Todos nós vivenciamos a ansiedade no nosso dia a dia, falando em público, em entrevistas de emprego, na expectativa de alguma data importante ou notícia, no entanto algumas pessoas vivenciam essa ansiedade de forma mais intensa e prejudicial.

A Ansiedade vista num contexto popular é quando estamos sob pressão de algo, muito apreensivos, agitados. Já o transtorno de ansiedade é muito maior. Podemos considerar ansiedade quando estamos com uma preocupação, tensão, medo ou pavor em excesso.

Os transtornos de ansiedade se diferenciam do medo ou da ansiedade normal, adaptativos, por serem excessivos ou persistirem além de períodos apropriados ao nível de desenvolvimento. Eles diferem do medo ou da ansiedade provisórios, com frequência são induzidos por estresse, por serem persistentes.

O medo e ansiedade coexistem, ou seja, um sempre está presente quando o outro aparece. Quando estamos com medo a ansiedade também se manifesta.
Outro fator que se relaciona diretamente com a ansiedade é o estresse, o medo e a ansiedade são ou causam alterações nos nossos sentimentos e emoções, enquanto o estresse gera alterações no nosso organismo, alterações bioquímicas referentes a estes sentimentos e emoções vivenciados.

OS SINTOMAS:

Os sintomas podem ser tanto fisiológicos quanto psicológicos. Vamos citar alguns desses sintomas abaixo:

Psicológicos:
Medos irracionais, timidez em excesso, lembranças ruins, preocupação/perfeccionismo, inquietação constante, pensamento obsessivo, nervosismo, dificuldade de concentração.

Físicos:
Insônia, tonturas, roer unhas, tensão muscular, dores, tremores, dor no peito e palpitações, dor de barriga.

TIPOS DE ANSIEDADE:

TAG- Transtorno de Ansiedade Generalizada, são aquelas pessoas que se preocupam com tudo a sua volta, pessoas que estão em um estado de preocupação constante, sem que exista uma razão específica para que isso aconteça. Considera-se ansiedade generalizada a partir do 4o mês agindo desta forma.

Transtorno de Ansiedade Social, pessoas que não conseguem interagir com outras pessoas e não se sentem bem perto de estranhos. O indivíduo sente uma enorme angústia em todas as situações de interação social. Transtorno também conhecido como Fobia social

TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo; É um transtorno caracterizado por pensamentos repetitivos, negativos, estressantes, geralemente ruins e/ou desagradáveis. Eles surgem de forma insistente e tornam-se incontroláveis. popularmente essas compulsões são conhecidas como “manias”.

Síndrome do Pânico; É o medo do medo. Aqui as crises começam quando a pessoa começa a se perguntar o por quê de tudo. Porque estou vivo? Será que vou morrer? E se eu passar vergonha? A Ansiedade gera um medo intenso, causando sintomas físicos e psicológicos, fazendo com que a pessoa pense que vai morrer.

Transtorno de estresse pós traumático; Caracteriza-se por um estado de angústia que vem logo após a pessoa viver uma experiência traumática. Gera inquietude, dificuldade para dormir e principalmente fantasia de que o que ocorreu irá acontecer de novo.

O TRATAMENTO:

O tratamento inclui basicamente a psicoterapia e acompanhamento médico com uso de ansiolíticos.
A Psicoterapia é um processo que pode ajudar, e muito, os indivíduos que sofrem com ansiedade. A psicoterapia é um tratamento colaborativo baseado na relação entre um indivíduo e um psicólogo. Baseado em diálogo, ele fornece um ambiente de apoio que permite falar abertamente com alguém que é objetivo, neutro e sem julgamento. Você e seu psicólogo trabalharão juntos para identificar e mudar os padrões de pensamento e comportamento que o impedem de sentir o seu melhor.

O auto conhecimento dos seus medos e sintomas que podem gerar é fundamental no controle da ansiedade, além da aceitação e disciplina no tratamento. É importante a pessoa aceitar a ansiedade como qualquer outra doença, sem se sentir envergonhada

A pratica de exercícios físicos, como a caminhada, meditação e uma alimentação saudável também auxiliam muito no controle da ansiedade. Uma outra técnica que indico é a acupuntura, ela ativa pontos no cérebro que aliviam os sintomas.

Atualmente com a aprovação e liberação do conselho de psicologia para atendimento psicoterápicos online, ficou muito mais fácil tratar e cuidar das crises de ansiedade. Principalmente para aquelas pessoas que sofrem de síndrome do pânico ou Agorafobia, e até mesmo em crises de ansiedade onde o indivíduo precisa de um apoio psicológico mais rápido e imediato. É possível da sua casa ou trabalho agendar com seu psicólogo uma consulta e aliviar os sintomas, tornando seu dia muito mais produtivo e saudável.

Alexandre Manussadjian

Formado há 15 anos pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Especialista nos atendimento de pacientes com síndrome de Burnout, Stress, Depressão e Ansiedade. Trabalha com a abordagem sistêmica que foca as relações do paciente, sejam elas no trabalho, em casa, na escola, dentre outros.
Alexandre Manussadjian