A motivação no trabalho deve ser um tema em pauta dentro de qualquer empresa. Conseguir desenvolver equipes de fato engajadas, resilientes e alinhadas com os objetivos da empresa é a chave para o sucesso. Ou seja, é muito importante criar laços, de maneira saudável e genuína, entre o funcionário e a empresa.

Mas, motivar seus colaboradores pode não ser a tarefa mais simples e intuitiva, especialmente dentro de cronogramas apertados e altas expectativas. Por isso, olhar para o tema com cuidado e ter um plano bem desenhado são alguns dos primeiros passos a serem tomados pelos profissionais que lidam com os colaboradores como, por exemplo:

  • Representante de RH da empresa;
  • Líderes;
  • Gestores. 

Neste artigo você está prestes a descobrir a verdadeira importância de desenvolver a motivação no trabalho, além de outros pontos cruciais como:

  • As barreiras que impedem a motivação no trabalho;
  • Como identificar que uma equipe está motivada.

Tenha uma excelente leitura!

Qual a importância da motivação no trabalho?

De fato, as equipes motivadas são a chave para o sucesso. Mas por quê? Primeiramente, a motivação é a força que movimenta a todos. Entenda motivação também como determinação, vontade e empenho.

Por isso, um profissional que está motivado é aquele que encontra sua força para: 

  • Comparecer;
  • Realizar;
  • Entregar;
  • Exceder expectativas e se relacionar;
  • Manter-se no emprego, com muita força de vontade. 

A motivação também faz com que a autoestima do colaborador cresça, fortalecendo sua resiliência e flexibilidade para enxergar mudanças como desafios.

Identifique um profissional motivado no trabalho

Além de saber a como a motivação interfere na qualidade de vida no trabalho, é essencial que se saiba identificá-la.

Alguns indicativos dessa característica tão importante para a saúde mental no meio laboral acontecem quando o colaborador:

  • Participa das atividades que lhe são propostas;
  • Está em dia com o bem-estar e saúde;
  • Possui alto desempenho e baixa ausência;
  • Colabora para boa reputação da empresa;
  • Tem um bom relacionamento com seus colegas;
  • Encontra um sentimento de realização;
  • Otimiza o uso do tempo.

Formas de ativar a motivação no trabalho dos colaboradores

Mais do que números de lucros, despesas e conquistas, as empresas são compostas por pessoas. Ou seja, são pessoas com seus próprios sonhos e propósitos, dificuldades e aprendizados.

Por isso, times bem motivados tem pessoas mais felizes, e isso torna as empresas mais prósperas. Basicamente, todos saem ganhando. Além disso, vemos aí uma oportunidade que a empresa tem de fazer a diferença na vida de seus colaboradores.

Além disso, a prática do endomarketing por líderes e gestores pode ativar a motivação dos colaboradores. Uma das formas em que isso pode ser feito é por meio de frases de motivação.

Cá entre nós, às vezes uma mensagem de impacto é a melhor forma de motivação para uma pessoa no ambiente de trabalho.

Alguns exemplos de frases são:

Nunca é tarde demais para ser aquilo que sempre desejou ser. George Eliot

O único lugar onde sucesso vem antes do trabalho é no dicionário. Albert Einsten

O sucesso é a soma de pequenos esforços repetidos dia após dia. Robert Collier

Mas você pode lançar mão de tantas outras frases que estão à sua disposição.

Pode ser que você conheça alguma mensagem ou frase de motivação no trabalho. Se for o caso e você se sentir à vontade, pode compartilhar nos comentários!

Como identificar profissionais desmotivados?

A desmotivação profissional é algo mais comum do que se pode imaginar.

Isso fica evidenciado em uma série de estudos científicos.

Por exemplo, uma pesquisa, feita com mais de 500 profissionais pela consultoria 4hunter, revelou que mais da metade dos entrevistados, 55%, estava insatisfeita com o emprego.

Assim, é vital para a saúde psíquica dentro de uma corporação, identificar os funcionários desmotivados e ajudá-los de maneira individualizada.

Mas como realizar tal identificação? 

Aqui estão 5 indicativos…

1) De olho na produtividade

Fique atento, quedas repentinas, ou mesmo consistentes, na produtividade são um grande sinal de falta de motivação. Mas, razões externas, como problemas pessoais, podem gerar episódios de produção mais lenta – o que é perfeitamente compreensível.

Mesmo assim, um profissional que não tenha entregado tanto quanto antes, e que tenha falta de interesse, precisa de uma atenção especial.

2) Problemas de relacionamento

A desmotivação no trabalho muitas vezes se manifesta em atritos com os colegas. Ou seja, as trocas, muitas vezes diárias, com outros profissionais podem se tornar estressantes quando não se vê muito motivo nesse dia a dia.

Fique atento, por exemplo, se algum profissional da empresa tem sido o foco de mais de um atrito. 

A estrutura organizacional precisa ser feita sempre com cuidado a fim de evitar conflitos por conta de diferenças hierárquicas.

3) Estresse e ansiedade

A falta de propósito claro com o emprego tende a aumentar os níveis de estresse e ansiedade. Por isso, pessoas que mostram sinais de que estão estressadas ou ansiosas demais (como irritabilidade, dores de cabeça e doenças frequentes) podem estar desmotivadas.

Além de afetar negativamente a equipe, casos como esse afetam a saúde do colaborador!

4) Problemas com horário

Atrasos, pausas frequentes, preocupação constante em ver que horas são, reclamações de que a hora não passa… Juntando todos esses fatores e vendo-os sendo repetidos várias vezes, conseguimos identificar um sinal forte de desmotivação no trabalho. É simples: pela falta de vontade, a pessoa não quer se dedicar àquelas funções por muito tempo.

5) Absenteísmo

O absenteísmo é um termo para falar sobre a ausência no trabalho. Ou seja, muitas faltas e longos períodos de ausência mostram uma situação de absenteísmo. Além disso, é uma demonstração clara de falta de vontade de participar da rotina de trabalho.

O que causa a falta de motivação no ambiente de trabalho?

Além de saber quais dos seus colaboradores estão desmotivados, procure reconhecer também o que pode estar tirando sua motivação. Para te ajudar, fizemos a tabela abaixo com alguns dos motivos mais comuns que podem levar à falta de motivação no ambiente de trabalho.

Falta de reconhecimentoEmpatia é fundamental para líderes e gestores, sendo uma qualidade crucial para motivar qualquer equipe. Ou seja, a falta de empatia e demonstração de reconhecimento afetam coisas como: entregas bem feitas, realizar metas importantes e uma possível autocobrança excessiva.
Compensação abaixo do esperadoTrabalho demais e salário abaixo do esperado é, obviamente, algo capaz de desmotivar até mesmo a pessoa mais dedicada. Por isso, essa é uma das principais causas de insatisfação dos funcionários. Dar a devida atenção para isso, bem como trazer outros benefícios corporativos, e um ambiente de trabalho amigável, podem fazer o trabalho ser mais compensador.
Falta de perspectivaMesmo sabendo que não pode promover um funcionário a curto prazo, um gestor precisa ter em vista o que faz o colaborador ir trabalhar e o que o motiva. Afinal, como haver motivação no trabalho se as equipes não sabem para onde caminhar?
Ausência de benefíciosPara se sentir motivado, todo colaborador gosta de ser amparado pela empresa. Ou seja, quando a empresa deixa de falar com seus colaboradores, e não dá o que eles procuram, ela perde a grande oportunidade de investir no bem-estar das pessoas.
Desigualdade entre colaboradores
Desde formas de tratamento a diferença nos salários (o que, infelizmente, muitas vezes ainda é provocado por fatores como gênero e raça), a desigualdade entre colaboradores gera uma grande falta de motivação no ambiente de trabalho. Ou seja, tanto para quem está sendo prejudicado, quanto para a equipe como um todo, que passa a conviver com atritos. 

Sobre a questão de disparidade salarial entre gêneros, Luciana Taguti, psicóloga e especialista do Zenklub, comenta:

“Por não ter seu trabalho reconhecido, as mulheres permanecem na base da pirâmide salarial. A diferença de remuneração, o não reconhecimento do seu trabalho – até por ser comum terem uma dupla ou tripla jornada de profissional, mãe e esposa –, e o estigma de sexo frágil são problemas sérios e psicologicamente debilitantes, que geram desconforto, revolta, desmotivação e complexo de inferioridade.”

5 formas de promover a motivação no trabalho

Conseguir promover uma melhora significativa na motivação profissional requer planejamento e ações práticas. É um esforço feito constantemente e pensando no longo prazo. 

Entenda, a seguir, como colocar a mão na massa e resolver problemas de desmotivação.

1) Ofereça um plano de carreira

Com um plano de carreira, é possível: alinhar metas individuais com as empresariais; investir no desenvolvimento pessoal de cada um; incentivar o aprendizado; e promover uma linha de evolução salarial. O investimento em um plano desses têm a capacidade de suprir diferentes necessidades dos seus colaboradores, aumentando consideravelmente seu engajamento e sua motivação profissional.

2) Valorize e incentive seus colaboradores

Diversas atitudes fazem com que os profissionais se sintam valorizados e incentivados. Comece por dar bons feedbacks, ou seja, elogie e comemore sempre que possível; ao passo que é necessário evitar feedbacks negativos, priorizando retornos construtivos. Não somente, enxergue-os como mais do que funcionários: por exemplo, engaje-os em atividades que não necessariamente estão relacionadas ao trabalho e procure fazer com que compartilhem suas diferentes experiências.

3) Crie um ambiente agradável

No espaço físico, garanta qualidade das instalações, bem-estar e boas trocas entre colaboradores. No ambiente remoto, pense em criar rotinas que sejam benéficas para todos, gerando segurança para equipes e gestores, evitando um estado constante de vigília. Todo detalhe faz diferença para criar mais motivação no trabalho.

4) Tenha cuidado com a saúde

A saúde do seu colaborador deve sempre ser uma prioridade. Tanto física quanto emocional (e em casos de intersecção, como doenças psicossomáticas). Um profissional que não tem condições de se cuidar propriamente não entrega da maneira devida. Quadros de ansiedade, estresse e depressão, por exemplo, afetam profundamente o rendimento e a felicidade do colaborador, ainda mais quando provocados pelo trabalho. Oferecer escuta, apoio e acesso a tratamentos é essencial.

5) Ofereça bons benefícios

Os tópicos acima, assim como outras ações, podem, em parte, ser resumidos em bons programas de benefícios. A troca empresa–funcionário não deve ser apenas de salário–entregas. Ao esperar que o colaborador vá além, entregue além também. Isto é, aproxime-se com benefícios que façam sentido para a sua equipe, atendendo necessidades reais e aumentando a motivação profissional. 

Motivação no trabalho: qual é o papel do líder?

Se você ocupa um papel de liderança na empresa onde trabalha sabe a importância dessa nobre tarefa.

Um bom líder exerce papel na motivação da equipe, uma vez que faz um “raio-x” dos seus colaboradores, tendo consciência sobre as individualidades de cada um.

Então, é importante que o líder de excelência busque desenvolver habilidades que permitam:

  • Conhecer bem seus liderados, identificando seus potenciais e suas fragilidades;
  • Saber ouvir;
  • Dar e receber opinião.

Tudo isso favorece o ambiente de trabalho, gerando maior satisfação durante a rotina laboral.

Como a equipe de RH pode ajudar?

Tanto na motivação para o trabalho em equipe, quanto para os incentivos individuais, o RH tem um papel central nesse desenvolvimento frente aos colaboradores. 

É o profissional de RH que pode conhecer a fundo os seguintes aspectos da vida dos colaboradores e das equipes:

  • Anseios;
  • Desejos;
  • Dificuldades;
  • Problemas. 

Dessa forma, um dos principais papéis do RH é garantir que a motivação dos funcionários esteja satisfatória para promover o progresso corporativo e a saúde de todos.

Alguns dos recursos utilizados pelo RH para promover a motivação no trabalho, envolvem:

  • Recrutamento;
  • Seleção;
  • Treinamento;
  • Remuneração;
  • Benefícios aos trabalhadores.

Os recursos humanos oferecem um suporte único à alta gestão da empresa, o que faz com que se melhores os seguintes aspectos nos colaboradores:

  • Engajamento;
  • Felicidade;
  • União entre equipes.

De fato, o RH permite estabelecer uma política de gerenciamento do capital humano.

Isso faz com que cada individualidade dos colaboradores participe para a construção de uma corporação melhor.

Como o Zenklub pode ajudar

O Zenklub, plataforma especializada em trazer saúde mental às pessoas, tem se tornado uma solução completa para aqueles que cuidam do equilíbrio psíquico dos seus colaboradores.

Nesse sentido, já produzimos, no nosso podcast, conteúdos sobre o cuidado da saúde emocional dos colaboradores; 

Além de oferecer apoio dos nossos especialistas aos recursos humanos e à gestão.

Dessa forma, além de cuidar do bem-estar mental e a saúde emocional dos profissionais, permite-se criar um ambiente de trabalho no qual haja mais sinergia entre as equipes e eficiência nas atividades. Confira outras vantagens de investir na motivação no trabalho:

  • Facilite o acesso dos seus colaboradores a tratamentos com especialistas em saúde emocional (psicólogos, coaches, terapeutas e psicanalistas – ver mais);
  • Ofereça acesso completo a nossa biblioteca de conteúdos no app, que abordam qualidade de vida, bem-estar, liderança, desempenho e relações interpessoais;
  • Receba relatórios de mapa emocional das equipes, entendendo quais são as principais necessidades de cada setor;
  • Promova palestras, encontros, treinamentos e lives com nosso apoio e participação de um de nossos especialistas;
  • Tenha todo o comprometimento da nossa equipe de suporte para desenvolver o mais completo projeto para a sua empresa.

Por fim, são evidentes os benefícios de uma gestão inteligente e suporte emocional para o desenvolvimento das pessoas da empresa. 

Conte com nossa ajuda e participe dessa revolução. 

Para saber mais, acesse: https://zenklub.com.br/empresas/

Este artigo foi útil?

3.66

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub