Solidão: o que é e como lidar melhor com ela

14 outubro, 2020 |

3.29

Você já votou neste post

Onde ouvir também:

Esse post sobre solidão foi inspirado pelo Zencast gravado com a psicanalista Maria Homem. Para saber mais, leia o texto completo.

Compreender a solidão, esse sentimento que parece acometer tantas pessoas, é um exercício extremamente necessário. Muitas vezes confundimos estar sozinho ou a solitude, com solidão.

Por isso, precisamos entender o que essa palavra significa – e, mais do que isso, o que é esse sentimento, como ele manifesta e como é possível lidar com ele.

O que é a solidão?

A solidão não é um sentimento que parece de uma hora para outra, e nem vai embora com facilidade. Isso porque é uma sensação profunda, construída ao longo do tempo, de isolamento; de falta de conexão; de um vazio entre si e as outras pessoas.

Viver com solidão, portanto, é viver com o sentimento de que se está completamente sozinho no mundo; de que, mesmo que você tenha amigos e familiares, por exemplo, nunca vai ter uma vida completa.

Logo, solidão não significa estar sozinho

Mesmo tendo vida social e família presente, é possível viver com a solidão – já que esse sentimento não é construído pela presença ou ausência de pessoas. Em vez disso, é a maneira como nos relacionamos com os outros, e quem nós mesmos que define esse sentimento de vazio.

Estar sozinho é apenas um estado. Ele pode durar poucos minutos ou até por um tempo maior. Enquanto isso, a solidão é algo que acontece dentro de cada um, causado por outros fatores.

Mas, afinal, o que causa a solidão?

É possível notar que alguns eventos, especialmente na formação de uma pessoa (infância e adolescência), podem fazer com que ele viva de maneira mais intensa e/ou frequente a solidão.

Situações de abandono, bullying, preconceito, exclusão, abuso, entre outros, podem colocar a pessoa nesse lugar, onde a pessoa acha que não é bem recebido pelo mundo e, portanto, não consegue se conectar de fato com as pessoas ao seu redor.

Muito se fala também sobre vivermos uma época que nos deixa mais vazios: excesso de informação e conexões rasas nos isolam em bolhas no mundo digital.

Mesmo assim, há quem diga, como por exemplo os pensadores do existencialismo, que a solidão é algo inerente do humano. Ou seja, diferentes fatores podem aumentar esse sentimento mas, senti-lo é algo que todos nós passamos durante nossa vida.

Qual a diferença entre solidão e solitude?

A solitude é se estar sozinho. Até porque, a solitude carrega em si uma ação consciente, uma escolha de se estar sozinho. Ou seja, fazemos isso por muitos motivos e tirar um tempo para se estar só é até saudável.

No entanto, a solidão é um sentimento que pode levar à tristeza, e muito presente em transtornos como a depressão, a solitude é uma possibilidade de conexão – só que consigo mesmo.

Praticar a solitude não é se isolar, ou seja, se afastar do mundo e afastar o mundo de si. Não. Já que isso traria terreno fértil para o desamparo. Em vez disso, a solitude é se propor a vivências em que a sua própria companhia é o seu maior foco. 

Como lidar melhor com a solidão?

Se você sofre com o sentimento de solidão, leia as dicas que trazemos abaixo que devem te ajudar a lidar de outra forma com essa sensação.

1. Respeite o seu ritmo

A solidão tende a ser persistente. Por isso, procure não alimentar pensamentos como “eu sou o problema”, “há algo de errado comigo”, “não vou melhorar”. Superar traumas passados pode ser difícil e, mesmo com dificuldade de deixar a solidão de lado, não se isole completamente durante esse processo.

2. Valorize suas conquistas

Além de persistente, a solidão pode ser recorrente e, em momentos difíceis, pode voltar com mais força. Nessa horas, é importante receber o sentimento e vivê-lo da maneira como a sua vida está agora. Não se deixe cair em uma percepção sobre si que não é mais condizente com seu momento atual. 

3. Pratique o autoconhecimento

Quem se conhece aprende a curtir a própria companhia. Dessa maneira, em vez de lidar de maneira negativa com o estar sozinho, podendo agravar a solidão, é possível conectar-se consigo mesmo em um momento de solitude. Além disso, conhecer-se abre oportunidades de criar conexões mais enriquecedores com o mundo.

4. Faça terapia

Conseguir identificar como a solidão é vivida por você fica mais fácil com o apoio de um profissional. Se você estiver querendo iniciar o seu acompanhamento, conheça agora nossa base de psicólogos, psicanalistas e terapeutas.

5. Ouça uma especialista

No Zencast, nosso podcast sobre saúde mental, conversamos com a psicanalista Maria Homem, no episódio “Solidão, solitude e autonomia”. Dê play e ouça o papo completo agora!

Convidado

Maria Homem

Psicanalista e pesquisadora, Maria Homem tem se destacado como uma das principais vozes no Brasil para falar sobre questões tão profundas do nosso ser. Também cria conteúdo no Youtube e é autora de livros.

Mostrar comentários

  • Luiz Carlos Luzin

    março 4, 2021 | 10:14 pm

    Vivo esse sentimento de estar sozinho no mundo desde que me conheço por gente. Só que quando se é jovem vai arrastando tudo com a barriga. Até chegar a um ponto no meio da vida que não se aguenta mais.

    • Zenklub

      março 9, 2021 | 12:40 am

      Luiz, é natural se sentir assim, nunca se esqueça que você não está sozinho e que procurar apoio emocional é muito importante!

Deixe seu comentário

13524