Menopausa não é para iniciantes! É um período em que o corpo feminino passa por diversas transformações, especialmente durante o climatério, fase importante de transição.

Conversamos com a psicóloga Claudia Ades, uma de nossas especialistas, para entender melhor os efeitos da menopausa e como a psicoterapia pode ajudar no processo:

Por que essa etapa na vida desperta tanta ansiedade?

Claudia Ades: O declínio da função ovariana marca o início do climatério, período que antecede a menopausa e que representa a transição do período reprodutivo ao não reprodutivo. Esse processo significa o fechamento de um ciclo e pode despertar, nas mulheres, a sensação de “urgência” em realizar coisas que – por motivos internos ou externos a si mesma – não puderam ser anteriormente vividas.

A maneira como cada mulher encara a menopausa varia muito. Para algumas, é motivo de conflito e tristeza, não só pelas alterações hormonais causadas, mas por ter sido essa fase considerada, durante muito tempo, não apenas como o fim da fecundidade, mas, também, da feminilidade em si, além de trazer consigo a lembrança do envelhecimento e da morte.

É comum que junto dessa ansiedade venha um sentimento de arrependimento durante o climatério?

CA: Sim! Nessa fase, pode aparecer certo “arrependimento” em relação à forma como se viveu, ou a algum fato ou atitude específicos, ou mesmo pensar que se poderia ter “aproveitado melhor” a juventude, ou agido de “melhor maneira” em alguma situação.

Por quais mudanças psicológicas a mulher passa no climatério?

CA: A mulher mantém, durante toda a vida reprodutiva, fluxo contínuo de estrogênio e progesterona; a perda dos efeitos moduladores desses hormônios durante a menopausa pode levar ao aparecimento de sintomas depressivos, ansiedade generalizada, alterações de humor, irritabilidade, hostilidade, além das alterações vasomotoras (ondas de calor e suores noturnos), metabólicas (diminuição de energia e dos níveis de metabolismo), cognitivas (aumento de confusão e esquecimento) e somáticas (dores, especialmente de cabeça, tonturas).

Quais fatores psicossociais adiantam ou agravam o processo de menopausa?

CA: Pode-se dizer que a tensão emocional aumenta devido a vários eventos que costumam acontecer na vida da mulher: filhos saindo de casa, problemas conjugais, doenças ou morte dos pais, aposentadoria própria ou do cônjuge (ou de ambos), além da possibilidade do aparecimento de doenças concomitantes. Assim, um maior número de fatores estressantes pode derrubar os recursos psicológicos das mulheres durante a menopausa, levando ao aparecimento dos sintomas acima.

Como a psicologia pode ajudar as mulheres que estão com dificuldades no climatério?

CA: A psicoterapia pode ser muito benéfica nessa fase da vida, uma vez que dá oportunidade à mulher de falar sobre os impactos que lhe causam os acontecimentos dessa fase de vida e a elaborá-los, além de ajudá-la a focar na direção do que quer para si e a descobrir o melhor caminho para obtê-lo.

Se você está no climatério e quer procurar ajuda, conheça psicólogas prontas para te atender online.

Este artigo foi útil?

3.5

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub