Hoje o papo do Sair da Caixa é com a paulistana Mariana Hein, apresentadora do Canal Futura, atriz que já atuou em grandes emissoras como a TV Globo e a TV Record, instrutora de oratória e meditação, praticante de Yoga, e apaixonada por viajar, cozinhar e se comunicar com as pessoas e o mundo.

A Mari vai nos contar como tem sido essa grande transformação pessoal e de carreira e vamos ver como a sua experiência pode inspirar outras pessoas.

Mari, você deve sempre ser lembrada pela sua carreira na Globo, mas qual foi o caminho acadêmico e profissional que você trilhou para escrever sua carreira?

Tenho 20 anos de experiência na TV, no teatro e no cinema. Trabalhei como atriz e apresentadora na TV Globo por 10 anos, local que me deu projeção nacional com a novela Malhação, em 2002 e 2003, e o programa Vídeo Show, e 4 anos na Record. Esse período foi importante, pois pude vivenciar o dia a dia do contato com público e sem dúvidas foi a maior escola na minha área.

Além disso, já fiz também mais de 200 campanhas publicitárias, institucionais e ainda atuo como mestre de cerimônias, apresentadora do Almanaque Saúde do Canal Futura, instrutora de oratória na Academia de Expressão, em SP, e faço workshop particular de meditação e mentoria de desenvolvimento pessoal.

No mais, e tão importante quanto, me formei em inglês ELS Language Centers – Los Angeles-C.A., em 1997, e em Filosofia do Yoga pelo IPS-Instituto Paulista de Sânscrito – SP, em 2016.

Mariana Hein

Mariana Hein

 

 

 

 

 

 

 

 

Hoje como você poderia definir esse momento profissional e onde você encontra inspiração e motivação?

Estou no meu momento mais produtivo profissionalmente e de muita paz interior com minhas escolhas e com as oportunidades que a vida vem me trazendo. Estamos sempre em transformação. Não somos a mesma pessoa de ontem e amanhã não seremos a mesma pessoa de hoje.

Sobre motivação, eu acredito que seja tudo que faça o meu coração vibrar. Posso dizer que a Natureza e as pessoas que trabalham pensando no bem-estar do todo e em realmente prestar um serviço sustentável, me inspiram.

Mariana Hein

Erros todo mundo tem para contar, então quais você acredita que serviram como degrau para sua evolução profissional e de incentivo a mudanças?

Eu não sabia falar “não” e isso fez com que às vezes eu acumulasse várias coisas ao mesmo tempo, gerando um estresse interno muito grande, o que acabava deixando planos e projetos pessoais em segundo plano.

Quais serão os próximos passos?

Neste momento estou gravando a segunda temporada do Almanaque Saúde, um reality show de transformação pessoal em 21 dias, para o Canal Futura, com estreia prevista para fevereiro de 2019 e estou desenvolvendo o conteúdo do meu site, do canal no Youtube e das palestras para o próximo ano.

Quais dificuldades na carreira você teve por ser mulher?

Assédio, talvez? Na verdade eu acredito que o assédio acontece tanto com os homens quanto com as mulheres, principalmente assédio moral, em que você se sente pressionado emocionalmente por uma característica ou qualidade feminina ou masculina.

E todos nós, homens e mulheres, temos essas qualidades dentro de nós, mas ainda há uma mentalidade de que certas qualidades só as mulheres podem desenvolver e outras que somente os homens podem.

Então uma mulher se for sensível pode sofrer agressão moral por ser sensível. Já se ela tiver atitude mais agressiva nos negócios, pode também sofrer assédio nesse sentido. A mesma coisa com o homem, que não pode demonstrar sensibilidade e isso é uma forma de assédio muito dura. Esses conceitos ainda estão arraigados nas mentes das pessoas, mas já tem muita gente vendo que esses tipos de “preconceito”são somente atraso de vida e eu sou uma delas (risos!).

No mercado de trabalho, como você enxerga esse desafio entre os gêneros?

Vejo que o maior desafio não é a questão em ser mulher ou homem, nosso maior desafio é a gente mesmo! Se nos respeitarmos os outros vão nos respeitar também. E se encontrarmos desrespeito pelo caminho ou qualquer outro desafio, a maneira como nos posicionarmos é o que vai fazer a diferença. Por isso o autoconhecimento e a calma interior são muito importantes.

Em relação às mulheres, vejo que cuidar dos filhos ainda está muito ligado a mãe, e eu acredito que seja uma tarefa dos pais e a ser resolvida em conjunto entre os responsáveis. No caso de mães ou pais solteiros a ajuda de parentes, amigos e profissionais deve ser muito bem-vinda. E pensando nisso, defendo um maior tempo de licença-paternidade.

Então, a maior dificuldade é equilibrar o cuidado com a família e a carreira, pois o dia só tem 24 horas e precisamos ainda encontrar espaço para cuidar de nós mesmo, não é!?

Por isso, quanto mais alinhados estivermos com o nosso coração, mais saberemos o que nos faz bem e tomaremos atitudes a partir de um estado interno de beleza e calma, o que nos permite encontrar as respostas que beneficiarão todos os envolvidos. Se as nossas ações partirem de um estado de estresse, mais desconforto e dificuldades estaremos criando.

Mariana Hein

Você dá muita importância em ter um espaço na sua vida para cuidar do seu bem-estar emocional. Resume para gente, quais são essas práticas e hobbies que você encaixa na rotina para lidar com o dia a dia.

Não acredito que tenhamos de “lidar” com o dia a dia. Temos que viver o hoje, pois o presente é a única coisa que temos: o passado não existe mais e o futuro é uma suposição. Alimentar nosso corpo com alimentos saudáveis, fazer atividade física pelo menos 3 vezes por semana, alimentar nossa mente com bons conteúdos e ter empatia com as pessoas tem que ser prioridades na nossa rotina como tomar banho e escovar os dentes.

Essa coisa de que não temos tempo para isso é uma grande mentira que contamos para nós mesmos, pois não é que não temos tempo, só não priorizamos isso. Eu medito todos os dias pela manhã e à noite antes de dormir e faço musculação e yoga 3 a 4 vezes por semana. Como tenho uma rotina de trabalho flexível escolho um dia da semana para não fazer nada e encaixo momentos de ociosidade no dia a dia, para observar a vida e a natureza que acontece à minha volta.

Aprendi com um dos meus mestres, o Rick Jarrow (autor do livro “Criando o trabalho que você ama”) a dedicar 1 hora por dia à uma atividade que me dê prazer, tipo: dançar, praticar um esporte, pintar, cozinhar ou cuidar do jardim, por exemplo. Uma atividade que se poderia chamar de hobby, aquilo que te dá muito prazer e que você se sinta muito criativo.

Fazê-las por 1 hora diária faz com que o nosso cérebro produza os hormônios da  felicidade e do prazer, como a endorfina, oxitocina, dopamina e serotonina. É o que precisamos para encher nosso tanque de entusiasmo, o melhor combustível para criarmos a realidade que queremos e gerar riqueza, prosperidade e abundância.

Mariana Hein

Para finalizar, quais dicas você deixa para as pessoas que buscam sucesso profissional e um bom desempenho emocional, além do que já comentamos?

A definição de sucesso é totalmente pessoal. O que é sucesso para a gente, pode não ser para os outros. Então, autoconhecimento e integridade pessoal são fundamentais para podermos ouvir e sentir o que faz nosso coração vibrar, observando os vários lados das situações e das oportunidades, e assim, darmos os passos que vão nos conduzir aos nossos objetivos.

O objetivo da vida é a vida em si. É o aqui e agora! É o caminho que  percorremos até chegar ao objetivo. Se ainda não deu “certo” é porque ainda não chegou ao fim. Então, comemorar cada passo que damos é a chave para o sucesso pessoal e profissional, sempre alinhado ao nosso propósito e confiando no Universo, em Deus e naquilo que é sagrado pra gente.

Escolha uma pessoa que você admira profissionalmente para ser seu mentor, converse com ela sobre suas ideias e peça conselhos que possam te ajudar nas suas escolhas. Um bom mentor não é aquele que vai te dar resposta pronta e te elogiar. Mas o que vai criticar teus pontos fracos e te fazer as perguntas certas que vão te ajudar nas suas escolhas. Mas sempre faça tudo na vida por você e não para agradar a quem quer que seja. Esteja sempre conectado à sua criança interior e faça suas escolhas a partir de um estado de beleza e paz interior.

Por fim, escute sem se justificar e comprometa-se com a mudança.

 

Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas se empoderem da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no site você pode consultar um psicólogo por vídeo-chamada de onde estiver. São mais de 80 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub