Você já ouviu falar dos sintomas da Síndrome de Burnout?

Tal condição é responsável por dificultar grandes planos profissionais e dar um belo golpe na nossa saúde.

Com a palavra derivada do inglês “queimar”, a Síndrome de Burnout é capaz de jogar fogo no seu ânimo e transformar em cinzas a sua qualidade de vida no trabalho.

Essa síndrome é um transtorno mental muito comum na vida profissional, assim como é também a ansiedade.

Entre os mais acometidos com tal problema estão:

  • Os workaholics (os “dependentes químicos” do trabalho);
  • Pessoas com sobrecarga de atividades;
  • Aqueles que passam por longos períodos de trabalho estressante sem férias.

Que tal saber mais sobre o tema? 

Nós do Zenklub criamos uma matéria especial para você!

Tenha uma excelente leitura!

O que é  Síndrome de Burnout?

A síndrome de Burnout é causada pelo estresse constante, e pode ser desencadeada por diversos fatores, entre eles:

  • Longas jornadas de trabalho;
  • Atividades que envolvam risco à vida ou à saúde;
  • Insalubridade é um ambiente de trabalho ruim.

Quando nos estressamos, aumentamos nossos níveis de cortisol e adrenalina, que são responsáveis pela sensação de alerta.

Contudo, eles possuem efeitos na pressão, cicatrização, sistema imune e tornam o corpo mais vulnerável a doenças cardiovasculares graves como, por exemplo, infartos e derrames.

Assim, na Síndrome de Burnout, não é incomum a recorrência de por exemplo resfriados.

Além disso, dores de cabeça, perda de disposição física e mental são manifestações frequentes.

O que leva alguém a desenvolver a Síndrome de Burnout?

A síndrome de Burnout anda lado a lado com o excesso de atividades, tarefas e funções.

O ser humano, produtivo em estado ideal, deve ter tempo para desempenhar outras atividades para ter qualidade de vida no trabalho.

Uma mudança radical no estilo de vida, aquele planejamento enorme de horas extras para trocar de carro pode custar um preço bem mais alto.

Ambientes de trabalho não sadios, ou seja, cheios de conflitos, desentendimentos e problemas, contribui exponencialmente para o aparecimento dos sintomas.

Os 5 principais sintomas da Síndrome de Burnout

Há várias formas da Síndrome de Burnout vir à tona. Mas aqui embaixo estão alguns dos seus principais sintomas:

1) Alteração de humor

Oscilações sem motivo, e que variam ao longo do dia podem ser sinal de alerta.

2) Desmotivação

Um dos sintomas mais frequentes da síndrome é a apatia que ela gera.

3) Insatisfação

Alto nível de cobrança e julgamento podem ser um gatilho para a doença.

4) Negatividade

Pensamentos negativos afetam a vida do burned em vários aspectos.

5) Alterações de memória

Como diagnosticar a Síndrome de Burnout?

A Síndrome de Burnout deve ser diagnosticada por um médico. As especialidades com maior familiaridade nesse sentido são a psiquiatria e o médico do trabalho.

Isso é importante, pois por afetar diversas faces da vida de quem sofre, tal transtorno demanda medidas individualizadas para diagnóstico e também para tratamento.

Se você está se identificando até agora, continue com a gente, podemos te ajudar.

Quais as consequências da síndrome de Burnout?

Os sintomas da Síndrome de Burnout podem desencadear graves consequências mentais e físicas.

A mente é poder, e não é de hoje que sabemos o potencial de liberação hormonal que os sentimentos possuem.

Por isso, a atividade desgastante pode ser um grande risco na vida do profissional, e por isso, as pausas e férias são tão importantes.

No longo prazo, distúrbios mentais como ansiedade e depressão podem espreitar, além de perda de apetite, dores de cabeça e risco cardíaco por hipertensão, caso tenha.

No ambiente profissional, as consequências mais comuns são a perda de rendimento, alto absenteísmo e se em larga escala, alto turnover.

Qual o tratamento para a Síndrome de Burnout?

A Síndrome de Burnout pode ser tratada com diversas abordagens, e todas depende de quão avançado estão os sintomas.

A recomendação padrão na maioria dos casos é a redução drástica ou parada completa (pelo menos por um tempo) das atividades de alto estresse.

Isso pode ser associado à prática de atividades físicas, boa alimentação e hidratação. 

Dar atenção a família, ou fazer aquele passeio importante, ou simplesmente descansar são boas pedidas durante o tratamento.

Pode parecer clichê, mas o objetivo é reestabelecer saúde para o profissional.

Um estilo de vida saudável e a utilização de algumas técnicas podem te ajudar a não ser atingido pela Síndrome de Burnout.

Síndrome de burnout no ambiente de trabalho: como prevenir?

Como diz um velho ditado, ‘prevenir é melhor que remediar’.

A boa notícia é que há várias técnicas para proteger sua mente da Síndrome de Burnout.

Assim, as técnicas de ouro que podem salvar seu emprego (e saúde) são:

  • Faça atividades de lazer;
  • Evite pessoas negativas;
  • Trace pequenos objetivos pessoais e profissionais;
  • Fuja da rotina;
  • Converse com um amigo ou com um profissional.

Conclusão

Os sintomas da Síndrome de Burnout, são muito mais comuns do que se imagina e eles podem agir de forma silenciosa durante anos.

Não prevenção tomar medidas de prevenção pode fazer com que, além do Burnout, desenvolvam-se transtornos mentais mais graves como a depressão e ansiedade.

Para evitar esse desfecho, um estilo de vida saudável e saber pôr limites nas atividades desempenhadas é essencial.

O estresse pode gerar consequências  para o corpo a longo prazo, por isso recomendamos o acompanhamento profissional caso se identifique os sintomas.

Se quiser receber uma orientação especializada para prevenir e tratar a Síndrome de Burnout, estamos aqui para te ajudar. Conheça o curso Síndrome de burnout e a relação com o trabalho e baixe grátis uma cartilha com todas as informações sobre o assunto.

Clique aqui!

Referências

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2018/06/27/sindrome-de-burnout-12-estagios-ou-sintomas-do-esgotamento-profissional.htm

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/sindrome-de-burnout-esgotamento-profissional/

https://www.tuasaude.com/sintomas-da-sindrome-de-burnout/

https://blog.psicologiaviva.com.br/sindrome-de-burnout/

https://www.rededorsaoluiz.com.br/doencas/sindrome-de-burnout

https://telemedicinamorsch.com.br/blog/sindrome-de-burnout

https://www.hcor.com.br/hcor-explica/outras/sindrome-de-burnout/

https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/s/sindrome-de-burnout

https://www.richet.com.br/clientes/novidades/sindrome-de-burnout-causas-sintomas-e-prevencao/

https://www.danonenutricia.com.br/adultos/bem-estar/sindrome-de-burnout–sintomas–diagnostico-tratamento

Este artigo foi útil?

5

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub