O maior desafio da vida de todos nesse planeta está em se relacionar em diferentes níveis, porém é nos relacionamentos amorosos que podemos encontrar os maiores obstáculos a serem transpostos. Parece que todo compromisso vem com um pacote de expectativas sobre como o nosso parceiro deve ser e agir. Ideais nem sempre realistas e que trazem sofrimento na maioria dos casos.

A maioria de nós construiu o seu parceiro perfeito em cima de ideais românticos, que no cotidiano das relações acaba nos enchendo de frustrações e, em muitos momentos, questionamentos sobre nossa escolha. O vídeo “Como o romantismo acabou com o amor”, da School of life, mostra que esse ideal romântico veio sendo aprimorado ao longo dos anos. Essa fórmula nos dá sensação que a pessoa que amamos deve entender e preencher nossas necessidades mais profundas, às vezes sem que seja necessário falar.

Ao redor de nós, na televisão, no cinema e na literatura vemos exemplos de relações que não reproduzem o cotidiano. Construímos em nossas mentes uma ideia distorcida do que pode ser o amor e nos enchemos de expectativas. Como conseguimos desconstruir esses ideias e ter relações mais saudáveis? Indicamos alguns caminhos para você.

Comunicação é a chave dos relacionamentos

Pode soar clichê, mas conversar abertamente ainda é a melhor maneira de evitar expectativas nos relacionamentos. Todos nós estamos em constante mudança e evolução, manter o diálogo é a melhor maneira de entender o que está acontecendo com quem está ao seu lado.

Relacionamentos não são como as fotografias estáticas em um porta-retrato da sala. Dividir a vida com alguém é algo orgânico e, na maior parte do tempo, desorganizado. Por isso conversar é uma ferramenta fundamental, só assim você entenderá as necessidades do seu parceiro e as suas.

Não espere encontrar tudo em um relacionamento

Muitas pessoas acreditam que quando encontrarem um parceiro ele assumirá todos os papéis importantes como: melhor amigo, amante, alma gêmea, pai/mãe perfeito, etc. Porém, não é possível acreditar que alguém conseguirá assumir tantas responsabilidades.

Todos esses papéis pesam e podem minar o convívio de um casal. É preciso aceitar que a pessoa que você escolheu não pode carregar a responsabilidade de lhe satisfazer emocionalmente por completo.

Divida a carga, tenha outras pessoas e relações de diferentes níveis com as quais contar. Não espere ser tudo na vida de alguém e pressione seu parceiro para que ele assuma todos os papéis importantes da sua vida.

Entenda que ninguém será como você idealiza

Diferente dos personagens das comédias românticas, as pessoas do mundo real tem falhas e limitações. A maioria delas não são solucionadas em 90 minutos. Portanto, busque olhar para quem está ao seu lado como alguém que possui defeitos e isso é absolutamente normal.

Perceber que a pessoa tem limitações e acreditar que no futuro você conseguirá mudá-las, pode ser fonte de frustração. Claro, não há nada de errado em querer que seu parceiro tenha determinadas características. Mas isso é diferente de transformar seu companheiro(a) em algo que ele não pode ser.

Está se sentindo frustrado no seu relacionamento? Quer conversar com um especialista a respeito? Fale com um psicólogo online.

Este artigo foi útil?

4.27

Você já votou neste post

Publicado por:

Zenklub

Publicado por:

Zenklub