Dezembro chegou e, junto com ele, a corrida para as férias escolares, as compras de presente de natal, festas de final de ano nas empresas, amigo secreto, viagens, encontros com a família. A lista é interminável e o estresse pode ser também.

Ao contrário do que se espera, esse momento do ano ao invés de trazer alegria e um sentimento de união, pode causar ansiedade, tristeza e cansaço. Segundo uma pesquisa realizada pelo Isma-BR, o nível de estresse dos brasileiros cresce 75% durante das festas de final de ano.

Tanto Natal quanto o Ano Novo são momentos que trazem as lembranças mais profundas da nossa infância e nem sempre são felizes. Em outros casos, as pessoas se impõe uma rotina de tarefas intermináveis, festas com pessoas que não gostam, tudo em nome do espírito natalino.

Todos nós em algum nível nos sentimos sobrecarregados por tudo que esse período do ano parece estabelecer. Por isso organizamos algumas dicas que podem ajudar a tomar decisões com mais tranquilidade e, porque não, curtir as festas de final de ano.

Procure não sobrecarregar a sua rotina

Sim, os compromissos são muitos. Festas, comprar presentes, organizar a ceia de Natal, receber os parentes, etc. Quando você menos espera a agenda está lotada e você precisa se desdobrar para comparecer a todos os eventos.

Busque dentro de você pelo que é mais importante. O que você considera fundamental na sua vida nessa época do ano? Pode ser viajar, encontrar os amigos, dar um abraço nos seus pais, qualquer opção é válida desde que seja necessária para você se sentir bem.

Com suas prioridades em mente, crie a sua agenda. Tudo que não for importante deixe de fora. Parece uma tarefa difícil, mas negar educadamente alguns convites e usar o tempo que tem aproveitando o que realmente vai fazer você mais feliz deixará as festas de final de ano muito mais simples.

Não sinta obrigação de estar feliz nas festas de final de ano

Durante 12 meses muitas pessoas passam por período difíceis e enfrentam doenças como depressão, ansiedade, fobia social. Porém, quando chegam as festas de final de ano, se sentem pior porque parece que existe uma obrigação social de ser feliz.

Em alguns casos, para mudar de humor, algumas pessoas abusam da bebida ou mesmo comem demais, o que pode gerar culpa depois. Ninguém deve sentir-se pressionado a ser feliz. Portanto, se você está passando por um tempo difícil, não sinta culpa por estar em um estado emocional diferente dos demais.

videoconsulta com especialistas

Procure não se comparar com os outros

Em tempos onde as vidas são compartilhadas nas redes sociais e cada passagem pela timeline é recheada de fotos deslumbrantes, é preciso respirar duas vezes antes de sentir triste com a própria vida. A realidade é muito diferente do que é publicado nas redes.

Portanto, evite comparar o seu momento com as festas de final de ano dos seus amigos. Procure conectar-se com aquilo que lhe faz feliz e não com a aparente felicidade do outro. Se você sente dificuldade em tomar essa atitude, talvez seja saudável deixar o celular de lado e buscar outras opções de divertimento.

Você tem dificuldade com as festas de final de ano? Se precisar conversar com um profissional sobre o assunto, escolha um de nossos terapeutas.

Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas se empoderem da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no site você pode consultar um psicólogo por vídeo-chamada de onde estiver. São mais de 80 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub