Saúde financeira é dormir melhor à noite, trabalhar mais concentrado e viver um pouco mais tranquilo. E quem pensa que isso é sinônimo de ter uma conta recheada, enganou-se.

Além disso, é saber lidar com o dinheiro, independentemente de quanto se tem. 

Por incrível que pareça, existem pessoas que ganham muito e mesmo assim estão completamente endividados.

O contrário também acontece: pessoas que ganham pouco, mas têm uma vida financeira plenamente tranquila. 

Por isso, pensando em te ajudar a entender um pouco mais sobre isso, preparamos este mini guia com as principais perguntas e respostas quanto à saúde financeira, como alcançá-la e conservá-la. 

Confira!

O que é saúde financeira

Saúde financeira é conseguir pagar as contas em dia e ainda sobrar algum dinheiro para emergências e projetos. 

Ou seja, trata-se de organizar o orçamento e gastar apenas aquilo que fica dentro das suas possibilidades. 

Esse tipo de conduta abre espaço para uma série de benefícios. Como por exemplo, tranquilidade das contas pagas, oportunidades de investimento, uma reserva para urgências e sua saúde mental em dia. 

Isso não tem tanta relação com a quantidade de dinheiro que você tem, mas sim, com a forma como você lida com o ele. 

O que significa saúde financeira

Seu significado é ter uma boa relação com o dinheiro. Ou seja, não gastar mais do que ganha, conseguir planejar os próximos gastos e até guardar ou investir. 

Por isso, está diretamente relacionado com qualidade de vida e viver melhor. 

Como ter saúde financeira

Para ter saúde financeira você precisa cuidar bem do seu dinheiro. Veja alguns passos para alcançar uma vida financeira saudável.

1 – Saiba quais são suas despesas e programe-se

Primeiramente, o ponto de partida é saber quais são as suas contas fixas e variáveis e programar-se para pagá-las em dia, mês a mês.

Esse controle de custos não só te ajuda a planejar o quanto será necessário para quitar os boletos, mas também a não deixar dívidas se acumularem. 

Além disso, contribui para que você use seu dinheiro com mais cuidado.

2 – Faça uma poupança


Uma estratégia legal para ter mais saúde financeira é economizar dinheiro e guardar um pouco todo mês. 

Ou seja, essa poupança de emergência vai ser útil se acontecer um imprevisto ou até mesmo se uma boa oportunidade de investimento aparecer. 

3 – Gaste só o que você pode

Ou seja, saber quanto você precisa para pagar as contas e retirar um pouco dos ganhos para a poupança te ajuda, também, a entender quanto você pode gastar com outras coisas. 

Além disso, você não vai comprar por impulso e não vai adquirir produtos ou serviços que fogem das suas possibilidades. 

4 – Compre com consciência

Ser um consumidor consciente é um segredinho interessante para alcançar a saúde financeira.

Por isso, avalie a necessidade daquilo que você está pensando em comprar, pesquise preço e planeje o pagamento. 

Algumas perguntas que você pode fazer a si mesmo antes de comprar:

  • Eu realmente preciso disso?
  • Onde vou guardar?
  • Se eu não comprar, daqui uma semana vou me lembrar desse item?
  • Daqui quatro meses, quando ainda vou estar pagando por isso, continuarei alegre com a compra?

Como cuidar da saúde financeira

Para isso, basta você manter os princípios que ensinamos no tópico anterior. Mas, de um modo geral, é necessário:

  • Controlar as despesas.
  • Planejar os próximos gastos.
  • Reservar um pouco dos ganhos para a poupança.
  • Evitar desperdícios.
  • Não gastar mais do que o orçamento permite.
  • Não fazer compras por impulso.
  • Fazer terapia pra manter a saúde mental em dia.

Qual a importância da saúde financeira

A saúde financeira é importante para viver com mais qualidade, isso porque:  

Você fica com o nome limpo 

Ter o nome limpo na praça é fundamental para conseguir crédito. Além disso, o crédito é interessante para compras grandes – como o financiamento de um imóvel – e pequenas, como um simples cartão de crédito. 

Você pode aproveitar oportunidades ou lidar com imprevistos

Com saúde financeira, você tem um respiro para aproveitar oportunidades de negócio. Além disso, está sempre preparado para lidar com problemas imprevisíveis que podem aparecer. 

Você se preocupa menos e vive melhor

A saúde financeira afeta a saúde física e mental, sabia? 

A preocupação com contas que estão para vencer e outros problemas relacionados a dinheiro estressam tanto que podem até levar à depressão e a doenças cardíacas.

Por isso, ter um bom controle do dinheiro ajuda a saúde financeira (você fica mais preparado para as despesas corriqueiras e até para emergências) que, por sua vez, contribui com a saúde do corpo e da mente.

Cursos de saúde financeira

Existem cursos de saúde financeira gratuitos. Você pode procurar por eles nas instituições a seguir:

  • Sebrae
  • FGV
  • Tesouro Direto
  • Senai
  • Serasa
  • Associação Brasileira de Planejadores Financeiros. 

Esse artigo foi produzido pelo Dindim por dindim. O Dindim por dindim é o portal de educação financeira e empreendedorismo da SumUp. Tudo explicado de um jeito leve, sem termos difíceis ou palavras complicadas. Conheça!

Este artigo foi útil?

5

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub