funções do sistema, bem como as ações da gestão, a aptidão individual e o trabalho em equipe.

Competências e outros atributos

Esse é um indicador mais amplo para medir eficiência e eficácia. Aqui entram todas as competências, atributos e propriedades que podem influenciar o desempenho positivamente ou negativamente. 

Portanto, tenha uma base do potencial existente e observe todos os fatores (até mesmo os subjetivos) que podem interferir no resultado. Por exemplo, a motivação no trabalho pode refletir diretamente na qualidade das entregas. Como anda esse incentivo e a gana das pessoas em performar com excelência?

3 dicas para melhorar a performance da equipe

Com todo esse entendimento sobre eficiência e eficácia, o que falta agora é colocar o conhecimento em prática. Por isso, preparamos a seguir algumas dicas que vão te ajudar a alcançar a efetividade.

Motivação da equipe

Por mais avançada que seja a tecnologia, o fator humano continua sendo o mais importante das empresas. Portanto, investir na motivação de seu pessoal é fundamental para manter a energia lá em cima e os resultados fantásticos. 

A cultura organizacional e os gestores podem desenvolver ações que incentivem a alta performance diariamente. Com essa vontade e os objetivos em mente, a psicologia explica que é possível criar hábitos mentais. Por consequência, isso é refletido no comportamento e na produtividade.

Desenvolvimento, aprendizado e difusão do conhecimento

Eficiência e eficácia estão diretamente ligadas ao desenvolvimento das pessoas. Isso porque o aprendizado provoca melhorias, avanços e inovações. Isso significa atingir um objetivo e alcançar a excelência. Portanto, incentivar o estudo e o aprimoramento é uma solução infalível.

E uma ótima forma de implementar esse processo sem custo é estimular a troca, o ensino e a ajuda mútua entre os membros do time. E como diz o dito popular, o conhecimento é o bem mais precioso que temos, que nunca se subtrai e só se multiplica.

Gestão estratégica e humana

A diferença de eficiência e eficácia é compreendida e colocada em prática por uma gestão estratégica e humana. Ou seja, os líderes não devem apenas planejar e mandar fazer, é preciso saber delegar, comandar e auxiliar a sua equipe.

Também é importante que o gestor se faça presente, inclusive em sua ausência. E uma boa sugestão para gerir de forma tática e avaliar o desempenho é estar aberto a ouvir as pessoas. A comunicação é uma ferramenta importante e deve ser bem utilizada para instruir, influenciar, dar e receber feedbacks.

Conte com Zenklub

O conceito de eficiência e eficácia é bem amplo e complexo. Não é à toa que muitos confundem o momento de empregá-las ou consideram sinônimos. Contudo, mais desafiador do que compreender toda a sua concepção é praticar e vivenciar a diferença de eficiência e eficácia. 

Mas calma que você não está sozinho nesta jornada. O Zenklub é a maior plataforma especializada em bem-estar emocional feita para beneficiar você e a sua empresa. A rede conta com mais de 2000 especialistas disponíveis a qualquer hora, e de qualquer lugar.

Entre em contato conosco e saiba como melhorar a eficiência e eficácia da sua equipe.

Referências 

MARINHO, Alexandre. FAÇANHA, Luís Otávio. Programas Sociais: Efetividade, Eficiência e Eficácia como Dimensões Operacionais da Avaliação. Textos para Discussão Nº 787. Ipea. Rio de Janeiro, abril de 2001.

CASTRO, Rodrigo B. de. Eficácia, Eficiência e Efetividade na Administração Pública. In:Anais do 30º Encontro da ANPAD, 2006.
TORRES JR., Noel; MIYAKE, Dario. Melhoria de desempenho em serviços: alternativas para lidar com o trade-off entre eficiência e eficácia. In: Revista Produção Online. v. 11. n. 1.  Mar. 2011.

Este artigo foi útil?

5

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub