Parece uma palavra complicada, mas assertividade pode ser uma ferramenta muito importante para você aplicar na sua vida pessoal e profissional. Por isso, hoje vamos entender o que é assertividade e dar dicas de como você pode desenvolver essa habilidade.

O que é assertividade?

Ser assertivo é você ter a habilidade de expor e defender um posicionamento de forma clara, tranquila, objetiva e sem gerar conflitos. A pessoa assertiva é mais autoconfiante e não tem dificuldades de expressar a sua opinião.

Ou seja, ter um comportamento assertivo, ao contrário do que muitos pensam, não tem a ver com acerto ou erro, mas sim com uma habilidade social e comunicativa com si próprio e com outras pessoas diante de uma situação de posicionamento de ponto de vista.

Um exemplo interessante que podemos dar é a postura que você pode expressar em uma reunião de trabalho, colocando em prática a sua inteligência emocional e sua capacidade de argumentação de maneira firme e confiante para defender suas ideias, fazendo que seus colegas de trabalho prestem atenção em suas palavras e considere sua posição.

Quando uma pessoa é assertiva?

Você pode reconhecer a assertividade em outras pessoas, quando elas apresentam os seguintes comportamentos:

  • Pensa e analisa todo o contexto antes de se posicionar;
  • Considera suas percepções e sentimentos;
  • Possui boa expressão corporal;
  • Conhece seus próprios direitos e deveres;
  • Busca o seu autoconhecimento como ferramenta social;
  • Em uma divergência não ofende os outros;
  • Utiliza de elegância e educação para se posicionar;
  • Pontua o que está errado e parabeniza o que é correto;
  • Não mente ou omite informações;
  • Assume responsabilidades sem carregar o sentimento de culpa.

Comunicação assertiva

Um dos principais aspectos da assertividade está na comunicação e é essencial que você seja um bom comunicador para desempenhar melhor o seu tipo de comunicabilidade, ou seja, que você seja capaz de transmitir a sua mensagem.

Entre os principais aspectos pelos quais você deve investir em uma comunicação assertiva é:

  • Melhora a sua capacidade de expressão;
  • Reflete positivamente em sua imagem social;
  • Desenvolve o respeito e inspiração das outras pessoas;
  • Resolve conflitos;
  • Aumenta a sua confiança;
  • Reduz o estresse;
  • Amplia sua capacidade de negociação

Psicologia e a assertividade

Na psicologia, é definido quatro tipos de comportamentos relacionados ao que pode ser uma pessoa assertiva, mas vale ressaltar que todos nós podemos transitar por diversos comportamentos, dependendo da situação em que estamos enfrentando. Há quem saiba ser mais assertivo no trabalho, do que em casa ou com os amigos, e vice e versa.

Comportamento passivo

Quando você concorda com o que é dito ou com o que acontece ao seu redor, mesmo que no fundo não esteja de acordo, ou quando ainda não finalizou a sua opinião sobre a situação.

Em geral, esse é um comportamento presente em pessoas mais tímidas, que têm mais dificuldades para se abrir, perguntar, se expor, dizer não ou reclamar de algo que sente. Mesmo assim, esse acúmulo de sentimentos não ditos, podem levá-lo ao extremo da situação, transformando-o em agente de um conflito.

Comportamento agressivo

Quando o seu comportamento é baseado em considerar muito mais os seus próprios interesses, sem levar em conta as necessidades ou sentimentos das outras pessoas. Não necessariamente esse posicionamento deve ser medido como algo errado e sem fundamento, o perigo está na falta de consideração os demais.

Comportamento passivo-agressivo

Quando você tem por prioridade omitir sua verdadeira posição e opinião diante das situações e costuma agir pelas costas, reclamando e utilizando de sarcasmo e ironia. Essas agressões são disfarçadas em brincadeiras, evitando conflitos explícitos, mas gerando agressividade por trás, o tão conhecido “duas caras” ou falsidade.

Comportamento assertivo

Quando você tem um comportamento assertivo, você tem também empatia, pois você é capaz de equilibrar as suas necessidades e vontades, considerando também os direitos ou desejos das outras pessoas.

É saber falar, mas também ouvir, é ser seguro de si e saber extrair essa habilidade para provocar confiança, justiça e sociabilidade. Não usa de artifícios na comunicação e sabe ir direto ao ponto sem enrolação ou agressividade.

Então, como ser assertivo? Veja as dicas!

Seja positivo

Ser uma pessoa positiva vai ajudar a controlar as suas emoções, sem guardá-las, mantendo uma expressão firme do que você é e o que acredita. A positividade é uma ferramenta chave para você superar seus obstáculos e dar voz às suas necessidades.

Entenda o outro

Se colocar no outro irá fazer você não só ouvir melhor suas considerações, como também fará você perceber que ele possui sentimentos e reações diferentes da sua, e que você não tem controle sobre isso. É um bom exercício de empatia e pode gerar muitos aprendizados sociais.

Saiba dizer não

Quantas vezes deixamos de fazer algo que queremos simplesmente porque não sabemos dizer não? Muitas vezes não é fácil e é preciso uma dose de equilíbrio emocional para que você saiba exatamente até que ponto pode ceder aos pedidos das outras pessoas ou se posicionar contrariamente.

Somos todos diferentes

Lembre-se disso sempre ao ser colocado frente a uma opinião diferente da sua: somos todos diferentes, tivemos criações diferentes e experiências distintas que nos colocam em determinadas posições que não somos obrigados a contrapor o tempo todo, muitas vezes precisamos abrir mão e deixar que as pessoas aprendam com suas novas experiências de vida.

Você não está certo sempre

Mesmo que você tenha autoconfiança e autoestima elevada para acreditar que está certo em tudo, é importante você lembrar que a sua vida também passa por transformações diariamente e que só as experiências provarão a realidade das coisas.

Feedbacks

Peça e dê feedbacks constantes para as pessoas com as quais você convive, seja no trabalho ou na vida pessoal. O feedback, oferecido com educação e pautado em uma avaliação coerente, vai ajudar a alinhar expectativas e estreitar relações de confiança.

Seja educado

Quando entramos em um conflito, por mais que pareça que estejamos certos, o mais importante é manter a educação e o respeito em sua fala e expressão corporal. Quando agredimos, seja com palavras ou com ações, perdemos a razão do nosso posicionamento

Evite o sarcasmo

Por mais divertido que possa parecer, ser irônico ou sarcástico não nos posiciona como pessoas assertivas e nem comunica fielmente as nossas proposições. Além disso, essa é uma atitude que pode ferir os sentimentos das outras pessoas.

Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas se empoderem da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no site você pode consultar um psicólogo por vídeo-chamada de onde estiver. São mais de 80 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub