Você já teve a sensação de estar desconectado do próprio corpo? Essa é a principal sensação que define o Transtorno de Despersonalização.

Existem relatos de pessoas que passam por experiências onde parece que se está desligado do corpo e é como se você fosse um observador externo da sua própria vida. 

O Transtorno de Despersonalização é um distúrbio mental que não é tão incomum como pensamos. Estima-se que ele afeta 1 em cada 100 pessoas. Por isso, confira nossa matéria completa e entenda um pouco mais sobre suas sensações, causas e tratamentos. 

Afinal, o que é transtorno de despersonalização?

O Transtorno de Despersonalização é um distúrbio mental que tem como característica principal uma sensação forte e recorrente de desligamento do próprio corpo ou de incapacidade de comandar seus processos mentais. 

Também é comum que esse transtorno mental seja associado e, muitas vezes, classificado juntamente com o Transtorno de Desrealização. Conforme o DSM V – (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais V) Despersonalização e Desrealização, fazem parte do grupo de Transtornos Dissociativos.

A despersonalização, como o próprio nome já diz, é como se a personalidade tivesse ido embora. A pessoa passa a observar suas ações como um telespectador, com pouco ou nenhum controle sobre suas ações. 

Já a desrealização está mais ligada a um sentimento ou sensação de desligamento do ambiente. Ou seja, tudo ao seu redor parece ser falso, alterado, irreal ou distorcido. Todos esses sintomas são principalmente comuns em casos de psicose. 

Quais são os sintomas de despersonalização?

No Transtorno de Despersonalização a pessoa passa a perceber o mundo e a realidade à sua volta de forma alterada. Os principais sintomas são:

  • Sentir-se como um observador externo do seu corpo 
  • Achar que seu corpo não lhe pertence
  • Não se lembrar de como chegou a algum lugar ou como realizou alguma atividade
  • Ter a sensação de que está em um sonho ou sonhando acordado
  • Sentir seu corpo ou sua mente de forma estranha
  • Não se reconhece ao olhar no espelho 
  • Não ter certeza se algo realmente aconteceu ou é apenas imaginação

Quanto tempo dura uma crise de despersonalização?

Os sintomas de uma crise de despersonalização acontecem geralmente em episódios que podem durar algumas horas ou dias, semanas, meses ou, às vezes, anos. Existem ainda alguns casos mais raros onde a pessoa tem essas sensações e sintomas sempre presentes e sem parar. 

Para amenizar ou diminuir as crises, o ideal é que se procure o acompanhamento de um profissional para que haja o diagnóstico correto e se inicie o tratamento.

O que causa a desrealização?

Não se sabe exatamente qual é a causa exata para que alguém desenvolva o Transtorno de Despersonalização. Mas, geralmente esse transtorno aparece em pessoas que passaram por grandes traumas ou situações de muito estresse. 

O abuso de drogas como por exemplo Cannabis e Ecstasy também podem desencadear esse transtorno. 

Além disso, existem alguns fatores de risco que podem aumentar as chances de desenvolver um Transtorno de Despersonalização, como por exemplo:

  • Depressão
  • Síndrome do Pânico
  • Esquizofrenia
  • Traumas
  • Maus tratos
  • Abusos físicos ou psicológicos
  • Transtorno bipolar
  • Transtorno de Ansiedade Generalizada
  • Estresse pós-traumático

Acredita-se que a desrealização seja justamente uma forma de mecanismo de defesa. Ou seja, nosso corpo busca se desligar da realidade.

Isso acontece principalmente como uma forma que nosso organismo acha para lidar com grandes traumas ou ansiedade extrema. 

Tratamento do Transtorno de Despersonalização

O tratamento do Transtorno de Despersonalização é necessário quando os sintomas não são apenas um episódio isolado, e sim são recorrentes e atrapalham o dia a dia. 

A psicoterapia, principalmente a terapia cognitivo-comportamental, é fundamental no tratamento do Transtorno de Despersonalização. 

Diagnóstico de Transtorno de Despersonalização

Reforçar que precisa de apoio médico. Aqui é um parágrafo de conclusão para apresentar zenklub

A psicoterapia é extremamente eficiente em casos como esse e pode te ajudar a alcançar muito mais qualidade de vida e autoconfiança. Se você sente que precisa de apoio, não hesite. Encontre um profissional para te ajudar. Bem-estar deve ser uma prioridade e é um direito de todos.

O Zenklub é a maior rede vídeo-consulta com especialistas em bem-estar emocional, onde você tem acesso a mais de 5000 especialistas a qualquer hora, de qualquer lugar.

Referências:

Depersonalization Community, acesse no link: https://www.dpselfhelp.com/ 

UCHÔA, DARCY M . ;PSICOPATOLOGIA DA DESPERSONALIZAÇÃO

Este artigo foi útil?

4.13

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub