O Feedback, ou diálogo, é importante em qualquer tipo de relação, seja ela pessoal ou profissional. 

Quando algo não vai bem, a primeira coisa que buscamos fazer é “discutir a relação”, procurando falar o que é legal ou não dentro do relacionamento e recebendo em troca a mesma experiência. Levando para o lado profissional, é assim que funciona o Feedback.

Através do Feedback, damos a opção de abrir diálogo e ouvir o outro, evitando mal entendidos e desentendimento; criando, assim, uma relação saudável no ambiente profissional.

Sabendo dessa importância, levantaremos alguns pontos essenciais para que essa prática seja peça-chave para qualidade de vida no trabalho

Entenda o que é Feedback, sua importância, os tipos de feedback que existem, como fazê-los de forma humanizada, com empatia, e como receber feedbacks também, afinal, essa é uma ferramenta importante em qualquer cargo dentro de uma empresa.

Acompanhe a gente nessa jornada!

O que é Feedback

Feedback nada mais é do que um retorno sobre a realização de uma tarefa. Em Gestão de Pessoas, esse recurso é fundamental para construir uma ponte positiva entre colaboradores e empresas. 

Segundo pesquisa realizada pela Harvard Business Review, a prática do retorno ao trabalho realizado reduz as incertezas e, consequentemente, as chances de erros, além de manter as pessoas focadas. 

Para a Harvard:

Quanto mais rápido e direto for o feedback, mais útil ele será.

Feedback não é um bicho de sete cabeças

Muitos ainda associam o Feedback como “bronca”, mas não é assim, pelo contrário: quando o Feedback é realizado, significa que há interesse em que a pessoa que está recebendo possa melhorar ou continuar com suas funções sem se preocupar se o seu trabalho é feito ou não da forma esperada.

É importante ter em mente que, para receber o retorno por um trabalho, é preciso estar aberto a isso, afinal, como dito, é uma forma muito eficaz de corrigir o que é feito, ou continuar da forma como antes.

A importância do Feedback

O Feedback é o melhor meio para levantar pontos positivos, negativos e criar estratégias para melhorias do trabalho, devendo ser colocado em prática toda vez que for necessário.

É através do Feedback que a equipe de Recursos Humanos pode mapear e reconhecer talentos e saber qual caminho seguir rumo ao sucesso da empresa – e, também, do funcionário.

Com esse recurso, é possível:

  • Manter a equipe unida;
  • Criar caminhos para a motivação pessoal e profissional;
  • Aumentar a produtividade.

Aliás, você sabia que 76% das empresas do Brasil dizem que a falta de comunicação é um dos principais motivos de projetos não saírem da forma como foi orientado?

Tipos de Feedback

Cada feedback tem a sua função e, se feito de forma correta, pode trazer muitos benefícios para a empresa. Um deles é a como retenção de talentos, evitando assim que o índice de Turnover ou a taxa de rotatividade de funcionários seja alta.

A seguir, iremos apresentar a você 3 tipos de Feedbacks: o positivo, negativo e o construtivo. 

Feedback positivo

No Feedback positivo, como o nome já apresenta, significa que o retorno sobre o trabalho realizado será feito de forma construtiva. 

Neste caso, é importante dar elogios e levantar pontos positivos para o colaborador mostrando que seu trabalho foi feito corretamente e que ele deve continuar da mesma forma.

Esse tipo de Feedback é importante porque ajuda na motivação e dá condições para que o trabalho continue feito da forma esperada, como comenta Renata Tavares: 

Esse retorno costuma produzir melhores resultados, motivando as pessoas a se desenvolverem inclusive em áreas que não foram reconhecidas

Feedback Negativo

Já no Feedback negativo é diferente. Para Renata Tavares:  

“Este tipo de Feedback gera uma reação negativa no interlocutor que se sente criticado, ameaçado ou não compreende o que de fato precisa melhorar”

Ou seja, esse retorno é dado quando a produção ou atividades realizadas não saíram da forma esperada, geralmente, ocasionado por problemas de comunicação, motivação entre outros.

Neste caso, é importante deixar claro para quem está recebendo o retorno que não é uma questão pessoal, porque, infelizmente, pode parecer que é algo direto e acaba não sendo muito bem recebido trazendo outros problemas como desmotivação.

Feedback Construtivo

O Feedback construtivo nada mais é do que levantar pontos positivos e negativos de uma forma que traga soluções de melhora ao trabalho realizado pelo colaborador.

Neste caso, é importante que o feedback seja passado de forma instrutiva e vantajosa, mesmo que não tenha pontos positivos levantados. 

Como dar Feedback

É muito importante que feedbacks se tornem rotina no dia a dia de trabalho, pois com eles é possível saber qual caminho seguir e o que precisa ser melhorado; além de mostrar que as atividades, bem como as pessoas que as realizam, são importantes para o andamento da empresa.

Não somente, saber passar um Feedback conta muito para que essa prática se torne uma função mais leve e humanizada, levando em consideração que por trás de uma tarefa, existe uma pessoa que está ou não motivada a trabalhar. 

Exercitar a empatia é essencial

Praticar a empatia no ambiente de trabalho faz com que seus colegas de profissão vejam em você uma pessoa que entende e respeita às demandas alheias.

Esse tipo de atitude constrói liberdade em pedir ajuda e a partir disso, cria melhor comunicação e faz com que, quando preciso, o Feedback ocorra de uma forma mais leve. 

Para colocar em prática a empatia, que melhora e ajuda no bem-estar dos funcionários, se coloque à disposição para entender pontos de vista diferentes do que você está acostumado no dia a dia. 

A Renata Tavares, coach do Zenklub, dá uma dica especial sobre o Feedback:

No momento do feedback, o mais importante é sermos capazes de fazer a outra pessoa compreender que nosso objetivo é ajudá-la, seja dando um reforço positivo ao reconhecer um aspecto relevante, seja, pontuando uma competência a desenvolver

Sim, é possível unir empatia e feedback e é sobre isso que vamos falar nos tópicos a seguir. 

Como dar Feedback positivo

O Feedback positivo é uma ótima forma de valorizar o trabalho do colaborador. Através disso, ele pode receber o reconhecimento que merece e mostra que você confia e aposta nele.

Para que o Feedback seja realizado de forma eficaz, é importante seguir as seguintes dicas.

Planeje a conversa

Muitas vezes o funcionário não sabe do que se trata o feedback, o que pode gerar tensão pré-conversa. Nesse caso, é ideal que um planejamento ou briefing da reunião seja feito, assim, a tensão será amenizada e a conversa pode fluir mais leve.

Reconheça o trabalho

Apenas apresentar os pontos positivos do trabalho pode parecer mecânico e impessoal, aqui, é importante elogiar a tarefa de uma forma leve e humanizada mostrando que o feedback vale a pena em ser recebido. Importante lembrar que não estamos lidando com máquinas.

Inspire a continuar 

Depois que o colaborador sabe que seu trabalho será elogiado, é legal mostrar os pontos que levaram a esse feedback positivo. Pegue cases e mostre os pontos positivos, isso é essencial para que a produtividade continue e seja realizado da mesma forma.

Como dar Feedback construtivo

Dar um Feedback negativo não é uma tarefa fácil. É preciso planejar bem antes de levantar alguns pontos que precisam ser melhorados pelo colaborador.

Mas, é possível transformar algo negativo em produtivo mostrando para quem está recebendo as instruções que tudo está tudo bem e que, com muita conversa, o trabalho pode ser melhor.

Com as dicas a seguir, saiba como transformar o negativo em Feedback construtivo.

Não exponha

Ninguém gosta de ser advertido em público, quando o Feedback for direcionado a apenas uma pessoa, marque uma reunião e fale apenas com ele. Expor o colaborador, ainda mais com pontos negativos sobre o seu trabalho, pode desmotivar e, muitas vezes, constranger mesmo que este não seja o objetivo.

Seja objetivo

A objetividade é essencial para dar Feedback negativo. É importante que os pontos levantados na observação do trabalho sejam explicados sem rodeios, sem tentar elogiar para que não haja confusão por parte do receptor da mensagem. 

Pratique a comunicação não-violenta

Saber se expressar bem é importante, principalmente, quando o assunto é feedback. Neste caso, use a comunicação não-violenta que implica em falar sobre melhorias sem fazer julgamentos pessoais e com uma linguagem amena sem ser rude, gritar ou usar palavras ofensivas.

Apresente dados e exemplos

Não basta falar, é importante fazer um levantamento com observações sobre o trabalho realizado, assim, o colaborador pode visualizar os erros e saber na prática como melhorar.

