O medo de falar em público é algo que muitas vezes caminha conosco desde os tempos de escola. Afinal, quem nunca deu aquela “travada” para apresentar um trabalho de grupo ou seminário na faculdade?

Esse medo ou fobia pode acompanhar as pessoas durante toda a vida e prejudicar as relações pessoais, tanto por timidez como receio de se expor. Pessoas que têm esse medo também tendem a evitar situações de comunicação em público. Isso porque essa dificuldade também afeta a capacidade de se expressar e emitir opiniões de forma clara e objetiva.

Vale lembrar que é comum ficarmos ansiosos antes de algum evento em que tenhamos que nos colocar em público. Porém, pessoas com glossofobia sofrem e angustiam essa sensação por até semanas antes.

O mais importante é ter claro que não há motivos para se sentir diminuído ou desistir de tentar. Confira as principais dúvidas sobre esse tipo de medo e como lidar com ele:

O que é glossofobia?

Glossofobia significa o medo de falar em público. Quando passa a comprometer sua vida e o seu desempenho, esse medo é considerado uma fobia social.

Como é ter fobia de falar em público?

E de repente, faltam 10 minutos para você entrar em uma reunião importante, ou você terá que se apresentar em uma nova turma do curso de inglês. Nesse momento a mão fica suada e a garganta, seca. Você sente tremores pelo corpo e sua cabeça só pensa que “você não vai conseguir”.
Esse é o estado de nervos e de ansiedade em que uma pessoa com medo de falar em público fica. E mesmo sabendo que muita gente também se sentem assim ou que você não precisa ter todo esse receio, já que você estudou e sabe o que dizer, o medo vem mesmo assim.

O que é fobia social?

A fobia social, ou ansiedade social, é definida como um medo irracional de uma situações que incluem desde a socialização até tarefas de desempenho.
Ou seja, quem tem fobia social apresenta um conjunto de pensamentos que tende a distorcer a análise das experiências e são capazes de prejudicar sua capacidade de atuar como ser social diante de si próprio e de outras pessoas.
Baixa autoestima e medo da reprovação dos demais são os principais causadores dessa dificuldade de se comunicar e se expressar.
Estudos apontam que existem dois tipos de fobia social:

  1. ansiedade social específica, que se dá em algumas situações, como o medo de falar em público
  2. ansiedade social generalizada, que afeta não só esses momentos específicos, como também qualquer relação social que exija comunicação

Quais as causas do medo de falar em público?

Pesquisas apontam que aproximadamente 30% dos casos de fobia social são por motivos relacionados a genética. Os 70% restantes são atribuídos a traumas do nosso próprio inconsciente que guardamos de outras situações embaraçosas e difíceis.
O bullying é um grande exemplo de uma situação estressante marcante e que pode interferir nas suas relações sociais ao longo de toda a vida. Assim como a criação dos nossos pais, que podem ser liberais demais ou superprotetores e acabam estabelecendo padrões que dificultam o desenvolvimento pessoal.
Além disso, não podemos esquecer o quanto a sociedade coloca padrões sociais, de beleza e tantos outros. Eles nos tornam mais exigentes que o necessário com nós mesmos. Ainda nesse cenário, se somam o medo de errar, de ser julgado, incompreendido e de ser caracterizado como incapaz.

Como vencer o medo de falar em público?

Tem alguns tratamentos e treinos específicos que podem ajudar você a superar o medo de falar em público. Entre as principais e mais conhecidas opções estão a psicoterapia, o coaching e cursos de oratória.
O tratamento depende da dificuldade que você apresenta para encarar um público e ter um bom desempenho. Em casos mais intensos e graves, há treinamentos para desenvolver as habilidades sociais e até a possibilidade de fazer uma reestruturação cognitiva.
Casos mais brandos, que envolvem apenas uma dificuldade em se expor e ser o centro das atenções por alguns instantes, são remediados com treinamentos de oratória e cognitivos. Esses exercícios ajudam a vencer o medo de forma rápida e controlada.

Como perder o medo de falar em público

Além de ajuda profissional, há algumas habilidades e técnicas que você pode por em prática para perder o medo de falar em público. Vamos a elas:

  • Treine na frente do espelho

    Pode não parecer, mas você é o seu melhor juiz. Claro, quando se livra de julgamentos sociais e cobranças desmedidas. Treinar consigo próprio e vendo o reflexo do seu desempenho irá ajudar a identificar pontos de melhoria.
  • Comece com pequenos públicos

    Depois de treinar na frente do espelho, que tal tentar expor suas ideias para um pequeno grupo de pessoas? Fale com quem é da sua confiança e te deixa à vontade para você ser quem você é.
  • Controle a respiração

    Quando estamos em uma situação de confronto, temos o hábito de acelerar a respiração ou prendê-la de forma equivocada. Isso provoca reações de emergência ao nosso corpo, que refletem em ainda mais desconforto.
    Procure desenvolver técnicas de respiração que ajudem a acalmar, como as utilizadas na meditação ou mindfulness. Assim, você diminui a possibilidade de ter sintomas físicos que só atrapalham.
  • Expressão corporal

    O corpo também tem a capacidade de se comunicar com as pessoas ao nosso redor. Por isso a sua expressão corporal pode sinalizar muito sobre você, inclusive sobre o seu medo de falar em público.
    Uma pessoa relaxada e com confiança do que está fazendo apresenta uma postura mais relaxada, com peito e ombros abertos e um sorriso suave. Já em momentos de tensão, nosso corpo fica mais fechado e o rosto mais rígido e tenso.
    Trabalhe uma postura que favoreça o seu momento e envie mensagens positivas para o seu corpo para que ele reproduza o melhor de você.
  • Pratique o autodiálogo

    Aliar a sua confiança a sua consciência pode não parecer uma tarefa fácil, mas tudo se desenvolve mais facilmente quando você conversa consigo próprio sobre as suas ideias. Esqueça a história de que quem fala sozinho é maluco, pois essa é a melhor forma de você mandar informações positivas e de confiança para si.
  • Tenha foco

    Procure se concentrar em todo o seu processo gestual, físico e verbal de interação e exposição. Isso evita que você se disperse e perca a linha de raciocínio. O foco é o momento presente para que você consiga cumprir aquilo que se propôs a dizer.
  • Faça terapia

    Com a ajuda de um psicólogo, você consegue trabalhar todos esses pontos que falamos aqui e que estão intimamente ligados à sua inteligência emocional e o seu autoconhecimento.
    Terapia não é apenas para quem já apresenta quadros mais avançados de fobia social, mas para todos que desejam desenvolver seu autoconhecimento, capacidade para autocrítica saudável e habilidades que lhe ajudem a viver no dia a dia.
    Medo de falar em público é possível de ser superado e só depende de você.

Este artigo foi útil?

4.33

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub