Escutar em audio

O termo Coaching já se popularizou no setor profissional e vem ganhando cada vez mais adeptos que buscam crescimento na carreira. Mas, muito mais do que uma metodologia para você ser melhor no trabalho, o coaching também é uma poderosa ferramenta para a sua vida pessoal, desenvolvendo as suas principais habilidades.

Hoje vamos falar sobre essa técnica e te dar informações suficientes para que você possa entender em qual momento, como, onde, com quem, você deve começar a sua transformação.

O que é coaching?

Coaching é uma metodologia utilizada para desenvolver melhor o potencial que existe em cada um de nós. Essa técnica é pautada em diferentes ciências e práticas que contribuem, tanto para pessoas quanto para empresas, para acelerar o seu desenvolvimento, evolução e a conquistar as suas metas e objetivos.

Durante as sessões, o coach ou o mentor, nomes atribuídos a esse profissional, irá atuar como apoiador externo e que tem como objetivo despertar o seu potencial interno. É portanto, uma combinação de técnicas para acessar os seus recursos a fim de melhorar o seu desempenho.

As ações irão depender do grau de desafio do coachee, nome dado a quem realiza o coaching, ou seja, o cliente. Ou seja, não há uma linha única de atuação que seja igual para todos, tudo é personalizado de acordo com o nível de maturidade de cada um, e a metodologia do trabalho é feita a partir de uma avaliação técnica do especialista.

Como a metodologia coaching surgiu?

O “pai” do coaching é o tenista profissional e treinador americano, Tim Gallwey que, em 1938, ao observar que mais do que os treinos físicos e táticos, seus atletas precisavam atender questões emocionais, comportamentais e motivacionais, passou a desenvolver uma metodologia que visasse uma postura de pensamento mais positivo e menos autocrítico.

Em 1974, Gallwey lançou o livro The Inner Game of Tennis, que anos depois virou best-seller com 2 milhões de exemplares vendidos, que disserta a respeito desse trabalho realizado com as suas equipes e os seus resultados. Segundo ele, o esporte nos traz dois adversários, o exterior e o interior.   

Tipos de coaching

O coaching é uma das carreiras que mais tem crescido no mundo todo, e é basicamente dividido em coaching para desenvolvimento pessoal e coaching para desenvolvimento profissional. Vamos detalhar melhor os objetivos e os tipos de trabalhos que podem ser desenvolvidos em cada um:

Coaching de vida ou coaching pessoal

Quando queremos evoluir pessoalmente e a busca por um propósito e realização torna-se uma tarefa difícil, é o coaching pessoal que poderá ajudar. Com ele você foca em seu desenvolvimento humano, compreendendo melhor as diversas áreas da vida, como família, saúde, relacionamento, transição e finanças, com metas mais planejadas e possíveis de superação e conquista.

Com o processo de coaching pessoal, mais do que descobrir uma missão para a sua vida, você irá ter conquistas emocionais e comportamentais importantes, como inteligência emocional e autoconhecimento.

Veja a lista de nichos que o coaching pessoal atende:

  • Família;
  • Emoções pessoais;
  • Relacionamentos amorosos;
  • Grávidas;
  • Espiritual;
  • Para crianças;
  • Esportivo;
  • Comunicação;
  • Alimentar;
  • Saúde.

Coaching executivo

O coaching executivo é um processo de gestão de pessoas que tem como foco o desenvolvimento das suas habilidades profissionais para alcançar objetivos e metas de crescimento corporativo. Com essa técnica você será capaz de desenvolver melhor o seu poder de comunicação, raciocínio, socialização, negociação e muitos outros aspectos.

É uma prática comum entre líderes e gestores de empresas de todos os níveis e tamanhos, para que possam criar mais ferramentas para o desenvolvimento de equipes e gestão dos negócios. Para quem ainda não alcançou cargos mais altos ou desejados, o coaching irá ajudar a capacitar e aprimorar esse profissional para que ele conquiste a tão desejada promoção.

O coaching executivo é formado pelos seguintes nichos:

  • Carreira;
  • Performance;
  • Vendas;
  • Equipes;
  • Liderança;
  • Organizacional;
  • Empresarial;
  • Empreendimento.

Quanto tempo dura o coaching?

Isso depende muito mais do nível de maturidade que você se encontra para alcançar o seu objetivo, mas, em geral, o coaching é um processo que dura, em média, 10 sessões. Pelo menos, na metade desse processo, você já será capaz de notar as mudanças e os resultados surgindo.

Quando devo procurar um programa de coaching?

Agora que você entendeu o significado de coaching e como ele atua na sua vida pessoal e carreira, é bom entender como você pode reconhecer que chegou a hora de você buscar a ajuda de um profissional.

Em geral, a hora certa não existe, mas sim uma pré-disposição pessoal em fazer diferente e conquistar novas habilidades e ferramentas para alcançar seus objetivos. Se você sente que tem coisas a melhorar e que você acredita que ainda há algo a alcançar que você não conseguiu fazer sozinho, procure um especialista em coaching.

Mas, antes de sair por aí caçando o seu coach, não esqueça de fazer o exercício de entender qual área e o que você quer e precisa desenvolver. Ter essa consciência ajuda a decidir e a nivelar a sua expectativa e o seu resultado. Caso você tenha dificuldades de fazer essa autoavaliação, não se preocupe, pois esse processo pode acontecer também dentro das sessões.

Não se esqueça! O coach não é tem a função de trazer respostas prontas para as suas dúvidas, o trabalho dele é mais amplo e profundo, o que é muito melhor para você como cliente. Ou seja, durante todo o trabalho, vocês irão entender juntos quais os melhores caminhos para você seguir e para planejar o seu tão sonhado sucesso, independente do tipo de coaching que você escolher.

Para ajudar você nesse processo de autoavaliação, pense nas 3 situações em que você pode precisar de um coach:

1) Você sabe para onde quer ir ou onde quer chegar?

É comum passarmos por fases assim, mas quando essa pergunta se torna recorrente é sinal de que você está meio perdido. O coaching é um método focado no momento presente e nas necessidades do agora, por isso, você irá aumentar a sua capacidade de compreensão, visualizar melhor as suas barreiras e definir as suas prioridades.

2) Você tem se candidatado a vagas diversas, mas sem sucesso

Conseguir um trabalho que faça sentido é realmente um trabalho árduo e que exige persistência e paciência. Para quem está desempregado, essa busca pode ser longa e provocar baixa autoestima e frustrações. O que precisamos entender é que a dificuldade pode ser por motivos de um momento ruim do mercado ou nas suas qualificações para atingir seus objetivos, ou ainda porque você não está bem organizado para comunicar sobre a sua competência e excelência como profissional. Um coach pode te orientar em relação a essa prospecção e desenvolver melhor o seu comportamento diante desse cenário.

3) Quando você quer mudar de carreira

Transição de carreira pode ter diversas motivações, como insatisfação na empresa que você trabalha ou no cargo que você ocupa, não compatibilidade com a área de atuação, ou simplesmente porque você quer empreender e precisa de uma pitada de coragem para encarar esse desafio. O coach lhe dará ferramentas para você fazer a sua transição de forma planejada e disciplinada, com foco e menos ansiedade.

5 lições para você saber os benefícios do coaching

Já falamos muito sobre os benefícios do coaching, mas faltou aquela famosa listinha para você ter o gostinho do que você pode conquistar e mudar na sua vida com o coaching de carreira ou coaching de vida.

1) Defina objetivos

Se você não está confortável com o lugar onde está, é preciso mudar de lugar. Isso serve para a carreira, um relacionamento amoroso ou mesmo para a sua vida pessoal. Para mudar, no entanto, é preciso definir os objetivos: o que você realmente deseja e por que? Sabendo responder a essas perguntas com certeza você vai saber o que fazer.

2) Faça planos para curto, médio e longo prazo

Muitas das mudanças que queremos fazer não podem ser conquistadas da noite para o dia, mas é possível estabelecer alguns passos para chegar lá. Quer ser promovido? Para isso você precisa conquistar a confiança do seu chefe, mostrar que tem capacidade técnica e inteligência emocional. Em quanto tempo você consegue tudo isso? Talvez leve mais do que algumas semanas, mas se você dividir seu objetivo nessas etapas, vai sentir que está mais próximo de conquistar o que deseja.

3) Determine o prazo para cada objetivo

Ainda usando a promoção acima como exemplo, que tal colocar prazos para cada etapa? Se em um ano você quer um cargo novo, a cada quatro meses você deve estar em uma nova “fase”. Você vai sentir que progrediu e vai ficar mais empenhado em perseguir seus ideais.

4) Reconheça seus pontos fortes e fracos

Quando você se conhece, sabe exatamente como usar seus pontos fortes a seu favor em todas as situações. E o mesmo acontece com os pontos nos quais você precisa melhorar. Essa etapa faz parte do trabalho de autoconhecimento.

5) Descubra quais são os seus limites e desconstrua eles

Crença limitante é uma afirmação que você toma como verdade imutável, mas que na verdade acaba te impedindo de evoluir. Por exemplo: você acha que  não pode ter um cargo melhor porque não fez aquela tão sonhada pós-graduação naquela faculdade de prestígio. Essa é uma crença limitante, já que existem inúmeras formas de você provar o seu valor, mesmo sem esse diploma no currículo. E isso vale para a vida! Descobrir quais são as suas crenças limitantes te ajuda a chegar mais longe do que você pode imaginar.

Quem pode ser coach?

Em geral, não há uma formação em coaching específica em uma universidade que lhe faça ser um profissional, mas sim cursos de coaching que capacitam qualquer profissional, de qualquer área de formação, a ser um coach.

Em geral, os mais buscados são profissionais que também carregam em seu currículo a formação em psicologia e áreas afins, já que é um campo que naturalmente estuda e desvenda o comportamento e as emoções humanas.

No Zenklub, você encontra especialistas em bem-estar emocional com capacitação em coaching para atendimento online.

Três benefícios do coaching online

A tecnologia vem para trazer diversos benefícios para o nosso dia a dia e recentemente também para tocarmos projetos e metas pessoais e profissionais, como é o caso da realização das sessões de coaching online, através da videoconsulta.

Entre os principais benefícios do coaching online, temos:

  • Economia de tempo: você não precisa perder tempo se deslocando de um lugar a outro e ainda pode encaixar mais facilmente as sessões em intervalos da sua agenda;
  • Conveniência: você faz as sessões de onde estiver, basta ter conexão com a internet;
  • Mais pluralidade de opções de profissionais: você pode ser atendido por coachings que estão na sua cidade e país, ou não. Fica ainda melhor de escolher e de se identificar com o seu especialista ideal.    
Zenklub

Zenklub

Proporcionar um estilo de vida mais saudável e permitir que as pessoas se empoderem da sua saúde emocional e bem-estar é o objetivo do Zenklub. Para além das matérias no blog, no site você pode consultar um psicólogo por vídeo-chamada de onde estiver. São mais de 80 psicólogos a um clique de distância.
Zenklub