A felicidade é uma escolha?

14 outubro, 2020 |

2

Você já votou neste post

A gente acha que para ser feliz é preciso ter o carro do ano, as roupas mais caras, esbanjar dinheiro, mas nem sempre é assim. Então, como ser feliz e buscar a felicidade? O dinheiro traz essa felicidade? Como podemos mudar nosso pensamento em relação aos nossos propósitos? 

É sobre isso que o Luiz Gaziri, professor de pós-graduação na FAE Business School, ISAE/FGV e PUC-PR, junto com a Jornalista Izabella Camargo, vai falar neste zencast.

Por que é importante ser feliz?

A importância da felicidade está diretamente ligada à saúde. A gente enxerga melhor as possibilidades à nossa volta quando nosso cérebro produz a ocitocina no córtex pré-frontal, ou seja, quando estamos felizes, somos pessoas mais saudáveis, temos menos chances de ter doenças e nosso sistema imunológico se torna mais robusto.

Para Luiz Gaziri:

Quando a gente está feliz, existe o aumento da nossa capacidade cognitiva.

Além disso, a felicidade deixou de ser algo abstrato e passou a ser mais concreta, ou seja, podemos buscar a felicidade também em experiências e bens materiais, o que também não garante que estaremos felizes o tempo todo quando alcançarmos certo objetivos

Estudos científicos apontam que a felicidade é a causa do sucesso e quando estamos felizes, podemos alcançar a felicidade com mais calma. 

Muitas vezes, fazemos expectativa de felicidade em nossas vidas, por exemplo: “vou ficar feliz quando conseguir um emprego, trocar de carro, comprar aquele sapato”. Porém, esquecemos que a felicidade pode ser vivida no momento presente, porque quando estamos felizes, podemos alcançar a felicidade com mais calma, sem afobações.

A felicidade é uma opção?

Segundo a  professora de psicologia da Universidade da Califórnia Sonja Lyubomirsky, a felicidade depende 50% da genética, 40% de acordo com as escolhas e 10% do ambiente – se está ou não empregado, quantos filhos tem, se tem condições financeiras para o próprio sustento, etc.

Então, para Luiz, a felicidade pode ser vista como uma escolha, mesmo com todas as circunstâncias sociais que nos rodeiam.

O que é preciso fazer para ser feliz?

Muitos acreditam que o dinheiro é a única fonte de felicidade, mas nem sempre é assim. Por mais que o dinheiro seja importante para comprar o que precisamos, acabamos nos acostumando e sempre querendo mais. 

Por exemplo, quando você recebe uma promoção e seu salário aumenta, fica feliz com aquela realização por um tempo, mas, consequentemente, acaba gastando mais. Então, depois de um tempo, aquele salário não é mais uma opção viável, então, você acaba buscando sempre mais para ser feliz. O dinheiro, sozinho, não resolve problemas.

Por outro lado, dinheiro compra sim a felicidade, por exemplo, quando você vai a um restaurante, teatro, shows, sai com os amigos, vive a experiência com o que pode comprar, neste sentido, sim, porém, como foi dito acima, gastar com bens materiais acaba não trazendo tanta felicidade porque eles se esgotam e queremos sempre mais. 

Então:

Dinheiro compra felicidade? Sim.

Dinheiro traz felicidade: Depende.

Como buscar a felicidade?

Não existe uma fórmula mágica para ser feliz, mas através de algumas ações diárias, é possível construir a felicidade. Abaixo, você vai encontrar algumas dicas de como começar essa jornada.

Gaste com os outros. Doe

Segundo Luiz, quando usamos o dinheiro para proporcionar felicidade a outras pessoas, também ficamos felizes até mais que gastando com bens materiais para nós mesmos.

Pratique a gratidão

Tenha o hábito de escrever 5 coisas que você é grato, mantenha esse hábito para relembrar as conquistas na sua vida, além disso, expresse gratidão pelas pessoas.

Reconheça

Reconhecer os outros gera mais felicidade que ser reconhecido, porque quando dizemos a alguém o quanto essa pessoa é competente, geramos felicidade a ela, então, acabamos também ficando felizes com isso. 

Para Luiz:

Quando você reconhece as pessoas ao redor, fica mais feliz

Por fim, quando a gente pensa positivo geramos um sentimento de conquista e, quando isso acontece, acabamos não buscando com propósito nossas metas. 

Então, apenas pensar positivo não vai te fazer feliz, mas a combinação da ação e o sentimento que fazem essa tarefa. 

Se você precisa de um emprego, apenas pensar que você já conseguiu um, pode te relaxar ao ponto de não ter a mesma motivação para buscar um emprego. Para o especialista: “Quanto mais positivo a gente pensa, menor é a nossa ação”

Por isso, viva o agora, busque a felicidade hoje e ela aparecerá no futuro. 

Mostrar comentários

Deixe seu comentário

13524