Mais do que se olhar no espelho todos os dias e se reconhecer fisicamente, nós todos buscamos uma compreensão maior e mais profunda que não é refletida no espelho, e é sobre nós mesmos, conhecida também por autoconhecimento. O caminho pelo autoconhecimento começa no momento do nosso nascimento e dizem que nunca termina.

Todo dia temos uma nova oportunidade de nos conhecer e essa busca recebe interferências durante todo o processo da vida, afinal, nenhum dia é igual ao outro e estamos em constante transição.

Por essa razão, pode ser que você precise de uma ajudinha no meio da estrada e será que um psicólogo ou psiquiatra pode contribuir com a missão de você conhecer a si mesmo?

Esse artigo é para você que procura se conhecer melhor e que busca informação e inspiração para praticar o autoconhecimento tanto na vida pessoal, quanto na profissional.

O que é autoconhecimento?

Você sabe quem você realmente é? Sabe o que lhe agrada ou que lhe faz sentir raiva ou inveja? Consegue controlar as suas emoções diante de situações diversas e adversas?

Percebe o que de fato ao seu redor lhe faz bem e o que lhe faz mal?

Você e a maioria das pessoas já devem ter se perguntado a respeito dessas questões e isso só foi possível, pela sua capacidade minuciosa de fazer uma autoanálise, de voltar seus olhos para dentro de si.

Esse é o efeito do autoconhecimento, ou seja, é a busca pelo conhecimento da sua essência e das suas motivações, é entender quais são seus pontos fortes e fracos, é olhar para o passado e entender os aprendizados que tivemos, é ter domínio pleno das suas emoções.

Todo o dia é uma nova oportunidade de conhecer ainda melhor a você mesmo.

Autoconhecimento pessoal

O autoconhecimento pessoal envolve questões como as suas metas, seus propósitos, seus desejos e os seus objetivos. É um olhar para aquilo que você é o que você gostaria de ser.

É a capacidade de avaliar as suas atitudes dentro dos seus objetivos de vida e entender se você está no caminho ou o que ainda falta para percorrer.

É refletir sobre si mesmo e escolher a melhor opção priorizando apenas você.

Olhando para si, nesse âmbito, você renova as suas qualidades, enfrenta as adversidades com mais coragem e com capacidade de tentar aprender com os erros, e consegue reconhecer as emoções que você não tem controle e que precisam ser trabalhadas em si, como inveja, raiva e o ciúmes.

Esse processo pessoal de autoconhecimento irá permitir que você cresça como indivíduo, conquiste mais autonomia, alcance seus objetivos e melhore o seu bem-estar.

Quando você começa a se conectar com esse reflexo de si próprio, outras pessoas também irão sentir a sua evolução.

Autoconhecimento profissional

O autoconhecimento profissional envolve entender que mais importante que mostrar que você é um bom profissional aos outros ou ao seu chefe, você precisa conquistar esse status dentro de você.

É entender que o seu sucesso e o seu desempenho estão intimamente ligados a sua capacidade de se desenvolver e evoluir.

Analisar-se constantemente sobre a importância do trabalho que você desempenha, a sua performance, o quanto está fazendo diferença nos seus objetivos e da empresa, e perceber quais são os seus pontos de melhoria, seja ele emocional ou de capacitação, fazem parte da busca por autoconhecimento.

Em outras palavras, se você ainda não se deu essa oportunidade de se autoavaliar, experimente agora.

Você está atuando na área que você gostaria e ocupando um cargo que você objetivou?

Está conseguindo aprender e ampliar a sua capacidade e o seu desempenho com as tarefas que você executa e com os profissionais que você convive?

Quais são os seus próximos planos e metas profissionais?

Quando se busca o autoconhecimento profissional, encontra-se soluções para crescer e é nessas horas que novas oportunidades começam a surgir, ou caso não surjam espontaneamente, tenha certeza de que você se sentirá mais motivado para buscá-las.

Quando buscar ajuda de um especialistas?

Se você acredita que o psicólogo vai fazer o seu dever de casa em olhar para si e te dar respostas prontas, você está enganado. Nem faria sentido esse movimento acontecer, para o seu próprio benefício pessoal.

O psicólogo é a pessoa que lhe ajudará a compreender o que está dentro de você. Ele irá trabalhar as suas questões para que vocês juntos consigam encontrar de forma mais rápida e assertiva, as pistas de quais caminhos seguir.

Fazer terapia e conseguir colocar as suas emoções e os seus pensamentos em palavras é um exercício poderoso, que o tornará mais apto a controlar os impulsos, identificar sentimentos, estar atento ao seu nível de autoestima, entre outras habilidades que são desenvolvidas ao longo do processo.

