Introdução

Um ambiente de trabalho seguro não envolve apenas a segurança física dos funcionários. Hoje em dia, com a pressão dos trabalhos home office e redução de equipes, a saúde mental deve também ser tratada como elemento que é influenciado por esse ambiente.

Assim, a fim de evitar problemas com turnover e alta rotatividade de funcionários, este artigo vai mostrar como manter um ambiente de trabalho seguro para os funcionários e a manutenção dos resultados positivos da empresa.

O que é um ambiente de trabalho saudável?

Para promover um ambiente de trabalho seguro é necessário entender as necessidades do seu colaborador. Como sabemos, o trabalho é condição fundamental para manutenção do bem-estar e saúde mental, sobretudo porque garante autonomia e independência financeira ao indivíduo.

No entanto, alguns fatores como sobrecarga de demandas, animosidade entre colegas de trabalho podem tornar o ambiente de trabalho hostil. Além disso, as condições físicas do espaço também podem agravar a situação.

Assim, consideramos como ambiente de trabalho seguro, o espaço que garante não só infraestrutura adequada para que o colaborador exerça sua atividade com autonomia e eficiência. 

Também integram este conceito a promoção de atividades integrativas entre os colegas do mesmo setor e de setores diferentes, programas de treinamento e de progressão de carreira, bem como respeito aos dias de descanso e horários fora do expediente. Isso tudo contribui para a saúde e bem-estar do funcionário que não se sente pressionado pelo trabalho ou insatisfeito com as más condições de gestão e relacionamento.

A importância de um ambiente de trabalho seguro

A consequência natural de um ambiente de trabalho seguro é o engajamento do trabalhador, que não se sentirá fadigado ou pressionado e poderá exercer com eficiência suas atividades,  cumprindo prazos e entregando produtos com a qualidade esperada. 

Com uma equipe em sintonia, o trabalho coletivo flui melhor e temos melhores resultados nas entregas e performance da empresa como um todo, o que impactará positivamente em sua imagem no mercado, tornando-a mais competitiva.

Decorre ainda de um ambiente de trabalho seguro a retenção de talentos, profissionais com expertise que ao se engajarem com a empresa, não buscam outras opções de trabalho no mercado, permanecendo fiéis à empresa.

Por fim, há economia de custos com a redução do turnover e aumento de lucratividade com a potencialização da força de trabalho da equipe. 

Quem são os responsáveis pelos cuidados do ambiente de trabalho?

Quando se trata de ambiente de trabalho seguro, um dos pontos vem à tona: a questão estrutural que confere segurança física ao ambiente. 

Em casos de ambientes que exijam EPIs, por exemplo, há um setor responsável para garantir o uso correto e contínuo dos equipamentos, bem como da manutenção de tais itens que são fundamentais na garantia da saúde física do funcionário.

Ao tratarmos de saúde mental e em como o ambiente pode influenciá-la, também temos vários atores dividindo essa responsabilidade. 

O diretor geral, por exemplo, deve prover recursos para que os programas de saúde mental sejam implantados de forma eficiente. O Rh, por sua vez, planeja e executa tais programas de saúde mental, bem como orienta e acompanha a equipe para monitorar o grau de influencia que os ambientes e suas condições têm sobre a saúde física e mental dos trabalhadores. 

4 passos para desenvolver um ambiente de trabalho seguro

Elimine o clima de competitividade entre os funcionários

A competitividade é um dos elementos que pode causar estresse ocupacional, sobrecarga emocional, levando ao esgotamento absoluto do funcionário. Além disso, pode gerar conflitos internos entre os funcionários e fragilizar a harmonia e o trabalho em equipe.

É preciso estimular o respeito e o trabalho coletivo, demonstrando que os funcionários não são adversários e estão todos trabalhando em prol de um objetivo em comum. Os resultados que eles alcançam em conjunto podem ser muito mais relevantes do que os resultados individuais.

Reforce a segurança dos funcionários

Como mencionamos, a segurança física do trabalhador é também um item importante nesse cuidado com a manutenção de um ambiente de trabalho seguro. Assim, a empresa deve providenciar todos os equipamentos de segurança necessários que são exigidos no campo de atuação do seu funcionário e zelar para que eles estejam em pleno funcionamento.

Além disso, investir em formação para uso de tais equipamentos, bem como formação em primeiros socorros, tendo disponível dentro da empresa, uma equipe preparada para prestar o primeiro atendimento em caso de acidente de trabalho, minimizando assim possíveis sequelas ou agravantes da situação.

Ao evitar acidentes, a empresa evita gastos com afastamento e substituição de funcionário, no período da licença. Há também que se pensar no clima de preocupação e insegurança que pode se instalar na mente dos outros funcionários, comprometendo a confiança que o trabalhador tem com a gestão.

Estabeleça canais de comunicação com os trabalhadores

Oportunize sempre que o funcionário manifeste sua opinião sobre o clima organizacional e o ambiente de trabalho. Criar canais seguros para isso é uma forma de ter depoimentos honestos e aproximar mais o trabalhador de uma ideia colaborativa de gestão do ambiente.

Do mesmo modo, a informação que precisa ser passada ao trabalhador deve ser comunicada de forma eficiente e objetiva, a fim de não haver dúvida sobre o que se comunica. Também é preciso estimular a comunicação entre as equipes  para gerar confiança e proximidade na execução dos trabalhos.

Estimule a participação em trabalhos voluntários

Uma forma de reconhecer também o bom trabalho que o seu funcionário desenvolve é incentivá-lo a participar de alguma ação social em benefício de mais necessitados, demonstrando que o talento dele também pode ser usado em prol de boas causas. 

Além de promover uma reunião de equipe do ambiente de trabalho, esse tipo de ação costuma integrar melhor as equipes de trabalho.

Conclusão

Vimos, ao longo deste material, a importância de criar e manter ambientes de trabalho seguros, tanto do ponto de vista físico quanto do ponto de vista psicológico.

Um ambiente hostil e de pouco acolhimento, fomenta equipes desmotivadas, que não trabalham em conjunto e que não estão engajadas com o trabalho. 

Com isso, a probabilidade de perder esse funcionário é muito grande, pois nada no ambiente de trabalho o incentiva a permanecer e ter bom desempenho.

Assim, tão importante quanto um reconhecimento salarial é dar condições para que o funcionário possa executar suas atividades com autonomia e confiança, sabendo que pode dialogar abertamente com sua equipe e seus gestores. 

Aqui na Zenklub trabalhamos com metodologias que ajudam a garantir o clima organizacional favorável aos objetivos da empresa, quer saber mais sobre isso? Entre em contato conosco.

Este artigo foi útil?

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub