O universo de saúde mental é muito amplo, segundo o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5), existem mais de 300 Transtornos Mentais catalogados.

Cada vez mais as pessoas têm buscado ajuda profissional e o que pode ter aumentado os saberes sobre os Transtornos Mentais assim como a mensuração de suas prevalências.

Conheça quais são os Transtornos Mentais mais comuns no Brasil e bem como sua Prevalência por população:

Transtornos Mentais e suas Prevalências

Tabela 1

Principais Transtornos PsiquiátricosPrevalências
1 – Ansiedade9,3% da população brasileira
2 – Depressão5,8% da população brasileira
3 – Transtornos Alimentares4,7% dos brasileiros – chegando a 10% na adolescência 
4 – Transtorno Bipolar4% da população brasileira
5 – Transtorno obsessivo-compulsivo2% da população brasileira
6 – Esquizofrenia2 milhões de brasileiros – 1%
7 – Estresse pós-traumático1% a 3% da população brasileira
8 – Transtorno de personalidade Borderline6% da população mundial

O que é um Transtorno Mental?

Os transtornos mentais são disfunções da nossa atividade cerebral que podem afetar o nosso humor, comportamento, raciocínio e até mesmo a forma de aprendizado e maneira de nos comunicarmos 

Há diversos transtornos mentais que são classificados em tipos. Por não ter sintomas físicos claros, somente nas últimas décadas que eles passaram a serem estudados mais profundamente.

De acordo com dados da Opas (Organização Pan-Americana da Saúde), cerca de 30% da população das Américas teve ou terá algum transtorno mental. 

Como identificar um Transtorno Mental 

Os transtornos mentais geralmente são caracterizados por uma combinação de emoções, comportamentos, percepções e pensamentos que podem afetar a vida de uma pessoa.

Para identificar um Transtorno Mental é importante ficar atento ao comportamento do indivíduo, que pode apresentar sinais como:

  • Mudanças de humor repentinas;
  • Mudanças no comportamento;
  • Dificuldade em se concentrar; 
  • Dificuldade em raciocinar;
  • Problemas em expressar ideias; 
  • Dificuldade em conviver com outras pessoas; 
  • Entre outros.

O ideal é que, ao apresentar esses sinais, é importante que o indivíduo busque ajuda profissional para um diagnóstico preciso, de preferência um Médico Psiquiatra e um Psicólogo. Eles juntos, de acordo com uma minuciosa avaliação, poderão dar o diagnóstico e prognóstico.

O que pode causar um Transtorno Mental

Não é possível definir uma só causa para esse tipo de distúrbio. Há várias situações que podem acabar desencadeando algum distúrbio mental, como:

  • Fatores Psicossociais: situações de estresse; vida familiar; ambiente escolar e outros.
  • Genéticos: ligados aos transtornos mentais relacionados ao histórico familiar do indivíduo.
  • Ambientais: relacionados a problemas enfrentados na comunidade (violência urbana) e tipos de possíveis abusos (físico, psicológico e sexual).
  • Biológicos: situações de anormalidades do sistema nervoso central.

O fato é que, independentemente das causas que desencadearam algum tipo de distúrbio, é importante ressaltar o quanto esses problemas podem afetar a qualidade de vida e bem-estar das pessoas. Daí a importância de um diagnóstico precoce e tratamento adequado.

Os Transtornos Mentais mais comuns no Brasil

Ansiedade

A ansiedade é caracterizada pela sensação de desconforto, tensão, medo ou mau pressentimento que são provocados pela antecipação de perigo ou algo desconhecido. Pode afetar a vida social e emocional do indivíduo e provocar sintomas como: tremores, falta de ar, palpitações, sensação de sufocamento, suor frio e etc. 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 9,3% da população brasileira possui um quadro de ansiedade. O que nos torna um dos países mais ansiosos do mundo.

Depressão

A depressão é um transtorno psicológico que causa tristeza persistente e impede a realização das tarefas diárias; é definida por ser um estado de humor deprimido que pode persistir por muito tempo. É também acompanhada por sintomas como: apatia, insônia, irritabilidade, falta de energia, ganho ou perda de peso e etc.   

Segundo a OMS, cerca de 5,8% da população brasileira possui o quadro de depressão.

Transtornos Alimentares 

Anorexia Nervosa e Bulimia são alguns dos transtornos alimentares mais comuns. A anorexia é caracterizada pela perda de peso intencional, provocada pela recusa de alimentação, distorção da própria imagem e medo de engordar. A bulimia consiste em comer grandes quantidades de comida e logo depois eliminar as calorias de formas prejudiciais para o corpo.

Esse tipo de transtorno é muito comum na fase adolescente, e afeta cerca de 4,7% dos brasileiros. 

Transtorno Bipolar

O Transtorno Bipolar provoca grandes mudanças de humor, dificuldades na comunicação e socialização. Pode oscilar em estados de depressão para impulsividades e excesso de extroversão. 

Esse transtorno chega a atingir 4% da população brasileira.

Transtorno Obsessivo-compulsivo (TOC) 

O Transtorno Obsessivo-compulsivo é um transtorno de ansiedade caracterizado por pensamentos recorrentes e desagradáveis (obsessões) e comportamentos repetitivos ritualizados (compulsões), voltados para a redução do desconforto associado a tais pensamentos. Pessoas que possuem TOC, podem ter obsessões por lavar as mãos, limpeza, necessidade de simetria e etc. 

De acordo com estudos, cerca de 3 a 4 milhões de brasileiros (2% da população) apresentam esse quadro. 

Esquizofrenia

A esquizofrenia é um transtorno psicótico que provoca distúrbios no pensamento, percepção, vontade, atividades sociais e linguagem das pessoas. A esquizofrenia é caracterizada por pensamentos ou experiências que parecem não ter contato com a realidade, fala ou comportamento desorganizado e participação reduzida nas atividades cotidianas.

Estresse pós-traumático

O estresse pós-traumático é marcado pela ansiedade que surge após uma situação traumática. A pessoa afetada revive persistentemente o ocorrido com recordações, e apresenta grande sofrimento psicológico.

A prevalência de brasileiros afetados pelo Transtorno de Estresse pós-traumático chega de 1% a 3% da população.


Transtorno de personalidade Borderline

O Transtorno de personalidade Borderline é caracterizado por um padrão de emoções instáveis nos relacionamentos e comportamento em geral. A pessoa com borderline pode ir de uma imensa euforia a um sentimento intenso de raiva, depressão ou ansiedade. 

Cerca de 6% da população mundial possui esse transtorno. 

A psicoterapia pode te ajudar

Se você se identifica com as características de algum Transtornos acima, a Psicoterapia pode te auxiliar na identificação e tratamento de um possível Transtorno, assim como poderá levantar subsídios e informações relevantes caso necessite de uma avaliação psiquiátrica. 

Eu posso te ajudar

Eu posso te ajudar a entender os seus sentimentos e emoções. Você pode conversar comigo sobre transtornos, ansiedade, autoconhecimento, depressão e habilidades sociais.

Vem comigo nessa jornada rumo ao autoconhecimento!

Agende sua sessão comigo agora.


Fontes

Este artigo foi útil?

4.07

Você já votou neste post

Publicado por:

Andre Luis Cuani

Publicado por:

Andre Luis Cuani

Psicólogo com experiência em Gestão de Pessoas e Atendimento Clínico, Formado em Administração/Processos Gerenciais pela UNINTER e em Psicologia pela INESUL, é Especialista em Gestão de Pessoas e em Terapia Cognitiva Comportamental. Profissional/psicólogo do Zenklub desde 2019, criador da página @esepararprapensar na qual divulga conteúdos voltados à reflexão e promoção de saúde mental. CRP: 08/29800.