Exemplos de melhorias também são importantes. Muitas vezes, o funcionário pode não saber como executar as tarefas depois de um feedback, por isso, fale como ele pode melhorar e o caminho a seguir após a conversa.

Como receber Feedback

Feedback é uma via de mão dupla. É importante saber dar e também receber, neste caso, não é vergonha nenhuma ser chamado para uma reunião com um colaborador. Como dito acima, o propósito do feedback é dar um retorno seja positivo ou negativo sobre o trabalho.

É importante ter em mente que o feedback é uma ferramenta importante para crescimento profissional. 

Para Renata Tavares, coach da Zenklub, saber escutar e não levar o feedback para o lado pessoal ajuda muito.

Uma estratégia eficaz é analisar todas as informações recebidas antes de reagir  e procurar se colocar no lugar da pessoa que está dando o feedback. Fazer a si mesmo as seguintes perguntas pode ajudar: “quais são as minhas atitudes que estão gerando essa percepção no outro? “ ou “o que eu posso fazer para mudar isso?”

Feedback na prática

Neste texto, você aprendeu algumas particularidades de como dar feedback positivo, negativo e construtivo. Mas, e no geral, como se preparar para essa conversa e obter sucesso? Aqui vão algumas dicas básicas:

Seja impessoal

Tenha em mente que você vai avaliar o trabalho, tente não focar em assuntos pessoais porque isso pode não ser bem recebido por quem está ouvindo o Feedback.

Ofereça ajuda

É importante que, depois do Feedback, frases como: “se precisar da minha ajuda, pode chamar”; “existe algo que eu possa fazer por você?”, façam parte da conversa, assim, o colaborador sabe que por mais que o feedback tenha sido negativo, ele tem abertura para perguntar e pedir ajuda.

Preste atenção ao tom de voz

O tom de voz e as palavras utilizadas durante o Feedback dizem muito como ele será recebido pelo outro. Frases como “você não serve para essa função”; “se continuar assim, vamos ter de demiti-lo”, fogem do objetivo, além de ser muito constrangedor. Evite usá-las.

Dê o direito de resposta

Muitas vezes, só falar e não entender o motivo dos erros cometidos pelo colaborador desmotivam, neste caso, pergunte: “o que você achou dos pontos levantados até aqui?”; “você concorda com o que eu disse?”. Esse tipo de atitude levanta um diálogo muito mais produtivo.

Induza ao diálogo

É importante que quem vá receber o Feedback esteja à vontade, porque o nervosismo pode levar ao equívoco e se tornando algo que faz com que a pessoa não seja receptiva. 

Como afirma Renata Tavares, Coach do Zenklub:

No momento do feedback, o mais importante é sermos capazes de fazer a outra pessoa compreender que nosso objetivo é ajudá-la, seja dando um reforço positivo ao reconhecer um aspecto relevante, seja, pontuando uma competência a desenvolver.

Como o Zenklub pode ajudar a aprimorar o Feedback? 

O Zenklub tem se tornado uma solução completa para o cuidado da saúde emocional dos colaboradores (do app ao podcast); além de oferecer apoio ao RH e à gestão. Levando em conta que a prática do Feedback auxilia a empresa no crescimento e valorização dos funcionários, o Zenklub passa a ser um parceiro perfeito na sua busca por fazer um Feedback mais humanizado.

Veja nossos benefícios:

  • Facilite o acesso dos seus colaboradores a tratamentos com especialistas em saúde emocional (psicólogos, coaches, terapeutas e psicanalistas – ver mais);
  • Ofereça acesso completo a nossa biblioteca de conteúdos no app, que abordam qualidade de vida, bem-estar, liderança, desempenho e relações interpessoais;
  • Receba relatórios de mapa emocional das equipes, entendendo quais são as principais necessidades de cada setor;
  • Promova palestras, encontros, treinamentos e lives com nosso apoio e participação de um de nossos especialistas;
  • Tenha todo o comprometimento da nossa equipe de suporte para desenvolver o mais completo projeto para a sua empresa.

Para nós, o bem-estar e a felicidade vêm sempre em primeiro lugar, entendendo que o Feedback é peça chave para a motivação dos colaboradores. Leve essas mesmas preocupações para sua empresa também e transporte seu trabalho de RH para o século XXI. Conte com nossa ajuda e participe dessa revolução. Para saber mais, entrar em contato e contratar nosso benefício, acesse: https://zenklub.com.br/corporate/

Este artigo foi útil?

5

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub