Já alguma vez parou para pensar qual o trabalho do psicólogo e o que acontece em uma sessão de terapia? Qual o tipo de problemas e situações em que você pode beneficiar de acompanhamento especializado? Ou mais, como vai ser a primeira sessão de terapia?

O vídeo abaixo ilustra de uma forma animada e criativa como a terapia com psicólogos pode ajudá-lo a superar certos desafios na sua vida. Afinal, a mente humana é surpreendente e por vezes é preciso formação especializada para compreender certas situações e conseguir desbloquear aquilo que nos prende. Em poucas palavras, a psicologia é uma forma de você se conhecer e melhorar o seu bem-estar.

Conversamos com alguns especialistas do Zenklub para conseguir explicar como é uma sessão de terapia e desvendar todos mistérios do consultório. Venha espiar a nossa “sessão de terapia” pela fechadura:

Zenklub – Como o psicólogo se prepara para uma sessão de terapia?

Marina Schiesari – Considero importante estar em lugar calmo e tranquilo, sem agitação para que corpo e mente estejam conectados e dispostos para uma boa sessão.

ZK Além da teoria aprendida na graduação, mestrado etc, quais conhecimentos e aptidões deve ter um bom profissional de saúde mental?

MS – Sem dúvida, o profissional deve passar por terapia e buscar estar cada vez mais consciente sobre si e suas dificuldades internas, para que elas não atrapalhem no processo do cliente. Também deve gostar de estar em contato com outras pessoas e se interessar em vê-las se desenvolvendo e alcançando o equilíbrio. Não esquecer também que existem vários tipos de terapia.

ZK – Todo psicólogo faz anotações durante a sessão?

MS – Não necessariamente. Alguns profissionais preferem fazer suas notas depois do término da sessão. Outros não anotam nada.

ZK – Qual a frequência de análise?

MS – Isso pode variar dependendo do que está sendo trabalhado, mas em geral uma vez na semana.

ZK – Todo consultório tem divã?

MS – Não. O divã não é obrigatório. Ele serve para que o cliente fique mais confortável e menos distraído. Contudo, alguns psicólogos preferem atender frente a frente com seus clientes. Depende da linha de trabalho.

ZK – O cliente fica falando sozinho por muito tempo?

MS – A interação entre cliente e profissional varia de acordo com a abordagem, mas o fator principal é momento de vida de quem está sendo atendido. Ás vezes há uma necessidade do cliente/cliente falar mais, outras de ficar em silêncio, de ouvir… Não há uma regra.

ZK – O psicólogo dá palpite na vida do cliente?

MS – Palpite não. O que se faz é trabalhar questões, sem julgamentos, de acordo com que o cliente está vivenciando.

ZK – E se o cliente não tiver coragem de falar?

MS – Trabalhamos sempre os conteúdos trazidos pelos clientes. Não há como “forçar” quem está sendo atendido a dizer o que não quer. Sempre reforçamos que em um setting terapêutico não há julgamento de valores. As questões vivenciadas, sejam quais forem, são sempre importantes e devem ser acolhidas.

ZK – O psicólogo pode pesquisar sobre a vida do cliente nas mídias sociais?

MS – Não. O que importa é o conteúdo que o cliente traz para as sessões, é sempre em cima dele que iremos trabalhar.

ZK – Quais são as vantagens da terapia online para o cliente?

MS – O conforto de estar em casa. Mobilidade, não precisa se deslocar evitando o trânsito. Algumas pessoas se sentem mais à vontade na interação via internet.

 

Benefícios de fazer terapia

Todo mundo deveria fazer terapia pelo menos uma vez na vida. Se você já fez ou tem algum amigo que já fez consultas com um psicólogo, com certeza já disse ou já ouviu essa frase.

A verdade é que a terapia nos ajuda a descobrir quem somos, do que gostamos, por que reagimos de determinadas maneiras diante certas situações e, sobretudo, nos auxilia no caminho do autoconhecimento, fundamental para nos posicionarmos melhor diante do mundo. Leia alguma das razões porque você deve fazer terapia:

1. VOCÊ APRENDE QUAIS SÃO OS SEUS LIMITES

Entender o que você pode fazer por si e pelos outros é essencial em nossas vidas, pois nos ajuda a tomar decisões e a fazer escolhas que não vão nos prejudicar em detrimento dos outros e nem fazer outras pessoas infelizes.

2. VOCÊ ENTENDE POR QUE TEM CERTOS COMPORTAMENTOS

Já teve a impressão de reagir da mesma maneira diante dos fatos? Você sempre se aproxima demais das pessoas, você não consegue se abrir etc? Esse padrão de comportamentos tem uma explicação, e a terapia online pode te ajudar a chegar nela.

3. VOCÊ DESCOBRE QUEM VOCÊ É

As coisas das quais gostamos, a visão que temos de nós mesmos e dos outros são capazes de nos definir, mas nem sempre conseguimos descobrir tudo isso sozinhos, e por isso a terapia é tão importante, para nos ajudar a ter essas respostas.

4. UM PROFISSIONAL TE AJUDA A COMPREENDER VÁRIAS FASES DA SUA VIDA

Todas as situações pelas quais nós passamos nos fazem ser quem somos. Nossas experiências, as pessoas com as quais convivemos e tudo o que está à nossa volta impacta nas nossas vidas. Tomar consciência disso pode ser parte de um processo terapêutico feito com a ajuda de um psicólogo.

QUAL O PAPEL DA TERAPIA ONLINE?

A terapia online consiste em sessões de terapia por vídeo-consulta e já são uma alternativa possível para todos que desejam uma vida mais saudável. O atendimento online oferecido pelo Zenklub pode ser encaixado em rotinas das mais diversas, desde pessoas muito ocupadas até aquelas que por motivos de saúde estão impossibilitadas de sair de casa.

O trabalho do psicólogo tem o objetivo de oferecer suporte emocional para que o cliente expresse o que está sentindo, compreenda as dificuldades do momento, perceba quais situações o imobilizam emocionalmente e a partir de recursos psíquicos próprios ele possa lidar da melhor maneira possível com as alterações impostas pela sua situação de vida.

Uma sessão de terapia online pode ser uma porta de entrada muito interessante para quem busca viver uma vida mais realizada, pessoas que buscam autoconhecimento, aprender a lidar com dificuldades e conflitos focais.

Muita gente ainda reluta em procurar ajuda profissional para tratar questões relacionadas à saúde e bem-estar emocional, seja por preconceito ou falta de informação. É essa barreira que o Zenklub e a terapia online pretendem romper, tendo a tecnologia como aliada.

“Tenho tratado casos dentro das minhas especialidades e posso dizer que questões do trabalho, de relacionamento e até doenças crônicas e psicossomáticas podem ter resultados tão satisfatórios nas sessões online quanto nas presenciais. Percebo alguns clientes até mais soltos e abertos por estarem em um ambiente natural e amistoso como suas próprias casas”, diz a psicóloga Luciana Taguti, que atende pelo Zenklub.

E não se preocupe, além da comodidade e valores mais em conta, sem falar no conforto de fazer uma consulta deitado no sofá, a terapia online já é tão eficaz quanto a presencial segundo vários estudos científicos.

Estudo do impacto da terapia online

Um estudo realizado na Universidade de Zurich revelou que a psicoterapia online é tão eficiente quanto a psicoterapia presencial. Seis terapeutas trataram 62 clientes, a maioria deles com quadro moderado de depressão. Os pacientes foram divididos em dois grupos iguais e selecionados para um dos tipos de terapia. O tratamento consistiu em oito sessões de terapia cognitivo-comportamental

“Nos dois grupos, os valores de depressão caíram significativamente”, disse o professor Andreas Maercker, à frente dos resultados do estudo. No final do teste, a depressão não foi mais diagnosticada em 53% dos pacientes que se submeteram ao tratamento online. Dos participantes do tratamento presencial, o índice foi de 50%.

Três meses depois de concluir o tratamento, a redução da depressão foi mais benéfica nos pacientes tratados online: 57% dos pacientes não tinham mais depressão, enquanto 42% dos pacientes que se submeteram ao tratamento presencial obtiveram o mesmo resultado.

Para os dois grupos de pacientes, o grau de satisfação com o tratamento foi igualmente alto. 96% dos pacientes que fizeram o tratamento online e 91% dos pacientes que fizeram o tratamento convencional definiram o contato com seus psicólogos como “pessoal”. “De maneira geral, a psicoterapia online rendeu ainda melhores resultados. Nosso estudo evidencia que os serviços de psicoterapia na internet são um suporte efetivo para o tratamento terapêutico”, conclui Maercker.

Conheça a importância da terapia na vida de celebridades brasileiras

O papel da terapia na vida de celebridades é fundamental pois ajuda a superar conflitos, entender os problemas e a equilibrar a mente. Entre algumas celebridades que fazem terapia estão: Grazi Massafera, Reynaldo Gianecchini, Deborah Secco e Ivete Sangalo.

Reynaldo Gianecchini

celebridades-terapia-reinaldo-gianecchinni

Reynaldo Gianecchini recorreu à terapia pois queria aprender a dizer “não”. Em entrevista, o ator afirmou que apesar de ser “fofo”, há momentos em que ele precisa dizer não. A terapia ajudou o ator a entender e a solucionar esse conflito.

Deborah Secco

deborah-secco-terapia

Já Deborah Secco afirma que o segredo para manter uma mente equilibrada é fazer terapia. A atriz afirma que faz terapia desde os 14 anos, quando entrou na Rede Cultura para fazer a série “Confissões de adolescente” e ressalta: “Comecei com 14. Parei, voltei, parei de novo. Ator tem de fazer, né?”.

Ivete Sangalo

Ivete Sangalo

Ivete Sangalo afirma que faz terapia há oito anos e diz que este processo tem ajudado a deixar os problemas fora do palco. Ela acredita na importância do trabalho do psicólogo e de forma irreverente o enaltece: “Terapia tinha que ser assim: a pessoa nasce, vem o pediatra e em seguida o terapeuta (risos).”

Grazi Massafera

Grazi-Massafera-Terapia

Grazi Massafera faz terapia há seis anos e afirma que isso a ajuda muito!

Celebridades internacionais também falam sobre benefícios da terapia

Não é apenas nas celebridades brasileiras que a terapia tem fãs. O papel da terapia na vida de celebridades internacionais, podemos listar várias que fazem terapia para entender os seus conflitos e encontrar um caminho para solucioná-los. Hillary Clinton, por exemplo, afirmou para o Sunday Times, em 2003, que a psicoterapia salvou a sua vida e a vida de seu marido Bill Clinton.

Jerry Hall, ex-esposa de Mick Jagger, afirma que o primeiro passo para a sua recuperação foi ver um terapeuta. Joan Baez, cantora e pacifista da década de 1960, afirma que ir ao terapeuta a ajudou a ser capaz de enfrentar as coisas que estavam em seu coração, e a sua própria neurose. A cantora ainda incentiva muitas pessoas a procurarem o psicólogo e a fazerem terapia.

Outras celebridades estão separando um tempo para se cuidarem da saúde mental, dentre elas: Drew Barrymore, Mariah Carey, Elton Jonh e Madonna.

A terapia está ao alcance de todos

Além disso, essas celebridades nos deixam três questões pra refletirmos:

  • Todas as pessoas precisam de terapia para lidar com as exigências da vida?
  • As pessoas costumam seguir o exemplo das celebridades para lidar com os seus danos emocionais?
  • As celebridades têm problemas comuns como o resto de nós, exceto que eles usam o dinheiro para obter ajuda profissional?

Bônus – 5 séries dignas de maratona para quem está curioso com a psicologia

Se você está curioso a respeito da psicologia e quer saber tudo do que a mente humana, deixamos aqui uma lista das melhores séries e filmes para você:

Lie to Me (2009)

A série americana narra as histórias de uma equipe investigativa formada por especialistas em detectar mentiras. A cada episódio um suspeito é analisado nos mínimos gestos e expressões e suas reações são interpretadas por esses cientistas do comportamento, que atuam em diversas entidades, como FBI, polícia e empresas particulares de investigação. O grupo é liderado pelo Dr. Cal Lightman, cientista que dedicou a vida ao estudo do comportamento e por isso é capaz de desmascarar até o mentiroso mais habilidoso.

Bates Motel (2013)

Quem nunca teve curiosidade em saber os mistérios da mente de um psicopata? A trama de Bates Motel é focada na adolescência de Norman Bates, o assassino do filme Psicose, de Alfred Hitchcock (aquele da cena clássica da mocinha tomando banho, quando de repente, o assassino entra no banheiro ma faca, ao som de uma música aterrorizante). Diferente do filme, produzido nos anos 1960, a série se passa nos dias de hoje e tem início logo após a morte do pai de Norman, quando ele e sua mãe resolvem começar uma nova vida e compram um hotel na beira da estrada. Para entender a série não é necessário assistir o filme, mas é super recomendável, até mesmo para conhecer melhor as personagens e acompanhar os fatos que levaram o jovem Norman a se tornar um assassino.

Dexter (2007)

Existe assassino do bem? A série Dexter, baseada na obra de Jeff Lindsay, “Darkly Dreaming Dexter”, aborda a vida dupla de Dexter Morgan, um especialista forense em amostras de sangue, que trabalha para o Departamento de Polícia de Miami e assassina bandidos que escapam da lei. O curioso da série é acompanhar os dramas e dilemas que dividem a vida do serial killer com a do homem comum, casado, pai de família e irmão cuidadoso. Na infância, órfão aos quatro anos, Dexter é adotado por um policial que logo percebe sua tendência homicida. Com isso, consegue canalizar todo o fascínio do filho pela morte para algo que ele acredita ser “do bem”: caçar infratores que acham brechas para praticar crimes.

In Treatment (2008)

Vencedora de um Globo de Ouro e dois Grammys, a série narra a história de um psicanalista e seus pacientes. Cada episódio apresenta uma sessão de terapia com o psicanalista Paul Weston. Cada dia da semana é dedicado a um paciente e o espectador acompanha cada uma das sessões enquanto se envolve com os dramas dos pacientes e as observações certeiras do psicanalista. A série é bastante interessante para amantes, profissionais e estudantes de psicologia, pois retrata a prática de consultório, mesmo sendo abordada de maneira romantizada e pouco ortodoxa.

 

 

Master of Sex (2013)

A série é uma adaptação da obra de Thomas Mailer, intitulada “Masters of Sex: The Life and Times of William Masters and Virginia Johnson, The Couple Who Taught America How to Love”, de 2010. Os episódios narram as vidas, romances e trajetórias pouco usuais de William Masters e Virginia Johnson, cientistas pioneiros no estudo da sexualidade humana. Enquanto Dr. Masters e sua ajudante tentam entender como acontece o orgasmo e o prazer feminino, os dois personagens se envolvem emocionalmente e uma forte atração sexual passa a envolver a rotina profissional dos cientistas.

ACOMPANHAMENTO ESPECIALIZADO

Se tiver curioso e sentir que pode beneficiar de uma sessão de terapia, agende uma sessão com os nossos especialistas. O Zenklub é a maior rede credenciada de psicólogos online, onde você tem acesso a mais de 100 especialistas por vídeo-consulta.

Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas se empoderem da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no site você pode consultar um psicólogo por vídeo-chamada de onde estiver. São mais de 80 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub