A diversidade é uma das maiores belezas da humanidade. No entanto, pesquisas milenares procuram identificar padrões no comportamento humano. Nesse contexto se enquadram as pesquisas sobre os tipos de personalidade.

Procurar identificar em qual padrão uma pessoa se encontra, não significa “fechar” alguém em uma caixa, limitando seu potencial criativo no mundo. 

Pelo contrário, identificar tendências de comportamento ajuda as pessoas a se conhecerem melhor e, assim, viverem sua essência de uma forma mais consciente.

Saber quais são os tipos de personalidade e qual deles mais se encaixa em seu modo de viver, certamente te ajudará no autoconhecimento e de repente até mesmo a orientar sua vida profissional.

Então continue com a gente e tenha uma excelente leitura!

O que é personalidade?

Personalidade é o conjunto de características que dá forma a uma pessoa. 

Tais atribuições se encaixam dentro de várias esferas, entre elas a do:

  • Pensar;
  • Agir/decidir;
  • Analisar;
  • Relacionar-se;

Assim, a personalidade interfere na forma como alguém se relaciona consigo e com os demais. 

Ou seja, há não só um impacto individual mas também um efeito coletivo em se conhecer a personalidade.

Os 16 tipos de personalidades que existem

Desde tempos antigos, busca-se entender quais são os principais tipos de personalidade humana.

Na Grécia Antiga, Hipócrates, considerado o pai da medicina, propôs que a personalidade de uma pessoa era condicionada à distribuição de quatro tipos de “humores” na construção do indivíduo. 

Os humores seriam características básicas que se misturariam entre si na composição do eu, formando diversos padrões de comportamento.

A partir dessa teoria, o icônico médico Galeno criou a teoria dos 4 temperamentos, ou seja, estruturas psíquicas inalienáveis e excludentes entre si que norteariam as tendências de comportamento de uma pessoa. 

No caso, os 4 temperamentos são basicamente divididos em relação à tendência de alguém para reagir rápido ou devagar diante de uma situação de contrariedade; e o quanto alguém tende a guardar algo marcante que ocorre no presente:

  • Fleumático – geralmente não reage de imediato e tem facilidade em esquecer/perdoar;
  • Melancólico – possui a mesma tendência à passividade do fleumático, mas guarda por muito tempo fatos marcantes;
  • Sanguíneo – age rápido e imediatamente, mas não retém por muito tempo aquilo que lhe acontece;
  • Colérico – enérgico como o sanguíneo e com forte apego às memórias como o melancólico.

Com o passar do tempo, muitos foram os pesquisadores que se aventuraram a descobrir mais sobre os tipos de personalidade.

Talvez uma das definições mais atuais dos tipos de personalidade seja a proposta pelas pesquisadoras estadunidenses Katharine Cook Briggs e sua filha Isabel Briggs Myers. Elas criaram os tipos de personalidade MBTI – do inglês Myers–Briggs Type Indicator, baseadas nos tipos psicológicos do psiquiatra Carl Jung.

Pelos tipos de personalidade MBTI, há 16 padrões. Abaixo, vamos listá-los e descrevê-los brevemente.

1. Lógico (INTP)

São criadores solitários natos. 

Adoram aprender coisas novas e ultrapassar as fronteiras do conhecimento.

São pessoas que sabem analisar muito bem e tendem a ser perfeccionistas.

2. Inovador (ENTP)

O inovador é alguém adaptável, analítico e criativo. 

No entanto, diferente do tipo de personalidade lógico, o inovador adora compartilhar suas descobertas com os outros.

Nesse contexto, um bom debate é algo irresistível para esse tipo de personalidade.

3. Comandante (ENTJ)

São pessoas que respiram liderança.

Ou seja, o comandante tem facilidade em gerenciar pessoas e tomar decisões importantes.

Sentem-se vivos quando estão diante de desafios que os tiram da zona de conforto.

4. Arquiteto (INTJ)

Um dos tipos de personalidades mais raros e estratégicos.

A vida para o arquiteto é como um tabuleiro de xadrez.Cada movimento é milimetricamente calculado e suas ações tendem a ser extremamente assertivas.

São independentes e preferem estar sozinhos para organizarem seus planos.

5. Animador (ESFP)

São pessoas que trazem sempre um sorriso no rosto. Dão “bom dia” até para o cachorro na rua.

É impossível não se sentir energizado ao lado alguém com essa personalidade.

São bem-humoradas, cooperativas, divertidas, sociáveis e tolerantes. 

6. Aventureiro (ISFP)

As pessoas com personalidades aventureiras são verdadeiros artistas.

Assim, Artes Plásticas, Música, Teatro e Gastronomia são manifestações constantemente buscadas por eles para estarem no mundo.

A capacidade artística de mudança atrai muito esse tipo de personalidade.

7.Virtuoso (ISTP)

Têm como lema de vida o “faça você mesmo”.

Ou seja, são práticos e adoram resolver problemas com as próprias mãos.

Além disso, são discretos e preferem trabalhar com equipes menores. 

8. Empreendedor (ESTP)

Como o próprio nome diz, os empreendedores nasceram para ser pessoas de negócios.

Conseguem extrair “leite de pedra”, pois tem ideias revolucionárias diante das mais inusitadas situações.

Essas ideias se manifestam como empreendimentos criativos e resolutivos.

9. Ativista (ENFP)

Encontram o verdadeiro sentido da vida no processo, não necessariamente no atingimento de uma meta.

Como verdadeiros espíritos livres, adoram vivenciar novas experiências e conhecer pessoas diferentes.

Tem a capacidade única de entusiasmar e trazer à tona talentos escondidos.

10. Mediador (INFP)

São idealistas, fiéis a uma causa para tornar o mundo um lugar melhor para se viver.

Empáticos, tomam dores alheias como se fossem as próprias e, diante disso, agarram com unhas e dentes qualquer oportunidade para ajudar os necessitados.

Além disso, são sensíveis, discretos e compreensivos.

11. Protagonista (ENFJ)

São profissionais do coaching por excelência, a prova viva da inspiração pelo exemplo. 

Seus talentos são expressos de uma forma que motiva todos ao redor.

De fato, os protagonistas são capazes de potencializar como ninguém os talentos individuais de uma equipe ou grupo.

12. Conselheiro (INFJ)

Também conhecidos como “advogados” esse tipo de personalidade é especial por conta de sua raridade (menos de 1% da população).

O conselheiro é uma pessoa reservada, pacata, mas que por um outro lado possui opiniões fortes e busca com todas as suas forças melhorar a vida dos que mais precisam.

Diante disso, são práticas comuns dos conselheiros obras de caridade. Eles realmente não deixam para depois o que pode ser feito hoje (diferente dos idealistas).

13. Executivo (ESTJ)

Priorizando honestidade, dedicação e dignidade, os executivos são tipos de personalidade que adoram assumir obrigações e ajudar outras pessoas.

Preferem trabalhar em conjunto, organizando festas, cuidando de comunidades e estruturando organizações.

São pessoas objetivas, decididas e eficientes. 

14. Inspetores/Logísticos (ISTJ)

Acredita-se que o tipo de personalidade Logística é o mais abundante, constituindo cerca de 13% da população.

São pessoas extremamente confiáveis pois valorizam como ninguém o cumprimento da palavra dada.

Sistemáticos, organizados, práticos e realistas, mantém a ordem seja na esfera profissional, seja na familiar.

15. Defensor (ISFJ)

Carregam dentro de si uma tendência única para o altruísmo.

O defensor é o tipo de personalidade ideal para cuidar de pessoas com problemas de saúde.

Afinal, eles têm uma preocupação apurada com o bem-estar de todos ao seu redor e ativamente agem para zelar pela saúde dos indivíduos.

16. Provedor (ESFJ)

São servidores compassivos e extrovertidos. 

Não perdem a oportunidade de servir uma água ou dar algum presente para alguém.

Guiados por forte moral, estruturam suas condutas em moldes sólidos que trazem segurança aos que estão ao redor.

Os 4 pilares do MBTI

O modelo dos tipos de personalidade MBTI se baseia em 4 critérios para definição dos perfis psicológicos.

Tais critérios são compostos por duas opções cada e eles são excludentes entre si. Ou seja, não é possível ter uma característica e outra, mas sim uma ou outra.

Perceba que cada uma das classificações é dada como uma letra, que nada mais é que a inicial derivada da língua inglesa para aquele critério. 

A união desses dados formará uma sigla que será importante no catálogo do respectivo tipo de personalidade.

Vejamos quais são os 4 pilares em detalhes.

1 – Energia e motivação

— Extrovertidos (E): são as pessoas que se sentem mais energizadas quando estão com um grupo social. Os extrovertidos tendem a agir de uma forma mais impulsiva;

— Introvertidos (I): aqueles que preferem , preferem ficar a sós e se sentem bem em locais isolados do ponto de vista social. Eles tendem a tomar decisões de uma forma ponderada e cautelosa.

2 –  Percepção de mundo

— Sensoriais (S): são as chamadas pessoas “pés no chão”, que não “dão um passo maior que a perna”. Isto é, embasam muito bem suas decisões na realidade antes de tomá-las. São pessoas mais práticas;

— Intuitivo (N): agem na maior parte das vezes “com o coração”, não ponderando muito os prós e contras daquela decisão. Vale mais o que se sente do que aquilo que se vê ou se escuta. São pessoas mais criativas, com uma capacidade de abstração mais apurada;

3 – Avaliação e tomada de decisão

— Racionalistas (T): também conhecidos como os “pensadores”, essa característica mostra que uma pessoa tende a emitir juízos de valor relativos às ações praticadas por alguém, não à pessoa em si que as praticou. Os racionalistas têm como grande mote de vida a justiça e a igualdade entre as pessoas;

— Sentimentais (F): como o próprio nome diz, são pessoas guiadas pelos sentimentos. Frases comuns dos sentimentais são “não fui com a cara dessa pessoa” ou “acho que meu santo não bateu com o dele(a)”. Essas pessoas geralmente têm dificuldade para seguir regras ou padrões rígidos de conduta;

4 – Estilo de vida

— Julgadores (J): tomam decisões de forma rápida, sem pensar duas vezes. No caso dos julgadores, o acúmulo de tarefas ou outras pendências é algo que gera grande angústia. Para eles, resolubilidade é execução.

— Perceptivos (P): são pessoas que demoram para tomar decisões. Por exemplo, é alguém que vai a uma loja de sapatos, experimenta 10 modelos e, ao final, não escolhe nenhum deles. Para os perceptivos, resolubilidade é ponderação.

Como saber qual tipo de personalidade pertence?

A esta altura do artigo você já deve ter se perguntado inúmeras vezes qual o seu tipo de personalidade. 

Na verdade, saber disso não é uma tarefa simples e muitas vezes precisa de uma avaliação especializada.

Afinal, todos nós temos uma tendência de julgarmos a nós mesmos de uma forma enviesada. 

Ou seja, é difícil olharmos para os nossos atos, comportamentos e pensamentos de uma maneira isenta sem a interferência de percepções tendenciosas sobre nós mesmos.

Diante disso, para saber mais a fundo qual o seu tipo de personalidade, o ideal é procurar ajuda psicológica. 

Nesses casos, testes mais complexos e específicos serão aplicados, a fim de desenhar um panorama mais fidedigno do tipo de personalidade.

Conclusão

Conhecer os tipos de personalidade é algo interessante não só para desenvolver o autoconhecimento, mas também para compreender um pouco melhor as pessoas ao nosso redor.

Tudo isso gera um ciclo virtuoso, pois quando temos maior consciência de nós mesmos, podemos lidar e conhecer melhor o outro, sem tantas interferências internas.

Mas acontece que o caminho para o autoconhecimento sem a orientação de um profissional especializado em saúde mental pode ser algo um tanto tortuoso.

Por isso, uma ótima opção é procurar um terapeuta que irá avaliar suas principais tendências psicológicas e te ajudará a viver de forma mais consciente e, em última análise, feliz!

No Zenklub você conta com milhares de profissionais com a agenda aberta para te atender.

Marque agora mesmo sua consulta online com um dos profissionais do Zenklub

Referências

https://blog.orientu.com.br/orientacao-profissional/tipos-de-personalidade-conheca-os-16-tipos-de-personalidades-que-existem/

https://www.16personalities.com/br/descricoes-dos-tipos

https://www.guiadacarreira.com.br/carreira/conheca-os-tipos-de-personalidade/

https://www.unasp.br/blog/teste-mbti-tipos-de-personalidade/

https://br.indeed.com/conselho-de-carreira/desenvolvimento-de-carreira/tipos-de-personalidade

https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2018/09/existem-quatro-tipos-de-personalidades-afirma-estudo.html https://medialabufrj.net/blog/2021/09/dobras-50-mbti-e-os-16-tipos-como-as-plataformas-digitais-popularizaram-os-testes-de-personalidade/

Este artigo foi útil?

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub