Topiramato é um anticonvulsivante, mais conhecido por nomes comerciais como Topamax e Amato. Embora seja uma substância com múltiplos mecanismos de ação, é preciso respeitar as indicações da bula e usá-la somente com acompanhamento médico.

Se você quer saber para que serve o topiramato ou quais são os efeitos colaterais, está no post certo! A seguir, explicamos todos os detalhes e esclarecemos as dúvidas mais comuns. Por exemplo, topiramato emagrece? Topiramato dá sono? Confira!

Introdução

O topiramato foi descoberto por bioquímicos nos Estados Unidos. Após diversos estudos, em 1979, foi desenvolvida uma combinação voltada inicialmente para tratar convulsões e ataques epiléticos. Assim, surgia o Topamax, formulado pelo laboratório Janssen. Mas as pesquisas não pararam por aí.

As análises sobre o topiramato avançaram, descobrindo assim seus diversos mecanismos de ação. O medicamento é capaz de atuar em vários processos químicos no cérebro, reduzindo a excitabilidade das células nervosas.

Então, com a regulação dessa perturbação, é possível controlar e amenizar crises epilépticas e convulsões. Além disso, essa influência do topiramato se mostrou eficaz na prevenção de crises de enxaqueca.

Para que serve o topiramato

Em princípio, o topiramato é um fármaco que atua no sistema nervoso central, equilibrando as células neurológicas. Segundo a bula, para que serve o topiramato quer dizer na prática que este medicamento é indicado para:

  • Epilepsia (tanto na monoterapia, como na terapia adjuvante)
  • Crises epilépticas parciais, com ou sem generalização secundária e crises tônico-clônicas generalizadas primárias
  • Síndrome de Lennox-Gastaut
  • Enxaqueca

Quais são as contraindicações?

De acordo com a bula, o topiramato é contraindicado nos seguintes casos:

  • Pacientes com hipersensibilidade ou alergia à topiramato ou a qualquer um dos excipientes
  • Gravidez

Precauções

Como qualquer outra medicação, o topiramato requer algumas precauções e cuidados. Isso porque o fármaco precisa de condições viáveis para a sua atuação, ao passo que também pode causar efeitos indesejáveis.

Portanto, informe o seu médico se você já teve ou se apareceram as seguintes condições durante o tratamento:

  • Pedras nos rins
  • Insuficiência renal
  • Cálculo renal
  • Histórico familiar de problemas nos rins
  • Transtornos do humor ou depressão
  • Ideação suicida
  • Reações cutâneas
  • Insuficiência hepática
  • Problemas de visão, redução da acuidade visual, miopia, vermelhidão e/ou dor nos olhos
  • Hipercloremia
  • Hiperamonemia e encefalopatia
  • Gravidez e amamentação

Portanto, o paciente deve informar o médico sobre todo o seu histórico de saúde antes de iniciar o tratamento.

Da mesma forma, é primordial estar atento a toda e qualquer reação que aconteça durante a terapia. Tais efeitos requerem avaliação do médico, bem como uma resposta ou uma solução com urgência.

Interações medicamentosas

O topiramato não deve ser administrado juntamente com alguns remédios, devido à interação química entre eles. Por isso é fundamental informar seu médico sobre seu histórico de saúde e tratamentos em andamento.

Também é fundamental comunicar sobre alguns fármacos comprados sem receita, como analgésico ou anti-inflamatório, por exemplo. Conheça a seguir algumas medicações que devem ser evitados durante o tratamento:

  • Digoxina
  • Anticoncepcionais orais
  • Antiepilépticos (por exemplo fenitoína, carbamazepina, ácido valproico, fenobarbital e primidona)
  • Lítio
  • Risperidona
  • Hidroclorotiazida
  • Metformina
  • Pioglitazona
  • Gliburida
  • Medicamentos anticoagulantes antagonistas de vitamina K
  • Amitriptilina
  • Di-hidroergotamina (oral e subcutânea)
  • Haloperidol
  • Propranolol
  • Sumatriptana (oral e subcutâneo)
  • Diltiazem
  • Flunarizina

Efeitos colaterais

Quando o assunto é topiramato efeitos colaterais, a primeira pergunta é: topiramato dá sono? Sim, por atuar no sistema nervoso central, esse medicamento pode causar sonolência.

Mas não é apenas a vontade de dormir que o paciente pode sentir. A seguir, alguns efeitos colaterais do topiramato:

  • Formigamento nos braços e pernas
  • Perda de apetite
  • Náusea
  • Perda de peso
  • Alteração no paladar
  • Diarreia
  • Dor abdominal
  • Infecção do trato respiratório superior
  • Cansaço
  • Problemas com memória
  • Nervosismo
  • Problemas de fala
  • Reações lentas
  • Aumento de hematomas
  • Tontura
  • Sonolência
  • Febre
  • Aumento de sangramento (como hemorragias nasais)
  • Problemas oculares

Nomes comerciais

O Topamax, do laboratório Janssen, é o medicamento referência do topiramato. Contudo, essa substância ativa pode ser encontrada em sua versão genérica, bem como nos seguintes nomes comerciais, por exemplo:

  • Amato
  • Égide
  • Tempora
  • Topit
  • Vidmax

Dúvidas

Para que serve hidroclorotiazida? Por que essa medicação não deve ser administrada com topiramato?

A hidroclorotiazida é um medicamento usado no tratamento da hipertensão arterial. Mas apesar de serem de categorias distintas, a junção desses dois medicamentos é prejudicial.

Em suma, a hidroclorotiazida aliada ao topiramato pode aumentar os níveis de topiramato no organismo. Por conseguinte, o paciente terá mais efeitos colaterais.

Para que serve bupropiona?

Em primeiro lugar, a bupropiona era um medicamento utilizado para tratar a depressão. No entanto, a medicação também se mostrou eficaz para suavizar os efeitos da abstinência de tabaco no tratamento para deixar de fumar.

Em resumo, essa medicação funciona melhor quando a dependência química da nicotina é maior que a psicológica. Embora entre os seus efeitos colaterais figurem convulsões e cefaleia, somente o médico pode determinar as melhores opções para tratar esses efeitos.

Posso usar topiramato para emagrecer?

Por certo, o topiramato é um remédio que ameniza epilepsia, convulsões e enxaqueca. Ou seja, não há indicação para emagrecer. Embora a perda de peso seja um dos efeitos colaterais, ele não deve ser utilizado para essa finalidade. Isso porque o uso indevido desse medicamento e sem acompanhamento médico pode causar danos sérios à saúde.

Topiramato para ansiedade funciona?

Ainda que seja um fármaco que atua no sistema nervoso central, o topiramato não é indicado para ansiedade. Além disso, essa medicação pode deprimir o paciente, descartando ainda mais o uso de topiramato para ansiedade. Para tratar esse distúrbio, a melhor solução é buscar apoio com os terapeutas da Zenklub.

As informações desta página foram disponibilizadas com fins puramente informacionais. Em hipótese alguma, elas devem embasar a autoprescrição ou indicação para terceiros. Sempre consulte um especialista sobre qualquer assunto relativo à sua saúde mental.

Este artigo foi útil?

5

Você já votou neste post

Publicado por:

Rui Brandao

Publicado por:

Rui Brandao

Rui Brandão é médico, com experiência em Portugal, Brasil e Estados Unidos da América, e mestre em Administração pela FGV em São Paulo. Hoje é CEO & Co-fundador do Zenklub, plataforma de saúde emocional e desenvolvimento pessoal que oferece conteúdos, profissionais e ferramentas especializadas para mais de 1.5 milhões de pessoas no Brasil.