O que é a força? São músculos grandes que pegam altos pesos? É um corpo robusto e aparentemente invulnerável? Ou são as vontades, desejos, coragem (agir com o coração) que existem dentro de nós?

Quantas histórias já escutamos sobre pessoas que, sem preparo algum, em uma situação de perigo levantaram pesos enormes para salvar um ser amado ou um próximo? Quantas histórias de necessidade de sobrevivência em locais desertos, sem condições aparentes de conseguir viver? Quantas histórias de pessoas que não são tão ativas superam pessoas que fisicamente são consideradas mais fortes?

São diversas histórias, diversos exemplos. E o que faz com que isso aconteça? O desejo que viver, a vontade de conseguir, acreditar que consegue superar tal situação, arrancar forças de onde não acreditava existir, a compaixão pelo próximo, a empatia, situações que só te dão escolha de seguir em frente com toda a sua garra ou desistir. Qual é a sua escolha? Qual é o seu desejo? O que nutre a sua vida? Você escolhe viver ou sobreviver?

São reflexões que exigem que tiremos um tempo para pensar e perceber em que momento da vida estamos e em qual queremos chegar. A força vai além do físico, a força também é mental, vem de dentro. Qual lado você quer alimentar? Sua capacidade externa e principalmente interna, ter como grande aliada a resiliência (ato de superar situações sem carregar o peso delas) ou se acomodar e deixar com que o externo decida por você? Todos nós somos capazes, todos nós temos essa força interna, todos nós podemos fazer escolhas e decidir o que fazer, para aonde ir, quais frutos vai colher a partir do que plantou.

Desafios sempre tivemos e sempre teremos. Vai escolher focar no problema ou na solução? Só depende de você, seu maior aliado e seu pior inimigo, você mesmo. Escolha se aliar a si mesmo, a ter autocompaixão, saber que erros podem ocorrer, mas que você está consigo mesmo e isso é o suficiente. Tem dificuldades para começar ou tentar? Normal, sair da zona de conforto é difícil para a maioria. Procure um profissional para te auxiliar, não tenha medo, não tenha vergonha, tenha a bondade de cuidar de si mesmo.

Camila Salustiano

Camila Salustiano

Camila faz atendimentos na abordagem Terapia Cognitiva Comportamental, com traços de Mindfulness e Psicologia Transpessoal, englobando o ser humano como um todo em todas vertentes. Experiência em atendimento com crianças, adolescentes e adultos, incluindo necessidades especiais, atletas e dependência química.
Camila Salustiano