Ter esse espaço pessoal onde é possível falar abertamente é um grande benefício, mas a presença de um profissional que compreende e é especialista em comportamento humano, faz toda a diferença nesse percurso.

O que acontece na sessão de terapia?

O psicólogo atuará como um observador neutro, ou seja, diferente de conversar com um familiar ou um amigo, o psicólogo será um ouvinte atento ao seu ponto de vista dos acontecimentos, e não lhe cabe o papel de julgar suas atitudes e pensamentos, ou mesmo apontar seus erros.

Você é o foco principal da sessão de terapia e tudo que for relatado nesse momento, será observado pelo terapeuta.

Mas não se assuste, é importante que o psicólogo esteja atento ao que você diz.

É a partir dessa escuta ativa que surgirão perguntas e comentários que poderão lhe ajudar a entender melhor as suas próprias motivações e assim identificar o porquê de suas escolhas.

Outro ponto relevante no trabalho do terapeuta na sua busca por autoconhecimento, é que ele será capaz de identificar padrões e situações repetitivas que acontecem com você.

E por que isso é importante?

Muitas coisas que acontecem conosco são resultados de comportamentos que vamos reproduzindo ao longo da nossa vida sem racionalizar a razão delas.

Esses padrões reproduzimos porque aprendemos com os nossos pais, outros na escola, ou com amigos, enfim, boa parte é resultado de como aconteceu a sua infância.

Às vezes esses padrões ficam enraizados e causam sofrimento.

O autoconhecimento é, em parte, a compreensão dessas repetições.

No momento que as compreendemos é possível quebrar o ciclo.

Porém, nem sempre conseguimos fazer isso sozinhos.

Um psicólogo pode ajudar você a nomear os comportamentos repetitivos e mapear a origem de cada um.

Com esse trabalho, será possível começar novamente e treinar a sua mente com uma nova programação mais saudável e feliz.

Coaching

Você já deve ter ouvido falar em coaching ou provavelmente conhece alguém que já fez.

O processo de coaching, em linhas gerais, é justamente um tipo de terapia que revisa as suas questões de autoconhecimento e de autoavaliação.

É um trabalho que o ajudará a identificar os seus principais objetivos e metas, na vida pessoal e profissional, além de ampliar a sua capacidade de saber identificar suas vitórias, contribuindo assim, com a sua autoestima.

No Zenklub você encontra especialistas que possuem a formação em coaching e as características desse tipo de trabalho.

Técnicas de autoconhecimento

William Shakespeare já dizia, “De todos os conhecimentos possíveis, o mais sábio e útil é o conhecer a si mesmo”, então vamos a algumas técnicas práticas para você já começar a trabalhar o seu autoconhecimento.

  • Questione-se: é comum buscarmos outras pessoas para pedir conselho e desabafar, mas você já tentou se concentrar nas perguntas certas, para essas situações, que você poderia fazer e responder a si próprio? Você vai perceber que é capaz de se autoavaliar;
  • Multiplique suas tarefas e conhecimentos: melhor forma de você descobrir aquilo que realmente gosta é experimentando, por isso, você não deve ficar preso a uma tarefa mais fácil de executar. Permita-se conhecer mais;
  • Permita-se: Falando em permitir, que tal pensar que aquilo que você deseja profundamente não tem qualquer limite que te proíba de fazer. Dessa forma você poderá se conectar mais facilmente com seu verdadeiro propósito e objetivo;
  • Sinta o seu espaço: já parou para pensar como o ambiente que convivemos, seja em casa ou no trabalho, interfere no nosso humor e na nossa motivação. Então, observe se hoje você se encontra em espaços positivos ou negativos para evoluir;
  • Anote seus pontos fortes e fracos: ter a consciência daquilo que se é bom e daqueles pontos que exigem melhoria são o principal ponto de partida para o autoconhecimento.

Não há exatamente um teste de autoconhecimento que faça um diagnóstico preciso do que você ainda precisa melhorar dentro do todo.

É realmente um processo de autoconhecimento que lhe dará as ferramentas ideais que você não está em contato ainda.  

Por que eu devo praticar o autoconhecimento?

Como você deve ter percebido até agora, só há vantagens em quem se desafia a encontrar o seu autoconhecimento, seja ele pessoal ou profissional – melhor ainda se for os dois!

Sem dúvidas ter essa ferramenta nas mãos o ajudará a atingir excelentes resultados.

Então que tal você se desafiar hoje mesmo a se conhecer melhor e se tornar a pessoa que você gostaria de conhecer?

Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas se empoderem da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no site você pode consultar um psicólogo por vídeo-chamada de onde estiver. São mais de 80 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub