Quem nunca ficou tão sobrecarregado que se pegou pensando “acho que preciso de um retiro de silêncio“? Afinal, parece que todo dia é gente falando, carro buzinando, celular apitando, música tocando; tem compromisso de dia, à tarde, à noite, de fim de semana… Que isso, vida? Não vai se desculpar pelo auê, não?

A verdade verdadeiríssima é que o mundo está muito acelerado e agitado. Então, cada vez mais gente tem procurado boas maneiras de lidar com esse agito todo: a partir formas e técnicas que ajudem a cuidar e preservar da saúde emocional.

E não é que o retiro de silêncio é cheio de benefícios pra quem quer encontrar momentos de bem-estar? Mas não é só isso não: essa também é uma prática que ajuda – e muito – a desenvolver o seu autoconhecimento.

Qual é o objetivo de um retiro de silêncio?

Você já deve estar todo todo falando “mas, zen… essa é fácil: o objetivo é ficar em silêncio kkk”. Calma, que não é bem assim. Primeiro, é preciso entender que existem diferentes tipos  de retiro e alguns até permitem que você fale em alguns momentos. E, em segundo lugar, é super importante saber que o silêncio está vinculado especialmente à sua mente.

Então, para resumir, o principal objetivo dessa prática é o de silenciar os pensamentos – a partir do silenciamento de estímulos e da abertura ao autoconhecimento. Muitas vezes, isso significa conseguir ficar quietinho. Mas não deixa de querer dizer, também, se distanciar das tecnologias; evitar atividades muito agitadas; engajar-se em momentos terapêuticos; meditar; fazer exercícios de respiração; praticar yoga; e deixar as preocupações do mundo para outro dia.

E se, para você, essa parece uma missão muito difícil de ser cumprida, continua lendo nosso texto. A gente vai te explicar a importância de, pelo menos, tentar e dos benefícios que você pode encontrar. Ficando com qualquer dúvida, só fazer sua pergunta na seção de comentários. 

Por que escolher o silêncio?

Pera aí, vamos mudar essa pergunta para “por que não escolher o silêncio?”, que tal? A gente já normalizou tanto a velocidade 5 desses tempos frenéticos em que vivemos, que nem notamos a falta de minutinhos pra ficar só de boinhas: trabalhando na nossa saúde emocional. A era digital é assim: ela nos traz muita coisa boa, mas se a gente não tomar cuidado, quando vê é créu: ela pega a gente de jeito.

Uma matéria da Revista Época, inclusive, sobre adeptos do retiro de silêncio, fala sobre o conceito de “era do ruído”, criado por Erling Kagge, a primeira pessoa a completar a travessia ao Pólo Sul sozinho. Com essa experiência única, Erling encontrou-se dentro do silêncio, mesmo já vivendo numa época com tantos ruídos por todo lado, dentro e fora de nós. Olha só o que ele disse à revista:

Silêncio é entrar de cabeça no que se está fazendo, experimentar em vez de pensar demais; e ruídos não têm a ver apenas com sons. São relacionados a distrações, expectativas e existência por meio da vida de outros ou da mídia, via telefones celulares e telas de computadores.

E como começar?

Se você é uma pessoa ligadona, hiper-conectada, o retiro de silêncio pode ter ótimos benefícios para que você encontre uma vida com menos estresse e mais bem-estar. Mas vai com calma, tá? Atingir o nível de silenciamento dos pensamentos leva tempo e requer autodisciplina.

Dessa maneira, você pode começar inserindo drops de quietude no seu dia a dia. Por exemplo, na hora de cozinhar uma comida boa e saudável, fica sem música, série ou muitos papos nesse momento; já na hora de comer, em pelo menos uma refeição por dia, você pode zerar os estímulos, comendo à mesa, em vez de na frente da TV; no banho, sem cantoria e brisas muito intensas, foque só em se cuidar; e antes de se deitar, esquece o Netflix, não entra no Insta ou verifica os emails. Só relaxa! Ah, não deixa de compartilhar essas dicas com os amigos que tão precisando relaxar, hein? Só copiar e enviar esse link aqui: https://bit.ly/2OgpIAk 

Você também pode começar a praticar yoga, meditação (a gente até tem 5 dicas pra quem ainda não curte muito essa ideia) ou mindfulness – lembrando que no nosso app (Android e iOS) você encontra exercícios de foco, relaxamento e atenção. Além disso, tem sempre a opção de ir atrás de atividades ligadas à arte que também te deixam num estado mais silencioso, como o origami.

Quando se sentir preparado, faz um retiro de silêncio caseiro

E não é que nosso app é super completo mesmo pra você cuidar da sua saúde emocional? Lá, na aba MENTE, seção #PLENITUDE, você encontra o “retiro de silêncio”, pra você que já está querendo colocar a mão na massa… mas no seu tempo.

A proposta é você separar 8 horas, na sua casa mesmo, pra ter a um dia de zerar estímulos, não conversar com ninguém e curtir o bem-estar. Lá nós te damos todas as dicas de como fazer isso acontecer – e, depois, vem contar pra gente como foi 😉

Com essa experiência curta, você já começa a se abrir para o autoconhecimento, entender a importância da autodisciplina e também conhecer a complexidade de silenciar os pensamentos. Você pode fazer em mais de um dia, até estender o tempo de cada vez, para ir entrando em contato com os próprios limites de maneira saudável. Mesmo assim, você vai descobrir que ficar sem falar e sem ouvir música é a parte fácil: difícil mesmo é silenciar os pensamentos. E, para chegar nesse estágio, procurar um lugar especializado vai te ajudar.

Se entrega e vai para um retiro de dias!

Com cronogramas específicos e pessoas que te guiam ao longo de uma semana ou mais, espaços para retiros são perfeitos para quem estiver buscando ir fundo nesse desafio. Estar num ambiente dedicado a essa prática, com profissionais que te ajudam a ter disciplina, faz toda a diferença para, dia após dia, chegar mais perto do silenciamento dos pensamentos.

Não é incomum que essas propostas estejam vinculadas à espiritualidade, especialmente às de raízes hindus, como você pode conferir numa matéria do UOL sobre o tema. Falar desse lado espiritual, porém, não necessariamente significa algo religioso; costuma mais estar relacionado a uma conexão profunda com a mente e com as emoções.

Afinal de contas, esse é o resultado esperado de um bom retiro de silêncio: uma nova conexão consigo mesmo para se conhecer melhor, enquanto se aprende como ter mais bem-estar no dia a dia.

zenPremium

Crédito da foto: cool flat lay

Tá, você leu todo nosso texto, curtiu a ideia, mas ainda não se vê preparado pra começar a embarcar nessa? Tá tudo beleza! Lembra que dá pra ir aos poucos? Então, vem devagarzinho com a gente! No nosso app, além de encontrar um especialista pra te acompanhar na sua jornada de autoconhecimento, você tem acesso a vídeos, áudios e exercícios para você evoluir um pouquinho a cada dia.

E a melhor forma de você ter acesso a toda nossa plataforma é assinando o #zenPremium. Quem fizer nossa assinatura, por apenas R$14,90 ao mês, vai ter a 1ª sessão de terapia de graça, desconto de 10% em todas as sessões marcadas mensalmente, acesso a um mapa zen, que marca toda a sua jornada emocional, além de conteúdos especiais com foco em saúde emocional.

Cola na gente, seja pra fazer o retiro de silêncio caseiro ou pra se fortalecer e passar 10 dias só na meditação. E não deixa de escrever seu comentário compartilhando o que você acha da ideia de se conhecer mais a partir de uma prática que procura zerar os estímulos.

Este artigo foi útil?

5

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub